MENSAGENS




O Anjo selando as tribos de Israel

Data: 31/01/2016 Tempo: 01:24:25





 

 

 

O ANJO SELANDO AS TRIBOS DE ISRAEL

 

William Soto Santiago

Domingo, 31 de Janeiro de 2016

Jerusalém - Israel

 

Bom dia amados irmãos e amigos presentes, lá em Porto Rico, hoje, domingo 31 de Janeiro de 2016, e a todos os Ministros e Congregações nos diferentes países. Que as bênçãos de Cristo, o Anjo do Pacto estejam com todos vocês, que lhes abra as Escrituras e o entendimento para compreendê-las, no Nome do Senhor Jesus Cristo. Amém.

 

No Apocalipse capítulo 7, nos versículos 1-17, nos falando do Anjo que vem com o Selo do Deus vivo para chamar, ajuntar e selar os cento e quarenta e quatro mil hebreus, doze mil de cada tribo, nos diz da seguinte maneira:

 

“E DEPOIS destas coisas vi quatro anjos que estavam sobre os quatro cantos da terra, retendo os quatro ventos da terra, para que nenhum vento soprasse sobre a terra, nem sobre o mar, nem contra árvore alguma.

2  E vi outro anjo subir do lado do sol nascente, e que tinha o selo do Deus vivo; e clamou com grande voz aos quatro anjos, a quem fora dado o poder de danificar a terra e o mar,

3  Dizendo: Não danifiqueis a terra, nem o mar, nem as árvores, até que hajamos assinalado nas suas testas os servos do nosso Deus.

4  E ouvi o número dos assinalados, e eram cento e quarenta e quatro mil assinalados, de todas as tribos dos filhos de Israel.

5  Da tribo de Judá, havia doze mil assinalados; da tribo de Rubem, doze mil assinalados; da tribo de Gade, doze mil assinalados;

6  Da tribo de Aser, doze mil assinalados; da tribo de Naftali, doze mil assinalados; da tribo de Manasses, doze mil assinalados;

7  Da tribo de Simeão, doze mil assinalados; da tribo de Levi, doze mil assinalados; da tribo de Issacar, doze mil assinalados;

8  Da tribo de Zebulom, doze mil assinalados; da tribo de José, doze mil assinalados; da tribo de Benjamim, doze mil assinalados.

9  Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestes brancas e com palmas nas suas mãos;

10  E clamavam com grande voz, dizendo: Salvação ao nosso Deus, que está assentado no trono, e ao Cordeiro.

11  E todos os anjos estavam ao redor do trono, e dos anciãos, e dos quatro animais; e prostraram-se diante do trono sobre seus rostos, e adoraram a Deus,

12  Dizendo: Amém. Louvor, e glória, e sabedoria, e ação de graças, e honra, e poder, e força ao nosso Deus, para todo o sempre. Amém.

13  E um dos anciãos me falou, dizendo: Estes que estão vestidos de vestes brancas, quem são, e de onde vieram?

14  E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele disse-me: Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro.

15  Por isso estão diante do trono de Deus, e o servem de dia e de noite no seu templo; e aquele que está assentado sobre o trono os cobrirá com a sua sombra.

16  Nunca mais terão fome, nunca mais terão sede; nem sol nem calma alguma cairá sobre eles.

17  Porque o Cordeiro que está no meio do trono os apascentará, e lhes servirá de guia para as fontes das águas da vida; e Deus limpará de seus olhos toda a lágrima”.

 

Que Deus abençoe as nossas almas com a Sua Palavra e nos permita entendê-la.

 

O ANJO SELANDO AS TRIBOS DE ISRAEL” é o nosso tema para o estudo bíblico desta manhã, domingo, 31 de Janeiro de 2016.

 

Este Anjo que vem chamando, ajuntando e selando cento e quarenta e quatro mil hebreus, doze mil de cada tribo é o Anjo do Pacto, é o Espírito Santo, é Cristo na Sua manifestação final, na manifestação do Filho do Homem, para chamar e ajuntar cento e quarenta e quatro mil escolhidos de Deus dentre o povo hebreu, logo depois de ter chamado e ajuntado aos escolhidos da Sua Igreja entre os gentios, ou seja, ]haverá um entrelace entre os dois povos, e a Palavra, a Mensagem de Deus, a Mensagem do Reino será levada a Israel, será pregada aos judeus e com essa Mensagem serão chamados e ajuntados os cento e quarenta e quatro mil judeus ou hebreus, doze mil de cada tribo.

 

Portanto, haverá um entrelace entre a Igreja onde estarão as Duas Oliveiras, primeiramente na etapa do Lugar Santíssimo desse Templo Espiritual que é a Igreja do Senhor Jesus Cristo, e daí é que a Mensagem sairá. Quando eles vejam o Senhor em Sua Vinda vindo por Sua Igreja, eles se agarrarão do Anjo do Pacto como Jacó se agarrou Dele no capítulo 32, versículos 24-32 do Gênesis, quando Jacó se agarrou do Anjo que lhe apareceu e lhe disse: “Solte-me, porque já amanheceu e tenho de ir”. E Jacó lhe disse: “Não te soltarei até que me abençoe”.

 

E ali lutou com o Anjo que lhe perguntou: “Qual é teu nome?” Logo após tê-lo ferido no quadril. E Jacó lhe disse: “Jacó”, quando este lhe perguntou por seu nome. O Anjo lhe disse: “Não se dirá mais seu nome “Jacó”, mas “Israel”, porque lutaste com Deus e com os homens e venceste. O seu nome será ’Israel’”. Aí mudou o nome “Jacó” que significa enganador por “Israel”, que significa “príncipe com Deus”. E, então, logo depois de abençoá-lo o Anjo saiu da sua presença.

 

Porquanto Jacó recebeu tão grande bênção, encontramos em Gênesis no capítulo 32, versículos 24-32, que Jacó também quis conhecer o Nome do Anjo com quem lutou, e vamos ler isso para que tenham o quadro claro:

 

“Jacó, porém, ficou só; e lutou com ele um homem, até que a alva subiu.

25  E vendo este que não prevalecia contra ele, tocou a juntura de sua coxa, e se deslocou a juntura da coxa de Jacó, lutando com ele.

26  E disse: Deixa-me ir, porque já a alva subiu. Porém ele disse: Não te deixarei ir, se não me abençoares.

27  E disse-lhe: Qual é o teu nome? E ele disse: Jacó.

28  Então disse: Não te chamarás mais Jacó, mas Israel; pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste.

29  E Jacó lhe perguntou, e disse: Dá-me, peço-te, a saber o teu nome. E disse: Por que perguntas pelo meu nome? E abençoou-o ali.

30  E chamou Jacó o nome daquele lugar Peniel, porque dizia: Tenho visto a Deus face a face, e a minha alma foi salva.

31  E saiu-lhe o sol, quando passou a Peniel; e manquejava da sua coxa.

32  Por isso os filhos de Israel não comem o nervo encolhido, que está sobre a juntura da coxa, até o dia de hoje; porquanto tocara a juntura da coxa de Jacó no nervo encolhido”.

 

Essa experiência que Jacó teve com o Anjo de Deus, o Anjo do Pacto, o mesmo Anjo que aparecia a Abraão, a Isaque e a Jacó, o qual apareceu a Jacó no capítulo 28 do Gênesis na parte alta da escada que Jacó viu em sonho, pela qual os Anjos de Deus subiam e desciam e Deus estava na parte alta o qual lhe disse: “Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque” e lhe disse: “Não te deixarei até que te abençoe”.

 

Vamos ler isso para termos o quadro claro, isso foi em Betel, onde ele viu o Anjo, no capítulo 28, versículos 10-22:

 

“Partiu, pois, Jacó de Bérseba, e foi a Harã;

11  E chegou a um lugar onde passou a noite, porque já o sol era posto; e tomou uma das pedras daquele lugar, e a pôs por seu travesseiro, e deitou-se naquele lugar.

12  E sonhou: e eis uma escada posta na terra, cujo topo tocava nos céus; e eis que os anjos de Deus subiam e desciam por ela;

13  E eis que o SENHOR estava em cima dela, e disse: Eu sou o SENHOR Deus de Abraão teu pai, e o Deus de Isaque; esta terra, em que estás deitado, darei a ti e à tua descendência;

14  E a tua descendência será como o pó da terra, e estender-se-á ao ocidente, e ao oriente, e ao norte, e ao sul, e em ti e na tua descendência serão benditas todas as famílias da terra;

15  E eis que estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores, e te farei tornar a esta terra; porque não te deixarei, até que haja cumprido o que te tenho falado.

16  Acordando, pois, Jacó do seu sono, disse: Na verdade o SENHOR está neste lugar; e eu não o sabia.

17  E temeu, e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a casa de Deus; e esta é a porta dos céus.

18  Então levantou-se Jacó pela manhã de madrugada, e tomou a pedra que tinha posto por seu travesseiro, e a pôs por coluna, e derramou azeite em cima dela.

19  E chamou o nome daquele lugar Betel; o nome porém daquela cidade antes era Luz.

20  E Jacó fez um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta viagem que faço, e me der pão para comer, e vestes para vestir;

21  E eu em paz tornar à casa de meu pai, o SENHOR me será por Deus;

22  E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo”.

 

Essa foi a experiência de Jacó quando esteve em Betel. Encontramos aí essa escada por onde os Anjos de Deus subiam e desciam e da qual Cristo fez referência em São João capítulo 1, versículo 51, quando estava falando com Natanael:

 

E disse-lhe: Na verdade, na verdade vos digo que daqui em diante vereis o céu aberto, e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem”.

 

Essa escada com esses Anjos subindo e descendo é a Igreja do Senhor Jesus Cristo, por onde sobem e descem os Mensageiros das diferentes etapas da Igreja com o grupo de crentes em Cristo, por isso, é a Casa de Deus, e a Igreja é a Casa de Deus sob o Novo Pacto, como São Paulo disse a Timóteo, no capítulo 3 da Primeira a Timóteo no versículo 15:

 

“Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade”.

 

Ou seja, a Casa de Deus sob o Novo Pacto, o Templo de Deus é a Igreja do Senhor Jesus Cristo e aí é onde sobem e descem os Mensageiros das diferentes Eras, até mesmo os Apóstolos e todos os crentes sobem por essa escada de Era em Era. E na parte alta que é a Era de Pedra Angular, aí o Senhor estará em Sua Segunda Vinda para manifestar a Vinda do Filho do Homem com os Seus Anjos. E os Anjos são Moisés e Elias, os ministérios das Duas Oliveiras de Zacarias capítulo 4, versículos 11-14 e do Apocalipse capítulo 11, versículos 1-14. Tudo isso corresponde a Era mais alta no topo da escada que Jacó viu em seu sonho, aí estará a Presença de Deus, aí será onde Deus Se manifestará em toda a Sua plenitude, e daí é falará a Jacó, a Israel neste tempo final para chamar e ajuntar os cento e quarenta e quatro mil hebreus, doze mil de cada tribo.

 

Portanto, este é o tempo do topo da escada que Jacó viu, por isso, é que Deus falou a Jacó em outra passagem, e lhe disse: “Eu sou o Deus de Betel”, porque Betel é “Casa de Deus”, ou seja, significa “Casa de Deus” e, por isso, lá se refletiu o que será a Igreja do Senhor Jesus Cristo como Casa de Deus. E, sabemos que, agora estamos no tempo final, onde todas estas experiências que Jacó teve se materializará na Igreja do Senhor Jesus Cristo. Vamos ver como nos diz aqui nesse mesmo capítulo 28, versículos 12 e 13:

 

“E sonhou: e eis uma escada posta na terra, cujo topo tocava nos céus; e eis que os anjos de Deus subiam e desciam por ela;

13  E eis que o SENHOR estava em cima dela, e disse: Eu sou o SENHOR Deus de Abraão teu pai, e o Deus de Isaque; esta terra, em que estás deitado, darei a ti e à tua descendência”.

 

Depois que Jacó teve essa experiência, no versículo 16, disse que teve medo:

 

Acordando, pois, Jacó do seu sono, disse: Na verdade o SENHOR está neste lugar; e eu não o sabia”.

 

Ou seja, quando Jacó, Israel despertar do sonho se dará conta de que Deus esteve no meio da Igreja do Senhor Jesus Cristo, mas saberá isso porque verá a Deus manifestado na Vinda do Filho do Homem na etapa de Pedra Angular, daí é que Ele falará a Jacó, porque foi daí que falou no sonho que ele teve dessa escada no capítulo 28 do Gênesis e se dará conta de que Deus esteve na Sua Igreja e é na Era de Pedra Angular onde Jacó escutará a Voz de Deus lhe falando e Se identificando como o Deus de Israel.

 

E Jacó disse:

 

Certamente o Senhor está neste lugar, e eu não sabia”.

 

Porque se passou aproximadamente dois mil anos e não sabe que Deus o Deus de Israel está na Igreja do Senhor Jesus Cristo.

 

E temeu, e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a casa de Deus; e esta é a porta dos céus”.

 

A Casa de Deus é a Igreja do Senhor Jesus Cristo onde Deus coloca os Seus filhos, os conecta com o Céu por intermédio de Cristo. É aí onde nascem os filhos e filhas de Deus por meio do novo nascimento dado pelo Espírito Santo, aí na Casa de Deus e Porta do Céu é por onde os Anjos de Deus passam e por onde entram para irem ao Céu. A Casa de Deus é a conexão com o Céu onde Deus está manifestado em Espírito Santo.

 

No capítulo 3 da Primeira Carta aos Coríntios, versículos 16 e 17, diz:

 

“Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?

17  Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo”.

 

São Paulo identificou o Templo de Deus sob o Novo Pacto como Igreja do Senhor Jesus Cristo e também o vemos identificando-a no capítulo 2 da Carta aos Efésios versículos 19-22:

 

Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e da família de Deus;

20  Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina;

21  No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor.

22  No qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito”.

 

Assim como Deus está edificando um Templo, o Templo Espiritual que é a Sua Igreja, também está edificando a cada crente em Cristo como indivíduo como Templo humano, como Templo Espiritual, Templo de Deus onde o Espírito de Deus mora.

 

No capítulo 3 da Carta aos Hebreus versículos 5 e 6, também temos outra grande identificação na Bíblia sobre o que a Igreja do Senhor Jesus Cristo é para Deus:

 

“E, na verdade, Moisés foi fiel em toda a sua casa, como servo, para testemunho das coisas que se haviam de anunciar;

6  Mas Cristo, como Filho, sobre a sua própria casa; a qual casa somos nós, se tão somente conservarmos firme a confiança e a glória da esperança até ao fim”.

 

Ou seja, aí mostrou que a Casa de Deus, a Família de Deus é a Igreja do Senhor Jesus Cristo, são os descendentes de Deus pelo qual recebem o Espírito de Deus, que é o que estava prometido para Deus produzir o novo nascimento nos crentes, como falou a Nicodemos: “De certo, de certo te digo, que quem não nasça de novo não pode ver o Reino de Deus”.

 

Nicodemos não compreendeu, creu que era nascer de novo literalmente e Cristo lhe disse: “De certo, de certo te digo, que quem não nasça da Água (ou seja, do Evangelho) e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus”. Não pode entrar no Reino de Deus para formar parte do Reino de Deus, da Igreja do Senhor Jesus Cristo, em que o Reino está na sua fase espiritual.

 

Em Filipenses no capítulo 3, nos versículos 20 e 21, diz:

 

Mas a nossa cidade está nos céus…

 

Todos os crentes em Cristo nascidos de novo formam a Igreja do Senhor Jesus Cristo e como a Igreja do Senhor Jesus Cristo é Celestial, têm a cidadania celestial, têm cidadania do Reino de Deus, são cidadãos do Reino de Deus e, por conseguinte, têm as promessas e as bênçãos do Reino de Deus.

 

“Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,

21  Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas”.

 

E estes são os Anjos de Deus, Seus Mensageiros, os Anjos Mensageiros de Deus com o grupo de cada etapa da Igreja subindo ao Céu por essa escada, ou seja, que são os que recebem Cristo, que nascem de novo e formam parte do grupo que sobe por essa escada, formam parte da escada. E no final da escada, no topo da escada, no cume da escada foi aí quando Jacó olhou para cima, até o cume e viu Deus aí. Aí é que verá a Segunda Vinda de Cristo, aí é que verá a Vinda do Messias com Seus Anjos: Moisés e Elias, porque essa é a etapa do Lugar Santíssimo desse Templo Espiritual da Igreja do Senhor Jesus Cristo.

 

A Igreja do Senhor Jesus Cristo é a Betel, a Casa de Deus do Novo Pacto, é a Casa de Deus do Novo Testamento formada pelos crentes em Cristo. Cristo em Espírito Santo esteve no meio da Sua Igreja Se manifestando de Era em Era no Mensageiro de cada Era, mas quando se chega na Era de Pedra Angular se chega na Era Messiânica e, portanto, é aí onde Israel verá o Messias-Príncipe que lhe falará desde essa Era de Pedra Angular.

 

É aí a etapa para a manifestação de Deus em toda a Sua plenitude no meio dos que estarão nessa Era de Pedra Angular, é aí onde se cumprirá a Vinda da Pedra não cortada por mãos que ferirá os pés de ferro e de barro de lodo da imagem que o rei Nabucodonosor viu, a qual representa o reino dos gentios que passou de etapa em etapa: passou da etapa do império ou do reino Babilônico encabeçado pelo rei Nabucodonosor como a cabeça de ouro; passou ao peito e os braços de prata, que representa o reino Medo-persa; na terceira ocasião passou ao império da Grécia, representado no ventre e nas coxas de bronze e do império Grego com o Alexandre o Grande, que foi o ventre e as coxas de bronze, passou ao império Romano na etapa das pernas de ferro, o reino, o império dos Césares, o império Romano. E daí nós vemos que sob esse império Romano e foi o império Romano que crucificou a Jesus Cristo lá em Jerusalém.

 

E mais adiante, passou aos pés de ferro e de barro de lodo, que é o que restou do império Romano, os pés de ferro com seus dedos de ferro e de barro também, o ferro e barro de lodo é o que resta do reino dos gentios. E, por isso, a Segunda Vinda de Cristo será a que porá fim ao império dos gentios.

 

A Pedra não cortada por mãos é a Vinda de Cristo à Sua Igreja no Último Dia, na Era de Ouro da Igreja, na Era de Pedra Angular, no topo ou no cume da escada que Jacó viu em seu sonho. Daí é que Deus também falará ao povo hebreu, sob os ministérios das Duas Oliveiras Moisés e Elias de Zacarias, capítulo 4, versículos 11-14 e do Apocalipse, capítulo 11, versículos 1-14. Daí será a manifestação de Deus para o Último Dia.

 

Quando Israel veja o Messias vindo à Igreja do Senhor Jesus Cristo, dirá: “Este é o que nós estamos esperando”. Mas Ele vem primeiro por Sua Igreja em Sua Segunda Vinda, para lhe dar a fé para ser transformada e levada com Cristo ao Jantar das Bodas do Cordeiro. Tudo isso ocorre na escada que Jacó viu que é a Igreja do Senhor Jesus Cristo, que não é outra coisa senão a Casa de Deus e Porta do Céu.

 

Depois Ele Se revelará aos judeus desde essa Era de Pedra Angular, como a Pedra de Ângulo não cortada por mãos que o Profeta Daniel e o rei Nabucodonosor viram no capítulo 2, versículos 30-43. Portanto, nós já estando fora das sete Eras da Igreja, nós estando na etapa de Pedra Angular na Era de Ouro da Igreja, na Era do Lugar Santíssimo desse Templo Espiritual que é a Igreja do Senhor Jesus Cristo, representada na escada que Jacó viu, sabemos que o reino dos gentios irá se destruindo gradualmente.

 

O reino dos gentios está decaindo muito em todas as nações, algo está se passando no Programa de Deus, algo grande que o rei Nabucodonosor viu e também o Profeta Daniel. Nabucodonosor viu o princípio e o fim do reino dos gentios, Daniel também viu e interpretou o sonho ao rei Nabucodonosor.

 

Daniel também teve visões como no capítulo 7 do Seu Livro, onde também viu esses impérios que formam a imagem da estátua que o rei Nabucodonosor viu, e explicou que no tempo destes reis Deus levantará um Reino que jamais será destruído, esse será o Reino do Messias, o Reino que permanecerá para sempre. E esse Reino terá por Capital a Jerusalém, e como Trono: o Trono de Davi, e como Reino: o Reino de Davi, e como Rei: o Filho de Davi. Vejamos aqui no capítulo 7 de Daniel, nos versículos 9-14, que diz:

 

Eu continuei olhando, até que foram postos alguns tronos e se assentou um ancião de dias: a sua veste era branca como a neve, e o cabelo da sua cabeça como a pura lã; e o seu trono era de chamas de fogo, e às suas rodas dele de fogo ardente.

10  Um rio de fogo manava e saía de diante dele; milhares de milhares o serviam, e milhões de milhões assistiam diante dele; assentou-se o juízo, e abriram-se os livros.

11  Então estive olhando, por causa da voz das grandes palavras que o chifre proferia; estive olhando até que o animal foi morto, e o seu corpo desfeito, e entregue para ser queimado pelo fogo;

12  E, quanto aos outros animais, foi-lhes tirado o domínio; todavia foi-lhes prolongada a vida até certo espaço de tempo”.

 

Estas são as etapas do reino dos gentios que chegam ao seu final nos pés de ferro e de barro de lodo.

 

“13  Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem;”

 

Essa é a Vinda do Filho do Homem de São Mateus, capítulo 24, versículo 27:

 

“Como o relâmpago que sai do oriente e se mostra no ocidente assim será a vinda do filho do homem”.

 

“13  Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem;”

 

E recordem que filho do homem sempre se refere a Profeta, onde Deus sempre Se manifesta num Profeta.

 

E dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele.

14  E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído”.

 

Ou seja, neste tempo final quando o reino dos gentios termine nos pés de ferro e de barro de lodo, quando for destruído, começará o Reino de Deus, o glorioso Reino Milenar começará e o Trono estará em Jerusalém e o Seu Reino será o Reino de Davi, e o Seu Rei será o Filho de Davi.

 

Portanto, essa é a bênção que virá para os judeus neste tempo final, para o qual terão de ver e de ouvir ao Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó manifestado no cume da montanha, no topo da Casa de Deus, na parte alta da escada que é a Era de Pedra Angular no Último Dia, onde Deus Se manifestará em toda a Sua plenitude e operará os ministérios de Moisés e de Elias neste tempo final, para chamar e ajuntar os cento e quarenta e quatro mil hebreus, doze mil de cada tribo.

 

Isso é o que Deus fará por meio do Seu Espírito, o Espírito Santo neste tempo final. E aí será onde Israel verá a Vinda do Messias, a Vinda do Senhor para abençoar a Israel, e para dar fé aos crentes em Cristo, fé para serem transformados e levados com Cristo ao Jantar das Bodas do Cordeiro.

 

E isso tudo será feito pelo Anjo que estará selando as tribos de Israel, as doze tribos de Israel, isso o faz o Anjo do Pacto que apareceu a Moisés e que por meio de Moisés ordenou ao povo hebreu tudo para sua liberação. Ele usou a Moisés, Se manifestou em Moisés, Se velou em Moisés e libertou o povo hebreu da escravidão. Quando Moisés se encontrou com o Anjo do Pacto, Moisés quis saber algo mais relacionado a Deus e ao Seu Nome, no capítulo 3 do Êxodo, versículos 13-15, onde diz:

 

Então disse Moisés a Deus: Eis que quando eu for aos filhos de Israel, e lhes disser: O Deus de vossos pais me enviou a vós; e eles me disserem: Qual é o seu nome? Que lhes direi?

14  E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós.

15  E Deus disse mais a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: O SENHOR Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó, me enviou a vós; este é meu nome eternamente”.

 

E no capítulo 6, Deus falou a Moisés também e lhe disse:

 

“ENTÃO disse o SENHOR a Moisés: Agora verás o que hei de fazer a Faraó; porque por uma mão poderosa os deixará ir, sim, por uma mão poderosa os lançará de sua terra.

2  Falou mais Deus a Moisés, e disse: Eu sou o SENHOR.

3  E eu apareci a Abraão, a Isaque, e a Jacó, como o Deus Todo-Poderoso; mas pelo meu nome, o SENHOR, não lhes fui perfeitamente conhecido”.

 

E em Êxodo, capítulo 23, versículos 20-25, diz:

 

Eis que eu envio um anjo diante de ti, para que te guarde pelo caminho, e te leve ao lugar que te tenho preparado.

21  Guarda-te diante dele, e ouve a sua voz, e não o provoques à ira; porque não perdoará a vossa rebeldia; porque o meu nome está nele.

22  Mas se diligentemente ouvires a sua voz, e fizeres tudo o que eu disser, então serei inimigo dos teus inimigos, e adversário dos teus adversários.

23  Porque o meu anjo irá adiante de ti, e te levará aos amorreus, e aos heteus, e aos perizeus, e aos cananeus, heveus e jebuseus; e eu os destruirei.

24  Não te inclinarás diante dos seus deuses, nem os servirás, nem farás conforme às suas obras; antes os destruirás totalmente, e quebrarás de todo as suas estátuas.

25  E servireis ao SENHOR vosso Deus, e ele abençoará o vosso pão e a vossa água; e eu tirarei do meio de vós as enfermidades”.

 

Essas são bênçãos para Israel quando faz como Deus lhe diz e segue ao Anjo do Pacto que é Deus no Seu corpo Angelical Se manifestando como Coluna de Fogo em diferentes ocasiões e em outras ocasiões lhe aparecendo como um homem de outra dimensão, um Anjo de outra dimensão. Disso nós temos o exemplo no caso de Josué e vejam vocês como o Anjo do Pacto lhe apareceu no capítulo 5 de Josué, versículos 13-15:

 

E sucedeu que, estando Josué perto de Jericó, levantou os seus olhos e olhou; e eis que se pôs em pé diante dele um homem que tinha na mão uma espada nua; e chegou-se Josué a ele, e disse-lhe: És tu dos nossos, ou dos nossos inimigos?

14  E disse ele: Não, mas venho agora como príncipe do exército do SENHOR. Então Josué se prostrou com o seu rosto em terra e o adorou, e disse-lhe: Que diz meu senhor ao seu servo?

15  Então disse o príncipe do exército do SENHOR a Josué: Descalça os sapatos de teus pés, porque o lugar em que estás é santo. E assim Josué fez”.

 

Aqui o Anjo do Pacto lhe apareceu como o Príncipe do Exército do Senhor dos Exércitos o qual também tinha aparecido de costas a Moisés em outra ocasião, e Moisés viu as costas como as costas de um varão, as costas de um homem, quando Deus no Anjo do Pacto passou. Recordem que o Anjo do Pacto é o corpo Angelical de Deus, é a imagem do Deus vivente, é a teofania de Deus, como todo ser humano também tem a sua teofania, ou seja, o Seu corpo espiritual.

 

O espírito da pessoa é um corpo, mas de outra dimensão, assim o espírito de Deus, o Espírito Santo é um corpo Angelical de outra dimensão que pode aparecer na forma de luz ou pode aparecer na forma de um Anjo, de um homem de outra dimensão.

 

Esse é nada menos que o Anjo do Pacto, o Príncipe dos Exércitos Celestiais, por meio do qual Deus criou todas as coisas, é o Verbo que estava com Deus e era Deus e é o Verbo que se fez carne na pessoa de Jesus na Sua Primeira Vinda. Jesus é o portador do Anjo do Pacto encarnado, o Verbo feito carne que criou um corpo para Si no ventre de Maria. Quando o Espírito Santo fez sombra sobre Maria criou a célula de vida que Se multiplicou célula sobre célula e assim foi formado o corpo de Jesus, o qual nasceu através da virgem Maria.

 

Ele é o herdeiro do Trono, herdeiro do Reino de Davi e herdeiro de todo o território de Israel. É nada menos que o Messias-Príncipe na Sua Primeira Vinda e na Sua Segunda Vinda estabelecerá o Reino. Nós O encontraremos no cume da escada na Era de Pedra Angular no Último Dia. Aí será a ministração plena do Anjo do Pacto, do Anjo que chamará, ajuntará e selará os cento e quarenta e quatro mil hebreus, mas antes completará a Sua Igreja neste tempo final no meio da qual Ele Se manifestará.

 

Ele Se manifestará em Sua Vinda como Leão da tribo de Judá, como Rei de reis e Senhor de senhores em Sua Obra de Reclamação, virá com a chave de Davi para estabelecer o Reino de Deus na Terra entre os judeus. O território dos judeus será o Distrito Federal do reino do Messias, Jerusalém será a Capital não só de Israel, mas do mundo inteiro e todo Israel, todo o território de Israel será o Distrito Federal do reino mundial do Messias. Aí estará a grande bênção para os judeus, aí será quando os judeus receberão a paz imperecível, a paz que o Messias trará conforme Isaías, capítulo 9.

 

Para que a paz venha o Príncipe de paz tem de vir, o qual é o Messias-Príncipe aos hebreus e fora disso Israel não terá a paz permanente. Portanto, a única esperança que Israel tem é a Vinda do Messias, não há outra esperança para Israel. Para o qual, primeiro verá a Elias vindo e proclamando a paz imperecível, preparando o povo para a Vinda do Messias e nós conheceremos Elias, porque virá falando da paz permanente para Israel e também virá o ministério de Moisés.

 

De tal modo que haverá um Profeta como Elias e um Profeta como Moisés e, depois, veremos o Messias em Sua Vinda. Todo esse mistério é para o tempo final, para a Igreja do Senhor Jesus Cristo e para o povo hebreu, porque ambos os povos estão esperando a Vinda do Messias, estão esperando a vinda de Moisés e estão esperando a vinda de Elias, portanto, estamos no tempo final.

 

Para os crentes em Cristo, para a Igreja do Senhor Jesus Cristo faz tempo que começou a Era Messiânica. Ao final das sete Eras é que começa a Era Messiânica para a Igreja do Senhor Jesus Cristo, que é a Era de Pedra Angular.

 

Para os judeus essa Era Messiânica começará quando eles O vejam, e O verão na Era Messiânica no meio da Igreja do Senhor Jesus Cristo e, para os judeus haverá três anos e meio de ministério do Espírito Santo operando os ministérios das Duas Oliveiras ou os ministérios de Moisés e de Elias e haverá intervenção divina dos Arcanjos Miguel e Gabriel com Seus Exércitos a favor do povo hebreu. Aí estará a defesa para os judeus, aí estará a bênção para os judeus e também para os crentes em Cristo.

 

Israel está esperando a Vinda do Anjo do Pacto, a Vinda do Anjo do Pacto será nada menos que a Vinda do Anjo de Deus, ou seja, do Espírito Santo que é a imagem do Deus vivente manifestada no Último Dia, na  Era  de Pedra Angular e daí passará aos hebreus, para o qual, o Espírito Santo estará operando os ministérios de Moisés e de Elias. Recordem que é o Espírito Santo quem opera os ministérios. E mostrou isso para falar a Israel e sempre o Espírito Santo operou os ministérios correspondentes a cada Profeta.

 

Em Zacarias, capítulo 7, versículos 11 e 12, nos mostra um quadro claro de como Deus atua por meio do Seu Espírito através dos Profetas. Vamos ler isso, diz:

 

Eles, porém, não quiseram escutar, e deram-me o ombro rebelde, e ensurdeceram os seus ouvidos, para que não ouvissem.

12  Sim, fizeram os seus corações como pedra de diamante, para que não ouvissem a lei, nem as palavras que o SENHOR dos Exércitos enviara pelo seu Espírito por intermédio dos primeiros profetas”.

 

Por meio dos Profetas era que Deus falava ao povo através do Seu Espírito. Deus por meio do Seu Espírito através dos Profetas era quem falava, ou seja, Deus por meio da Sua Teofania, Deus por meio de Sua imagem que é o Seu corpo Angelical falava ao povo através dos Profetas.

 

Quem não queria escutar o que cada Profeta de Deus falava ao povo, não queria escutar o que o Espírito Santo estava falando da parte de Deus, mas a bênção é para quem escuta a Voz de Deus por meio do Anjo de Deus, do Anjo do Pacto.

 

Esse é o Anjo que neste tempo final virá selando as doze tribos de Israel, virá selando cento e quarenta e quatro mil com o Selo do Deus vivo que é o Espírito Santo, Ele virá selando com o Espírito Santo aos cento e quarenta e quatro mil hebreus, doze mil de cada tribo. Essa é a bênção que assinalou para o povo hebreu para este tempo final. E depois será estabelecido, introduzido o Reino de Deus, o Reino de Davi e, mais adiante, será estabelecido o Reino de Deus na Terra que será a restauração do Reino de Davi e do Trono de Davi, porque foi feita a promessa a Davi de que não faltaria um que se sentasse no Trono de Davi.

 

Portanto, o Messias Príncipe como Filho de Davi é o Rei de Israel, é o Rei prometido para sentar-se no Trono de Davi no Último Dia, na parte do cume da escada que Jacó viu no capítulo 28 do Gênesis. Assim, Israel os judeus verão a Vinda do Filho do Homem, a Vinda do Senhor, a Vinda do Anjo do Pacto vindo a Sua Igreja, e dirão: “Este é quem nós estamos esperando”.

 

A pergunta será: “por que lá?” Porque a Igreja do Senhor Jesus Cristo é a Casa de Deus e a Porta do Céu, e com a morte de Cristo, a semana de número setenta que é a Semana Messiânica se deteve para os judeus, e os gentios entraram, o Cristianismo entrou.

 

E ao se completar o grupo dos filhos e filhas de Deus na Igreja do Senhor Jesus Cristo, em seguida virá a transformação de todos esses crentes em Cristo que estarão vivos, e os que morreram serão ressuscitados em corpos glorificados e todos serão jovens, serão pessoas com vida eterna física em corpos glorificados.

 

Israel abrirá os olhos nesse tempo, seus olhos serão abertos, Israel será restaurado, o Reino de Deus será restaurado a Israel, o Reino de Davi restaurado e Davi o Rei prometido, o Messias-Príncipe se sentará no Trono no Último Dia para governar, reinar sobre Israel e sobre todas as nações. Será o tempo de glória para Israel, o tempo em que Israel terá a bênção de ter o maior Governante Mundial de toda a história: ao Messias-Príncipe, ao Filho de Davi, o qual foi tipificado em Salomão e também em Davi.

 

Portanto, Israel será a Capital do mundo, Jerusalém terá a Casa Branca, como hoje em dia falam do lugar onde fica o Presidente, em quase todos os países lhe chamam de “a Casa Branca”, em outros lhe põem outro nome, mas na maioria, em muitos deles lhe chamam de “a Casa Branca”, como na América do Norte e em outros países. Cada país coloca o nome que quer.

 

Esperamos ver algum dia como se chamará o lugar onde o Rei estará, o Palácio do Rei do Reino Milenar, do Reino do Messias. A sua Capital já sabemos que será Jerusalém, o Distrito Federal sabemos que será todo o território de Israel que tem agora e o que terá mais adiante, porque será estendido conforme ao mapa que Deus deu e o território será maior do que o que tem atualmente. Muitas nações serão unidas a esse Reino, outras nações desaparecerão.

 

Portanto, Israel o Reino do Messias será a nação mais rica do planeta Terra com o privilégio de ter a Capital do Reino e também o Distrito Federal do Reino. O que é mais importante como território? A Capital, porque aí é que está a Casa Branca, a Casa Presidencial ou a Casa do rei e dali o Rei governará, aí estará o Palácio, aí estará o Trono e todos os países, todas as nações trarão a sua gloria e honra, os seus tributos a Jerusalém.

 

Quanto será? Dez ou vinte por cento? Deixemos que chegue, porque pagarão os dízimos, as suas ofertas e seus impostos também e quem não o fizer, diz que não choverá sobre seu país, sobre sua nação. Isso está no capítulo 14 de Zacarias.

 

Assim, a Era Messiânica virá para Israel muito em breve. Quando Israel veja e receba ao Messias, aí começará a Era Messiânica, aí começará os três anos e meio que será de bênção para Israel, mas para o mundo inteiro será de juízos vindo sobre a raça humana, será o dia de vingança do nosso Deus e será o tempo do aperto para Jacó, pois tratarão de destruir a Jacó, mas Deus estará com Israel.

 

Porém, o importante é sabermos que o Anjo do Apocalipse 7, é o Espírito Santo manifestado no Último Dia para selar os cento e quarenta e quatro mil hebreus, selá-los com o Selo do Deus vivo, com o Espírito Santo. E a Mensagem do Anjo do Pacto (O Anjo que virá selando), a estenderá a todas as nações.

 

Para mim foi um grande privilégio estar com vocês amigos e irmãos presentes, e os que estão em outras nações. Se houver alguma pessoa que ainda não recebeu Cristo como Salvador, pode fazer isso nestes momentos e estamos orando por você para que Cristo lhe receba no Seu Reino, lhe perdoe e lhe limpe de todo pecado com Seu Sangue, que lhe batize com o Espírito Santo e Fogo, e produza o novo nascimento em você.

 

Para o qual pode passar até aqui na frente, aí onde você se encontre na igreja ou auditório onde você se encontre pode passar aí na frente para que fique incluído na oração que estaremos fazendo. Vocês lá em Porto Rico, vocês lá na Venezuela, vocês lá no Peru, vocês lá no Equador, vocês lá na Argentina, vocês lá no Uruguai, vocês lá no Paraguai, vocês lá na Bolívia, vocês lá no México, vocês lá na Nicarágua, vocês lá em Honduras, vocês lá em El Salvador, vocês lá no Panamá, vocês lá na Guatemala, vocês lá na América do Norte, vocês lá em Costa Rica e nas demais nações podem continuar vindo aos pés de Cristo para que Cristo lhes receba no Seu Reino, e em breve complete a Sua Igreja e retorne aos judeus.

 

Vamos todos ficar em pé com os nossos rostos inclinados para fazermos a oração por todos os que estão chegando aos Pés de Cristo o nosso Salvador. As crianças de dez anos em diante também podem vir aos Pés de Cristo para que Cristo lhes receba no Seu Reino. Oremos:  

 

Pai Nosso que estás nos Céus, venho a Ti com todas estas pessoas que estão recebendo Cristo como Salvador. Eu Te rogo que as recebas no Teu Reino, no Nome do Senhor Jesus Cristo.

 

E, agora, todos repitam comigo esta oração:

 

Senhor Jesus Cristo, escutei a pregação do Teu Evangelho e a Tua Fé nasceu no meu coração. Creio em Ti com toda a minha alma e creio na Tua Primeira Vinda. Senhor eu creio de todo coração no Teu Nome como o único nome no qual nós podemos ser salvos e creio na Tua morte na Cruz do Calvário como o Sacrifício de Expiação pelos nossos pecados.

 

Reconheço que sou pecador e necessito um Salvador. Dou testemunho público da minha fé em Ti, da Tua fé em mim, e Te recebo como meu único e suficiente Salvador. Rogo-Te que perdoes meus pecados, que me limpes de todo pecado com Teu Sangue, que me batizes com o Espírito Santo e Fogo, e que produzas o novo nascimento em mim.

 

Eu quero nascer de novo, quero entrar no Teu Reino, quero viver eternamente Contigo no Teu Reino. Faça uma realidade em mim a salvação que ganhaste para mim na Cruz do Calvário. Eu Te rogo no Teu Nome glorioso: Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

 

E, agora, os que vieram aos Pés de Cristo nesta ocasião me perguntarão: “Quando podem me batizar?” Porquanto vocês creram em Cristo de todo coração, podem ser batizados e que Cristo lhes batize com o Espírito Santo e Fogo, e produza o novo nascimento em vocês.

 

O batismo na água não tira os pecados, o Sangue de Cristo é que nos limpa de todo pecado. Quando a pessoa recebe Cristo como Salvador, morre para o mundo; quando o Ministro a submerge nas águas batismais, simbolicamente está sendo sepultada; e quando é levantada das águas batismais, está ressuscitando para uma nova vida: à vida eterna com Cristo no Seu Reino eterno.

 

Portanto, vocês podem ser batizados, que Cristo lhes batize com o Espírito Santo e Fogo, que produza o novo nascimento em vocês e continuaremos nos vendo eternamente no Reino de Cristo o nosso Salvador.

 

Saudações desde aqui de Jerusalém para todos. Que Deus abençoe a todos grandemente, que em breve se complete a Igreja do Senhor Jesus Cristo, para que o Espírito Santo possa retornar aos judeus que tanto O necessitam, para receber a bênção assinalada e o chamado aos cento e quarenta e quatro mil hebreus, doze mil de cada tribo, que são as primícias do povo hebreu, que são os escolhidos dentre o povo hebreu, para uma bênção muito especial que Deus tem para eles.

 

Que todos continuem desfrutando uma tarde feliz, repleta das bênçãos de Cristo o nosso Salvador.

 

O ANJO SELANDO AS TRIBOS DE ISRAEL”.