MENSAGENS




Os Anjos trazendo a revelação dos sete selos

Data: 26/02/2017 Tempo: 01:01:09





 

OS ANJOS TRAZENDO A REVELAÇÃO

DOS SETE SELOS

 

Dr. William Soto Santiago

Domingo, 26 de Fevereiro de 2017

Cayey - Porto Rico

 

Bom dia, amados irmãos e amigos aqui presentes, aos que estão nos diferentes países, aos Ministros e suas congregações e também aos que estão lá em Quito, no Equador; uma saudação muito especial para o Missionário Doutor Miguel Bermúdez Marín, e ao Ministro de lá, Doutor Francisco Martínez, e a congregação de lá, a Corporação A Voz da Pedra Angular e também a todos os Ministros e suas congregações reunidos lá em Quito, no Equador.

 

Que Deus os abençoe e os guarde e que hoje Deus nos abra as Escrituras e o entendimento para compreendê-las.

 

Também estendo minhas condolências à família de Miguel Azocar, Ministro lá na Venezuela, o qual partiu nestes dias e reitero também minhas condolências à família do Ministro Gómez lá na Cidade de Carmen, por sua partida nestes dias.

 

Que Deus console seus corações pela partida dos seus seres queridos, os quais foram morar com o Senhor nestes dias, neste ano novo 2017. Eles retornarão como testemunhas da ressurreição em corpos jovens, com aparência de dezoito a vinte e um anos, em corpos glorificados, em corpos imortais e, então, poderão comer conosco se os convidarmos, assim como Jesus quando ressuscitou comeu com Seus discípulos.

 

Estamos esperando-os para lhes dar as boas-vindas entre nós. Quando os virmos seremos transformados e depois de trinta ou quarenta dias (logo após a ressurreição), iremos com o Senhor no arrebatamento da Sua Igreja à Casa de nosso Pai Celestial, onde há uma reunião preparada para a investidura do Senhor e da Sua Igreja. Assim que algo grande está preparado no Céu esperando por nós.

 

Eles virão para estar conosco no tempo quando esteja se cumprindo a Visão da Tenda, onde estará se cumprindo a Terceira Etapa, onde Deus estará revelando o mistério do Sétimo Selo, que é o maior de todos os mistérios da Bíblia, porque o mistério do Sétimo Selo é o mistério da Vinda do Senhor à Sua Igreja.

 

Hoje nós veremos dois vídeos das atividades realizadas pela Embaixada Mundial de Ativistas pela Paz em Zacatecas, no México, e nos Estados Unidos, com o Programa “Educar para Recordar”.

 

Deixo com vocês esses dois documentários e, em seguida, estarei novamente com vocês.

 

[Projeção dos vídeos-documentários]

 

Leiamos em São Mateus no capítulo 16, versículos 27 e 28, também no capítulo 17, do versículo 1-8, e no capítulo 24, versículos 30 e 31. A Palavra do Senhor no capítulo 16, versículos 27 e 28 diz assim:

 

Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras.

28  Em verdade vos digo que alguns há, dos que aqui estão, que não provarão a morte até que vejam vir o Filho do homem no seu reino”.

 

Continuemos lendo no capítulo 17, no versículo 1:

 

SEIS dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, seu irmão, e os conduziu em particular a um alto monte,

2  E transfigurou-se diante deles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes se tornaram brancas como a luz.

3  E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele.

4  E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, façamos aqui três tabernáculos, um para ti, um para Moisés, e um para Elias.

5  E, estando ele ainda a falar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu. E da nuvem saiu uma voz que dizia: Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo; escutai-o.

6  E os discípulos, ouvindo isto, caíram sobre os seus rostos, e tiveram grande medo.

7  E, aproximando-se Jesus, tocou-lhes, e disse: Levantai-vos, e não tenhais medo.

8  E, erguendo eles os olhos, ninguém viram senão unicamente a Jesus”.

 

E em São Mateus no capítulo 24, versículos 30 e 31, diz:

 

Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.

31  E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus”.

 

Que Deus abençoe nossas almas com a Sua Palavra e nos permita entendê-la.

 

OS ANJOS TRAZENDO A REVELAÇÃO DOS SETE SELOS”.

 

Esse é o tema da escola bíblica, no estudo bíblico de hoje, domingo, 26 de Fevereiro de 2017, aqui e daqui de Cayey, Porto Rico.

 

OS ANJOS TRAZENDO A REVELAÇÃO DOS SETE SELOS”.

 

Isso foi mostrado nas palavras de Cristo, onde disse que enviará os Seus Anjos com Grande Voz de Trombeta e juntará os Seus escolhidos de uma extremidade do Céu até a outra. Foi do que falou também no capítulo 16, sobre a Vinda do Filho do Homem em glória, vindo em Seu Reino.

 

O maior mistério de todos os mistérios da Bíblia é a Vinda do Senhor para este tempo final, ou seja, o que se conhece no Cristianismo sob o tema: “A Segunda Vinda de Cristo”.

 

Ele veio a dois mil anos atrás como Cordeiro para realizar a Obra de Redenção na Cruz do Calvário e com a Sua vida pagar o preço da redenção, derramando o Seu Sangue na Cruz do Calvário, com o qual toda pessoa que se aproxima de Cristo, que lhe pede perdão e que O recebe como único e suficiente Salvador fica limpa de todo pecado.

 

Porque Cristo está no Céu à direita de Deus como Sumo Sacerdote intercedendo por todos aqueles que estão escritos no Livro da Vida do Cordeiro no Céu. Esses são os que formariam a Igreja do Senhor Jesus Cristo, esses são os que nasceriam de novo, os que primeiramente nasceriam no Reino de Deus no campo espiritual, depois, no físico na ressurreição dos mortos em Cristo e na transformação daqueles que estiverem vivos no tempo final.

 

Porque assim como houve um Adão e uma Eva sob aquele Programa Divino do Paraíso, onde se decidiria a reprodução e a multiplicação do ser humano e o ser humano escolheu a multiplicação pelo sexo e, isso, é o que veio ocorrendo de geração em geração, o que é um método em que o que a pessoa obtém é a vida temporária e obtém um espírito do mundo, quando a pessoa nasce nesta Terra.

 

Na nova Criação, da qual Cristo é o segundo Adão e a Sua Igreja é a segunda Eva, primeiramente o nascimento é no espiritual onde todos os que recebem Cristo como Salvador na Era em que lhes corresponde viver, eles recebem Cristo, são batizados na água no Seu Nome, Cristo os batiza com o Espírito Santo e Fogo, e produz o novo nascimento neles.

 

Assim já entram no Reino de Deus com vida eterna, ao terem nascido da Água e do Espírito, como Cristo disse a Nicodemos no capítulo 3 de São João, versículos 1-6:

 

De certo, de certo te digo, que quem não nasça da água e do Espírito, não pode entrar no Reino de Deus”.

 

Entra-se no Reino de Deus com vida eterna nessa forma estabelecida pelo próprio Cristo e pelos apóstolos, através dos quais o Espírito Santo falou, ensinou e guiou em como tinha de se realizar o Programa de Redenção para se nascer no Reino de Deus com vida e para a vida eterna.

 

Essa parte espiritual já está chegando ao seu final, porque neste tempo a Igreja do Senhor Jesus Cristo se completará, os últimos escritos no Livro da Vida do Cordeiro no Céu que falta serão redimidos e quando se completar esse número já se fechará a porta, como nos diz na parábola no capítulo 13 de São Lucas: “Quando o pai de família se levantar e fechar a porta”...

 

Quando se fechar a porta também em São Mateus no capítulo 25, versículos 1-13, a porta da Dispensação da Graça ficará fechada, e daí em diante ninguém mais poderá obter a salvação como se obtinha durante as diferentes etapas da Igreja, porque essa Dispensação da Graça já terá terminado, e se estará abrindo a Dispensação do Reino, que será a Dispensação na qual se estabelecerá o Reino de Deus na Terra literalmente, e o Trono e o Reino de Davi será restaurado na Terra, com capital em Jerusalém.

 

Tudo é para o tempo do Reino Milenar de Deus sobre a Terra sob a Monarquia de Davi, da Casa de Davi com um Rei Judeu, com um Rei descendente do rei Davi. Ele será chamado “Filho de Davi”, “o Davi”, “o Amado”.

 

Estamos próximos desse tempo quando Deus tratará novamente com Israel, o povo hebreu neste tempo final. Isso começará muito em breve.

 

Quando vocês vejam aos judeus buscando a Vinda do Messias, recordem que é porque o tempo chegou. E neste ano cinco mil setecentos e setenta e sete (5777) do calendário judeu é um ano muito importante, onde eles estão esperando-O.

 

Quando nós os virmos seja em vídeo, em documentários ou no que seja vocês os verá muito inquietos procurando o Messias judeu. Porque eles sabem que estão esperando a um rei, eles estão esperando-O já adulto, não um bebê e já terá de ter nascido e estar em algum lugar sem se dar a conhecer como rei. Porque isso corresponde à Festa das Trombetas, onde Deus voltará a atuar, a tratar com o povo hebreu, enquanto isso, Ele estará com a Igreja do Senhor Jesus Cristo no meio do Cristianismo, e daí surgirá Aquele que se assentará no Trono de Davi.

 

Assim como quando Moisés nasceu, o Faraó, o império egípcio estava jogando aos crocodilos no rio, os meninos varões, porque sabia que o libertador dos judeus nasceria nesse tempo. Mas vejam que Deus dirigiu tudo para que ele chegasse ao palácio, para que chegasse lá na Corte egípcia e fosse criado pela filha do Faraó. Ou seja, que o escondeu no mesmo lugar onde estavam procurando-o e a todos os meninos para matá-los.

 

A causa da morte de todos esses meninos foi porque eles estavam procurando um deles, e como não se sabia qual deles meninos era, mataram a todos os meninos para que o Messias, o Ungido de Deus não aparecesse para a libertação do povo hebreu lá no Egito.

 

Recordem que Messias significa “Ungido”, o Messias significa o ”Homem Ungido”. Ungido com o que? Com o Espírito de Deus através do qual Deus atua no Seu Programa correspondente a esse tempo.

 

Porque o Senhor Jeová não fará nada sem que antes revele Seus segredos a Seus servos Seus profetas” (Amós, capítulo 3, versículo 7).

 

E quando se usa o título de “Filho do Homem”, esse é o título de “Profeta”. Por isso, Jesus falava de Si mesmo como Profeta, como o “Filho do Homem”, como o “Profeta de Deus”, um “Profeta como Moisés”, no qual estava a plenitude de Deus manifestada cumprindo o Programa Divino para aquele tempo.

 

Para cumprir o Programa Divino, Deus em Espírito Santo tinha que velar-Se em carne humana para cumprir o Programa Divino para aquele tempo e, por isso, Deus ao estar velado em carne humana num Profeta, era o Filho do Homem, porque Filho do Homem é um “Profeta ungido com o Espírito Santo”.

 

E Cristo estava ungido com o Espírito Santo em toda a Sua plenitude, o que significa que Moisés, Elias, Eliseu, Isaías, Jeremias, Ezequiel estavam em Jesus Cristo, porque estava Nele o mesmo Espírito Santo que operou esses ministérios nessas outras pessoas.

 

A porção que operou em cada um deles, depois, quando estava em Cristo em toda a Sua plenitude, Nele estava todos os ministérios que tinham sido manifestados em outros homens, nos outros Profetas.

 

Por isso, quando falavam de Jesus pensavam que era Elias, outros pensavam que era Moisés, outros pensavam que era Jeremias, e assim por diante. Porém, era o Ungido com a plenitude de Deus, era o Ungido, era o Messias-Príncipe prometido para aquele tempo, para realizar a Obra da Redenção na Cruz do Calvário, e com esse trabalho comprar o mundo inteiro por amor aos escolhidos de Deus e, por amor a Israel e por amor a Sua Igreja, Ele comprou o mundo inteiro.

 

Na parábola nos diz que um homem rico descobriu um tesouro que estava perdido e de gozo veio o comprou e o escondeu. Esse tesouro perdido são os cento e quarenta e quatro mil hebreus que serão chamados neste tempo final, e que representam às doze tribos de Israel.

 

Portanto, o tesouro perdido, corrijo, são as dez tribos do Norte do reino do Norte, que são encabeçadas pela tribo de Efraim, a qual encontramos que tem a bênção maior, porque Efraim recebeu a bênção da primogenitura, que é a bênção da dupla porção.

 

Sem esse tesouro: as dez tribos, as tribos do Norte não haverá restauração do Reino de Deus na Terra, não haverá restauração do Reino de Davi, e não haverá um Governo mundial governado pelo Rei de reis e Senhor de senhores, o Filho de Davi, o Ungido com toda a plenitude para o Último Dia, no qual se cumprirá cada promessa correspondente a este tempo final e, isso, será no cumprimento da Vinda do Filho do Homem com os Seus Anjos.

 

No Monte da Transfiguração Moisés e Elias apareceram com Jesus, falando com Ele e falando com Ele do que? Da Sua ida a Jerusalém.

 

Elias é Profeta para todas as nações, e Moisés Profeta exclusivo para Israel. Portanto, esses são os ministérios com os quais Deus chamará e juntará os escolhidos, os cento e quarenta e quatro mil hebreus, doze mil de cada tribo. E aí as doze tribos estarão juntas: as dez tribos do Norte com as duas tribos do Sul, as do Sul encabeçadas pela tribo de Judá.

 

A pergunta dos judeus e do Cristianismo para este tempo é: Onde está Aquele que se assentará no Trono de Davi como Filho de Davi? Onde está a manifestação do Filho do Homem na Terra com os Seus Anjos chamando e juntando os Seus escolhidos de um a outro extremo do Céu? Onde também serão juntados ou terão sido ajuntados os escolhidos do Cristianismo, da Igreja do Senhor Jesus Cristo, que estão escritos no Livro da Vida do Cordeiro no Céu, desde antes da fundação do mundo?

 

No dia 28 de Fevereiro do ano 1963, lá em Tucson, no Arizona, sete Anjos apareceram ao Reverendo William Branham, e um dos Anjos o levantou com ele, Este Anjo que era diferente dos demais o levantou e com ele formou parte do grupo dos Anjos que estavam nessa nuvem de glória. E o Reverendo William Branham disse que eram sete Anjos, porém, um Deles era diferente dos demais.

 

Eram os sete Anjos das sete Eras da Igreja, dos quais o Reverendo William Branham era o sétimo Anjo da Igreja e um deles, porque ele contou que estava parado olhando o oeste de frente, e os Anjos vinham do oeste para o leste. E ele disse que um dos Anjos era muito diferente dos demais, era muito raro, não era um dos sete Anjos da Igreja, senão um oitavo Anjo, então contando ao Reverendo William Branham no lugar de número sete.

 

Eles vinham do oeste para o leste, e o Reverendo William Branham estava no leste olhando para o oeste, vendo-os assim de frente. Ele disse: “Esse Anjo diferente dos demais é o Anjo que tinha o Sétimo Selo”. E o que é o Sétimo Selo? A Vinda do Senhor.

 

Algum dia a Igreja do Senhor Jesus Cristo conhecerá a esse Anjo e, por conseguinte, conhecerá o mistério da Vinda do Senhor a Sua Igreja no Último Dia. E, depois, Israel O reconhecerá e dirá: “Por que com um grupo do Cristianismo”? Porque assim é o Programa de Deus. Não foi um homem quem fez o Programa de Deus, mas Deus o fez.

 

Portanto, oramos a Deus para que todos nós tenhamos o privilégio de ver o que o Reverendo William Branham viu, quando os Anjos vieram a ele em 28 de Fevereiro  de 1963 e que Deus nos permita ver ao Anjo que era diferente dos demais Anjos e, assim, recebamos as bênçãos que ele tem da parte de Deus para o Corpo Místico de Cristo e, depois, para os judeus.

 

Nele nessa manifestação Dele se cumprirá a segunda parte da Vinda do Filho do Homem, para julgar como Juiz. A primeira parte já se cumpriu em graça no Reverendo William Branham, e em toda a Sua plenitude a dois mil anos atrás se cumpriu em Jesus Cristo. E antes disso se cumpria parcialmente numa porção em cada Profeta que era enviado Por Deus ao Seu povo.

 

“Tudo é em simplicidade”, como disse o Reverendo William Branham. Portanto, o maior evento da história bíblica corresponde a este tempo final e, depois, será revelado, trará a fé a Sua Igreja para ser transformada e levada com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro, e conectará com os judeus para Deus voltar a tratar com os judeus neste tempo final. Mas primeiramente corresponde à Igreja tê-Lo, reconhecê-Lo e receber a Mensagem, a revelação desse mistério, receber a fé para ser transformada e levada com Cristo à Ceia das Bodas do Cordeiro.

 

Este ano é um ano muito importante para o Cristianismo e também para os judeus. Portanto, estejam preparados e orando se aproximem mais de Deus, pois, nós queremos que todos recebam as bênçãos de Deus e que todos nós sejamos preparados para sermos transformados e levados com Cristo á Ceia das Bodas do Cordeiro.

 

OS ANJOS TRAZENDO A REVELAÇÃO DOS SETE SELOS”.

 

Para mim foi um grande privilégio estar com vocês nesta ocasião, nesta escola bíblica de hoje, domingo de escola bíblica, onde tivemos este curto estudo: “OS ANJOS TRAZENDO A REVELAÇÃO DOS SETE SELOS”.

 

Se houver alguma pessoa que ainda não recebeu Cristo como Salvador, poderá fazer isso nestes momentos, e estaremos orando por você para que Cristo o receba no Seu Reino, o perdoe e o limpe de todo pecado com o Seu Sangue, você seja batizado na água no Seu Nome, Cristo o batize com o Espírito Santo e Fogo, e produza o novo nascimento em você.

 

Podem passar aqui na frente todos os que de todo coração querem receber Cristo como Salvador e as crianças de dez anos em diante também podem recebê-Lo como seu Salvador, tanto as que estão aqui presentes e também aquelas que estão em outros países e em outras Igrejas.

 

Vamos ficar em pé para orarmos pelas pessoas que estão recebendo  Cristo como único e suficiente Salvador:

 

Pai nosso que estás nos Céus, santificado seja o Teu Nome. Venha o Teu Reino, seja feita a Tua vontade aqui na terra com no Céu. Dai-nos hoje o nosso pão de cada dia, perdoai as nossas dívidas assim como nós perdoamos aos nossos devedores e não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque Teu é o Reino, o poder e a glória, pelos séculos dos séculos. Amém.

 

Senhor, eu Te apresento estas pessoas que estão chegando a Cristo para salvação. Eu Te rogo que as recebas no Teu Reino, no Nome do Senhor Jesus Cristo. Amém.

 

E, agora, repitam comigo esta oração todos os que estão chegando aos Pés de Cristo nesta ocasião:

 

Senhor Jesus Cristo, escutei a pregação do Teu Evangelho e a Tua fé nasceu em minha alma.

 

Creio em Ti com toda aminha alma, creio no Teu Nome como o único nome debaixo do Céu, dado aos homens, em que podemos ser salvos e reconheço que sou pecador e necessito um Salvador.

 

Rogo-Te Senhor que me perdoes, reconheço a Tua morte na Cruz do Calvário como o Sacrifício da Expiação pelos meus pecados e pelos pecados de todo ser humano.

 

Rogo-Te que me perdoes, que me limpes de todo pecado com  o Teu Sangue, que me batizes com o Espírito Santo logo após ser batizado na água no Teu Nome. Eu Te rogo no Teu Nome Eterno e glorioso: Senhor Jesus Cristo. Amém.

 

E, agora, aqueles que vieram aos Pés de Cristo ou que nos diferentes países estão chegando, perguntarão: “Quando podem me batizar”?

 

Porquanto vocês creram em Cristo de todo coração, podem ser batizados, que Cristo os batize com o Espírito Santo e Fogo, e produza o novo nascimento em vocês.

 

O batismo na água é tipológico. Quando a pessoa recebe Cristo, morre para o mundo; quando ela é submersa nas águas batismais, está representando que morreu; e quando é levantada das águas batismais, está representando que ressuscitou e que viverá uma nova vida: a vida de um filho ou de uma filha de Deus.

 

Portanto, no batismo se representa a morte, o sepultamento e a ressurreição do indivíduo com Cristo, porque estávamos eternamente em Cristo, como fisicamente o nosso corpo físico estava no nosso pai terreno; assim como Levi estava nos lombos de Abraão, como São Paulo nos falou disso em Hebreus, assim nós estávamos nos lombos do nosso pai terreno. [Hebreus 7:5]

 

Porém, no espiritual e sob o Novo Pacto no meio do Cristianismo, primeiramente o nascimento no Reino Deus é no espiritual, onde se obtém um espírito do Céu, de Deus, e na ressurreição se receberá um corpo novo, eterno, imortal, incorruptível, glorificado e jovem, como o corpo glorificado que Cristo nosso Salvador tem, o qual está tão jovem como quando foi para o Céu.

 

Ou seja, uma nova Criação está se realizando pelo segundo Adão, Jesus Cristo e pela segunda Eva, ao longo das diferentes etapas da Igreja. Essa é a família de Abraão, essa é semente de Abraão. Por isso, da semente de Abraão se levantará o Messias-Príncipe que se assentará no Trono de Davi, um Judeu que se assentará no Trono de Davi.

 

Primeiro estará no meio da Igreja. Vindo pela Sua Igreja é que depois eles O verão e dirão: “Este é quem nós estamos esperando”.

 

Assim que aqueles que vieram aos Pés de Cristo, todos podem ser batizados.

 

Deixo com vocês ao Reverendo José Benjamim Pérez para continuar, e em cada país deixo ao Ministro correspondente, e em cada congregação ao Ministro correspondente, para que indique aos que vieram a Cristo hoje, como fazer para serem batizados na água no Nome do Senhor.

 

Que Deus os abençoe e os guarde, e no domingo próximo e sexta-feira próxima continuaremos com os estudos bíblicos. Do lugar onde eu estiver lhes transmitirei e sempre que viaje lhes transmitirei desde o lugar onde estiver nas sextas-feiras e nos domingos.

 

Que Deus os abençoe e guarde e que continuem desfrutando uma tarde feliz, repleta das bênçãos de Cristo o nosso Salvador.

 

Agradeço por orarem muito por mim, porque há muito trabalho neste ano.

 

Deus os abençoe, guarde e que todos continuem desfrutando uma tarde feliz, repleta das bênçãos de Cristo o nosso Salvador.

 

OS ANJOS TRAZENDO A REVELAÇÃO DOS SETE SELOS”.