MENSAGENS




Obedecendo a Voz do Enviado de Deus em cada tempo

Data: 15/05/2016 Tempo: 01:17:05





 

OBEDECENDO A VOZ DO ENVIADO

EM CADA TEMPO

 

 

William Soto Santiago

Domingo, 15 de maio de 2016

Cayey - Porto Rico

 

Bom dia aos amáveis amigos e irmãos aqui presentes, aos Ministros e as suas congregações que estão em diferentes nações, e também ao Missionário Dr. Miguel Bermúdez Marín, lá em Barcelona, Venezuela, lá na congregação que o Rev. Jesus Barroyeta pastoreia. Uma saudação também para o Rev. Jesus Barroyeta e a congregação lá em Barcelona.

 

Felicitações a José Benjamim Pérez, a William Pérez, a Félix Caro e a todos os que estão aniversariando nesta semana. Felicidades! Que Deus lhes abençoe e lhes dê muitos anos de vida, para estarem presentes no cumprimento da Visão da Tenda.

 

Nestes dias partiu o nosso irmão Milton Santa-cruz Balcazar de Santa Cruz na Bolívia. Recebam as minhas condolências a sua esposa Rosário Montoya, os seus filhos, e também a sua mãe Esther Balcazar Santa-cruz e os demais familiares. Reitero-lhes as minhas condolências.

 

Para esta ocasião leiamos em Êxodo capítulo 23, versículos 20 ao 23, e diz:

 

“Eis que eu envio um anjo diante de ti, para que te guarde pelo caminho, e te leve ao lugar que te tenho preparado.

21  Guarda-te diante dele, e ouve a sua voz, e não o provoques à ira; porque não perdoará a vossa rebeldia; porque o meu nome está nele.

22  Mas se diligentemente ouvires a sua voz, e fizeres tudo o que eu disser, então serei inimigo dos teus inimigos, e adversário dos teus adversários.

23  Porque o meu anjo irá adiante de ti, e te levará aos amorreus, e aos heteus, e aos perizeus, e aos cananeus, heveus e jebuseus; e eu os destruirei”.

 

Que Deus abençoe nossas almas com a Sua Palavra e nos permita entendê-la.

 

O nosso tema para esta ocasião é: “OBEDECENDO A VOZ DO ENVIADO EM CADA TEMPO”.

 

É importante saber como Deus fala a Seu povo em cada Dispensação e em cada Era correspondente a cada Dispensação, porque toda pessoa deseja ouvir a Voz de Deus e, para isso, se requer conhecer como é que Deus fala a pessoa no tempo em que lhe corresponda viver.

 

Em Zacarias no capítulo 7, versículos 11 e 12, nos diz:

 

Eles, porém, não quiseram escutar, e deram-me o ombro rebelde, e ensurdeceram os seus ouvidos, para que não ouvissem.

12  Sim, fizeram os seus corações como pedra de diamante, para que não ouvissem a lei, nem as palavras que o SENHOR dos Exércitos enviara pelo seu Espírito por intermédio dos primeiros Profetas; daí veio a grande ira do SENHOR dos Exércitos”.

 

Aqui nos mostra a forma em que Deus fala. Ele fala por meio do Seu Espírito, através dos Seus Profetas que Ele envia de Era em Era e de  Dispensação em  Dispensação. É importante saber isto para poder localizar a Voz de Deus no tempo em que corresponde a cada pessoa viver nesta Terra.

 

Também em Amós no capítulo 3, versículo 7, diz:

 

Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os Profetas”.

 

É Deus por meio do Seu Espírito através dos Seus Profetas falando a Seu povo, a Seu povo que está no Pacto correspondente a esse tempo e, por conseguinte, na Dispensação e na Era correspondente em que lhe corresponda viver.

 

Podemos ver que Deus fala por meio do Seu Espírito, ou seja, por meio do Anjo do Pacto, que é o Espírito Santo, que é a imagem do Deus vivente, que é o corpo angelical de Deus, o qual aparece numa Coluna de Fogo em diferentes ocasiões, e em outras ocasiões, aparece como um Anjo, como um homem de outra dimensão.

 

Encontramos que esse Anjo do Pacto, Anjo do Senhor ou Anjo de Deus é o corpo angelical de Deus e, por conseguinte, é a imagem do Deus vivente. Em palavras mais claras é Cristo no Seu corpo angelical, a imagem de Deus. O Apóstolo Paulo também falou disto em Hebreus no capítulo 1, versículos 1 ao 3, onde disse:

 

HAVENDO Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos Profetas”.

 

Como Deus falou? Por meio dos Profetas, porque os Profetas são o corpo físico de carne, através dos quais, Deus está velado com o Seu corpo angelical, nesse corpo de carne chamado “Profeta” de Era em Era e de Dispensação em Dispensação, para falar a Seu povo o que corresponde para cada Era e para cada Dispensação.

 

A nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho,

2  A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo”.

 

E nos dias de Jesus, Deus falou por meio do Seu Filho Jesus, o véu de carne onde Deus estava em toda a Sua plenitude, onde Deus estava em Alma e Espírito, onde o Pai estava e onde estava o Anjo do Pacto, o Espírito Santo velado no véu de carne chamado “Jesus”.

 

Por isso, Jesus dizia: “O Pai que mora em mim, Ele faz as obras”. [São João 14:10].  Por isso é Emanuel, “Deus conosco”.  Foi por meio de Cristo, do Anjo do Pacto, do Espírito Santo que Deus criou o universo completo. Foi criado por meio Dele e para Ele.

 

O Espírito Santo, que é o Anjo do Pacto, o corpo angelical de Deus é a imagem de Deus e o corpo de carne chamado “Jesus”, o qual já está glorificado, é a semelhança física de Deus, através da qual Deus Se manifestou a dois mil anos atrás na terra de Israel. Foi Deus feito carne como São Paulo falou na Primeira a Timóteo no capítulo 3, versículo 16: “Grande é o mistério da piedade: Deus foi manifestado em carne”.

 

O tempo da Vinda de Cristo a dois mil anos atrás é onde Deus foi visto na forma de um homem chamado “Jesus”. Deus glorificou a Jesus Cristo e, por isso, está sentado à direita de Deus, no Trono de Deus no Céu, por conseguinte, todo poder foi dado a Cristo no Céu e na Terra, como Ele disse em São Mateus no capítulo 28, versículos 16 ao 20: “Todo poder me é dado no Céu e na Terra”.

 

Continuemos lendo aqui na Carta aos  Hebreus no capítulo 1, versículo 3:

 

3  O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas”.

 

Deus por meio de Cristo no Seu corpo angelical criou os Céus e a Terra. Cristo no Seu corpo angelical é o Espírito Santo, o Anjo do Pacto, pois, foi prometido que o Anjo do Pacto viria a Israel. Portanto, vejam aqui no capítulo 3 de Malaquias, que diz:

 

EIS que eu envio o meu Mensageiro, que preparará o caminho diante de mim (esse foi João o Batista, precursando e preparando o caminho ao Messias na Sua primeira Vinda); e de repente virá ao seu templo o Senhor, a quem vós buscais; e o Anjo do Pacto, a quem vós desejais, eis que ele vem, diz o SENHOR dos Exércitos”.

 

Quem viria? Deus, o Anjo do Pacto, ou seja, Deus no Seu corpo angelical, por isso, no Antigo Testamento Jacó disse: “Vi a Deus cara a cara e minha alma foi salva”. Gênesis no capítulo 32, versículos 24 ao 32. E isto foi quando Jacó lutou com o Anjo do Senhor, e não o soltou até que o Anjo o abençoou mudando o seu nome de “Jacó” para “Israel”. E aí Jacó obteve a vitória. Como também Deus mudou o nome de Abrão lhe acrescentando uma letra, para ser mudado de Abrão para Abraão e o de Sarai para Sara, para que o filho prometido pudesse vir.

 

Isto de mudanças de nome da parte de Deus está de acordo à Palavra de Deus para o povo. Também encontramos que Deus prometeu escrever o Seu Nome sobre o vencedor, isto também é bíblico e está no Livro do Apocalipse.

 

E Jesus também quando subiu ao Céu vitorioso recebeu um Nome Novo e, por isso, no Apocalipse capítulo 19, nos versículos 11 ao 16 aparece com um Nome que ninguém conhece, senão Ele mesmo. Diz:

 

“E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça (esse é Cristo).

12  E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo”.

 

Não é o nome “Jesus”, porque o nome “Jesus” todos os cristãos o conhecem, e também as pessoas que não são crentes quando leem a Bíblia ou quando leem a história de Israel. Este Nome Novo do Senhor é um dos grandes segredos da Bíblia.

 

E estava vestido de uma veste salpicada de sangue; e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus. (O Verbo, a Palavra).

14  E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro.

15  E da sua boca saía uma aguda espada (a Espada é a Palavra), para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro (ou seja, as governará com vara de ferro); e ele mesmo é quem pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso.

16  E no manto e na sua coxa tem escrito este nome: Rei dos reis, e Senhor dos senhores”.

 

Ou seja, quem vem nesse cavalo branco é Cristo na Sua Segunda Vinda, vem como Rei de reis e Senhor de senhores e vem com um Nome que ninguém entende, senão Ele mesmo.

 

Também no capítulo 2 do Apocalipse, versículo 17, nos diz que Ele tem um Nome Novo, e Ele mesmo o disse por meio do Seu Espírito:

 

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”…

 

Ou seja, é o Espírito Santo falando no meio da Sua Igreja, revelando estas coisas que estão aqui no Livro do Apocalipse.

 

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer darei a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito”...

 

Ou seja, que não é o nome “Jesus”, mas um Nome Novo. É o Nome Novo do Senhor para ser dado ao Vencedor.

 

E na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe”, (ou seja, quem o receber será aquele que conhecerá esse Nome).

 

E no capítulo 3 do Apocalipse, versículo 12, diz:

 

A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome.

13  Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”.

 

É Cristo por meio do Seu Espírito quem disse que tem um Nome Novo, o qual Ele escreverá sobre o Vencedor. E se Cristo disse, assim é. E sobre o Vencedor será escrito o Nome de Deus, o Nome da Cidade de Deus e o Seu Nome Novo.

 

A humanidade conhecerá Deus com o Seu Nome, com o Nome Novo do Senhor, esse Nome e com esse Nome é que Ele fará a Sua Obra de Reclamação no Último Dia.

 

Quando estivermos na Nova Jerusalém conheceremos claramente tudo relacionado a esse Nome, mesmo quando estivermos na Terceira Etapa, onde o Sétimo Selo será aberto ao público e o Sétimo Selo é a Vinda do Senhor. Nós conheceremos a Vinda do Senhor com o Seu Nome Novo, para nos dar a fé para sermos transformados e levados com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro.

 

Recordem que todos os crentes no Deus de Israel desejaram conhecer o Nome de Deus. Por exemplo, em Gênesis no capítulo 32, versículos 24 ao 30, Jacó quis conhecer o Nome de Deus, o Nome do Anjo do Pacto e quando Jacó lutou com o Anjo de Deus, diz assim:

 

Jacó, porém, ficou só; e lutou com ele um homem, até que a alva subiu.

25  E vendo este que não prevalecia contra ele, tocou a juntura de sua coxa, e se deslocou a juntura da coxa de Jacó, lutando com ele.

26  E disse: Deixa-me ir, porque já a alva subiu. Porém ele disse: Não te deixarei ir, se não me abençoares.

27  E disse-lhe: Qual é o teu nome? E ele disse: Jacó.

28  Então disse: Não te chamarás mais Jacó, mas Israel; pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste”.

 

Assim, vejam que houve uma mudança de nome para o Vencedor. E na promessa do Apocalipse no capítulo 3, versículo 12, diz:

 

A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome.

13  Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”.

 

A mudança de nome aqui é para o Vencedor. E continuemos lendo no versículo 29, diz:

 

29  E Jacó lhe perguntou, e disse: Dá-me, peço-te, a saber o teu nome. E disse: Por que perguntas pelo meu nome? E abençoou-o ali.

30  E chamou Jacó o nome daquele lugar Peniel, porque dizia: Tenho visto a Deus face a face, e a minha alma foi salva”.

 

Disse que viu a Deus cara a cara, quis saber o Nome do Anjo, mas o Nome do Anjo não lhe foi revelado.

 

Em Juízes no capítulo 13 desde o versículo 15 em diante, quando Manoá se encontrou com o Anjo de Deus, isso foi quando Ele prometeu a Manoá e a sua esposa que eles teriam um filho e que lhe poriam o nome “Sansão”:

 

Então Manoá disse ao anjo do SENHOR: Ora deixa que te detenhamos, e te preparemos um cabrito”.

 

Recordem que Manoá conhecia a Bíblia e sabia que numa ocasião três Anjos: Elohim (ou Deus) e os Seus Arcanjos Gabriel e Miguel visitaram a Abraão o pai da Fé e Abraão lhes preparou uma vitela que comeram e também lhes preparou pães, bolos, lhes deu manteiga também e Eles comeram com Abraão.

 

Ali estava oferecendo uma comida, mas vejam o que o Anjo disse a Manoá desde o versículo 16 em diante, deste capítulo 13 de Juízes:

 

“16  Porém o anjo do SENHOR disse a Manoá: Ainda que me detenhas, não comerei de teu pão; e se fizeres holocausto o oferecerás ao SENHOR. Porque não sabia Manoá que era o anjo do SENHOR.

17  E disse Manoá ao anjo do SENHOR: Qual é o teu nome, para que, quando se cumprir a tua palavra, te honremos?

18  E o anjo do SENHOR lhe disse: Por que perguntas assim pelo meu nome, visto que é maravilhoso?

19  Então Manoá tomou um cabrito e uma oferta de alimentos, e os ofereceu sobre uma penha ao SENHOR: e houve-se o anjo maravilhosamente, observando-o Manoá e sua mulher.

20  E sucedeu que, subindo a chama do altar para o céu, o anjo do SENHOR subiu na chama do altar; o que vendo Manoá e sua mulher, caíram em terra sobre seus rostos.

21  E nunca mais o anjo do SENHOR apareceu a Manoá, nem a sua mulher; então compreendeu Manoá que era o anjo do SENHOR.

22  E disse Manoá à sua mulher: Certamente morreremos, porquanto temos visto a Deus.

23  Porém sua mulher lhe disse: Se o SENHOR nos quisesse matar, não aceitaria da nossa mão o holocausto e a oferta de alimentos, nem nos mostraria tudo isto, nem nos deixaria ouvir tais coisas neste tempo.

24  Depois esta mulher teve um filho, a quem pôs o nome de Sansão; e o menino cresceu, e o SENHOR o abençoou.

25  E o Espírito do SENHOR começou a incitá-lo de quando em quando para o campo de Maané-Dã, entre Zorá e Estaol.

 

Aqui podemos ver que Manoá e a sua esposa não souberam que Esse era o Anjo do Senhor. E o que significa ser o Anjo do Senhor? Que é o corpo teofânico, o corpo angelical de Deus, no qual Deus está. Em palavras mais claras: é a imagem de Deus.

 

Recordem que Deus criou ao ser humano à Sua imagem e semelhança, nos diz no capítulo 1 do Gênesis, versículos 26 ao 28.

 

A imagem é o espírito ou corpo espiritual, porque um espírito é um corpo espiritual de outra dimensão e a semelhança é o corpo físico que todas as pessoas têm. E quando Deus Se manifesta na semelhança física, aparece como um homem no meio do povo que está sob o Pacto vigente para esse tempo.

 

Encontramos também que o Anjo de Deus apareceu a outras pessoas. Temos no capítulo 6 do Livro dos Juízes, versículo 11, o caso em que apareceu a um dos Juízes de Israel. Sansão também se tornou um dos Juízes de Israel e Deus reinava sobre Israel através dos Juízes. Isto foi quando apareceu a Gideão, no capítulo 6, do versículo 11 em diante, e diz:

 

“Então o anjo do SENHOR veio, e assentou-se debaixo do carvalho que está em Ofra, que pertencia a Joás, abiezrita; e Gideão, seu filho, estava malhando o trigo no lagar, para salvá-lo dos midianitas.

12  Então o anjo do SENHOR lhe apareceu, e lhe disse: O SENHOR é contigo, homem valoroso.

13  Mas Gideão lhe respondeu: Ai, Senhor meu, se o SENHOR é conosco, por que tudo isto nos sobreveio? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o SENHOR subir do Egito? Porém agora o SENHOR nos desamparou, e nos deu nas mãos dos midianitas.

14 Então o SENHOR olhou para ele” ...

 

Observem como disse que o Anjo do Senhor, vejam bem como disse que o Anjo do Senhor apareceu a Gideão, falou com Gideão, porém, notem mais profundamente quem foi que apareceu para Gideão:

 

Então o SENHOR olhou para ele e disse”...

 

Ali estava identificando quem é que estava dentro do corpo do Anjo do Senhor, porque o Anjo é o corpo angelical ou teofânico, a imagem de Deus, porém, é Deus quem está dentro desse corpo angelical.

 

Por isso, no capítulo 3 do Êxodo, quando apareceu a Moisés, a Bíblia também diz que o Anjo do Senhor apareceu a Moisés numa sarça. E logo depois, diz que Senhor falou a Moisés e lhe disse que tinha descido para libertar a Israel.

 

Assim, vejam como em algumas ocasiões diz que o Anjo lhe falou, e outras vezes diz que Senhor lhe falou. É porque Deus fala por meio do Seu corpo angelical e quando se faz carne, fala por meio do Seu corpo angelical através do corpo de carne. Assim como você e eu somos almas viventes, porém, nós falamos por meio do nosso corpo espiritual, que é o nosso espírito, e através do corpo de carne falamos com as demais pessoas.

 

Segue dizendo no versículo 14:

 

14  Então o SENHOR olhou para ele, e disse: Vai nesta tua força, e livrarás a Israel das mãos dos midianitas; porventura não te enviei eu?

15  E ele lhe disse: Ai, Senhor meu, com que livrarei a Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manasses, e eu o menor na casa de meu pai.

16  E o SENHOR lhe disse”...

 

Vejam como diz aqui: “O Senhor lhe disse”... Não diz: “O Anjo lhe disse”, mas “o Senhor lhe disse”, porque Deus estava falando através do Seu Anjo, do Anjo do Pacto, do corpo angelical de Deus, que é a imagem do Deus vivente.

 

Por isso, a Escritura diz em São João capítulo 1, versículo 18: “Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou”.

 

Ou seja, por meio do Anjo do Pacto, que é Cristo no Seu corpo angelical, é que Deus Se velou e Se revelou a Seu povo e foi por meio do Seu corpo angelical, do Anjo do Pacto, do Verbo que Deus criou os Céus e a Terra:  Todas as coisas foram feitas por Ele, e sem Ele nada do que foi feito, se fez”.

 

16  E o SENHOR lhe disse: Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás aos midianitas como se fossem um só homem.

17  E ele disse: Se agora tenho achado graça aos teus olhos, dá-me um sinal de que és tu que falas comigo.

18  Rogo-te que daqui não te apartes, até que eu volte e traga o meu presente, e o ponha perante ti. E disse: Eu esperarei até que voltes.

19  E entrou Gideão e preparou um cabrito e pães ázimos de um efa de farinha; a carne pôs num cesto e o caldo pôs numa panela; e trouxe-lhe até debaixo do carvalho, e lhe ofereceu.

20  Porém o anjo de Deus lhe disse: Toma a carne e os pães ázimos, e põe-nos sobre esta penha e derrama-lhe o caldo. E assim fez.

21  E o anjo do SENHOR estendeu a ponta do cajado, que estava na sua mão, e tocou a carne e os pães ázimos; então subiu o fogo da penha, e consumiu a carne e os pães ázimos; e o anjo do SENHOR desapareceu de seus olhos.

22  Então viu Gideão que era o anjo do SENHOR e disse: Ah, Senhor DEUS, pois vi o anjo do SENHOR face a face.

23  Porém o SENHOR lhe disse: Paz seja contigo; não temas; não morrerás”.

 

Assim, vejam como Deus Se manifestava através do Anjo, do Seu corpo angelical, do corpo teofânico que é o Espírito Santo. Recordemos o que Cristo disse em São Mateus no capítulo 28, versículos 16 ao 20: “Eu estarei convosco todos os dias, até o fim do mundo”. E o que também disse em São Mateus 18, versículo 20: “Onde dois ou três estiverem reunidos em meu Nome, aí eu estarei”.

 

E como esteve? Em Espírito Santo. É o Anjo do Pacto, Cristo no Seu corpo angelical e esteve produzindo o novo nascimento em milhões de pessoas que receberam Cristo como único e suficiente Salvador.

 

Aqui nós vimos que o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor é Cristo em Espírito Santo no Seu corpo angelical no meio da Sua Igreja, assim como esteve no meio do povo hebreu e Se velou, ou seja, esteve dentro dos Profetas e esteve falando a Israel através dos Profetas. Ainda não havia criado para Si o corpo físico, o qual mais adiante foi criado no ventre da virgem Maria.

 

Vemos que Jesus Cristo é o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor no Seu corpo angelical e no corpo físico também. O corpo físico é a semelhança física de Deus e o corpo angelical é a imagem do Deus vivente.

 

Por isso, Deus criou os Céus e a Terra através de Cristo que é o herdeiro de toda a Criação. E os crentes em Cristo são co-herdeiros com Cristo, são parte de Cristo, eles veem de Cristo, o Anjo do Pacto e, por isso, o próprio Cristo disse que na ressurreição serão como os Anjos, que nem se casam e nem se dão em casamento.

 

Assim Manoá, também Gideão, como Jacó e também Abraão e os demais Profetas escutaram a Voz de Deus e foram instrumentos de Deus, para Deus falar por meio deles, eles comunicaram ao povo do Pacto o que Deus dizia para eles, eles falaram ungidos pelo Espírito Santo, ou seja, o Espírito Santo neles falando ao povo.

 

O véu de carne sempre foi o motivo de tropeço das pessoas. Até na Vinda do Anjo do Pacto no Seu corpo físico chamado “Jesus”, tropeçaram, sendo Cristo a Pedra de Ângulo, a Pedra que seria de tropeço para o povo Hebreu.

 

Portanto, é importante conhecer a forma de Deus atuar e de falar a Seu povo, para a pessoa não tropeçar no tempo em que viva, porque Deus sempre Se velou num véu de carne, para falar através desse instrumento o que tenha de dizer a Seu povo em cada tempo. Tão simples assim.

 

Numa ocasião também o próprio Cristo disse que não falava nem fazia nada de Si mesmo, mas como Ele via ao Pai atuar, assim atuava. Ou seja, assim como você e eu que somos almas viventes atuamos por meio do nosso espírito, por meio do nosso espírito atuamos através do corpo físico.

 

Quando a pessoa morre, a alma e o espírito saem da pessoa e o corpo físico fica sem vida, porque a vida no corpo físico é o espírito e a alma.

 

E temos de compreender que todos nós precisamos conhecer o Deus de Abraão, de Isaque e de Israel, ouvir a Sua Voz, porque é aí onde está a bênção de Deus: escutando a Sua Voz e obedecendo a Sua Voz. Ele nos disse que o Seu Nome está no Anjo.

 

E quando Ele veio em carne humana, o Nome para a Redenção estava no véu de carne no qual Deus estava velado e revelado em toda a Sua plenitude no cumprimento da Sua Primeira Vinda. E como está prometido para o cumprimento da Sua Segunda Vinda, Ele terá e virá com o Seu Nome Novo.

 

É um mistério, é um dos maiores mistérios da Bíblia, porque isso será na manifestação, no cumprimento do Sétimo Selo que será a Segunda Vinda de Cristo.

 

Haverá um povo obedecendo a Voz do Enviado neste tempo, como houve um povo escutando a Voz do Enviado, do Anjo do Pacto no Mensageiro correspondente a cada tempo. Porque para falar ao povo de Deus por meio do Anjo do Pacto, por meio do Seu Espírito, Ele sempre usou um véu de carne.

 

Isso está mostrado em Zacarias no capítulo 7, versículos 11 e 12, o que já lemos a alguns momentos.

 

É importante sabermos a forma de Deus atuar, a forma de Deus Se revelar e de falar a Seu povo do Pacto que está vigente neste tempo.

 

Eles, porém, não quiseram escutar, (o que eles não quiseram ouvir era a voz de Deus por meio dos Profetas que Ele enviava), Eles, porém, não quiseram escutar e deram-me o ombro rebelde, e ensurdeceram os seus ouvidos, para que não ouvissem.

12  Sim, fizeram os seus corações como pedra de diamante, para que não ouvissem a lei, nem as palavras que o SENHOR dos Exércitos enviara pelo seu Espírito por intermédio dos primeiros Profetas; daí veio a grande ira do SENHOR dos Exércitos”.

 

Veio a grande ira da parte de Deus sobre aqueles que não escutaram a Voz de Deus, a Voz do Anjo do Pacto falando através dos Profetas.

 

Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os Profetas”. (Amós capítulo 3, versículo 7).

E, depois, por meio deles o Espírito Santo falou ao povo tudo o que o povo devia saber nesse tempo. E Deus espera que o povo obedeça a Sua Voz falada através do Espírito Santo por meio dos Seus Profetas. Tão simples assim.

 

Sempre que Deus vai falar ao povo, terá um véu de carne através do qual Se velará, ou seja, entrará nele, Se velará nele, e através desse véu de carne Se revelará ao povo. Assim foi através de cada Mensageiro da Igreja gentia de Era em Era. Assim foi através de São Paulo e dos demais Mensageiros até chegar ao Rev. William Branham.

 

E assim será neste tempo final na Era de Pedra Angular. Como Deus atuou no passado, atua também no presente. No presente é Deus falando de forma consecutiva, ou seja, falando sem paradas. E isso é Cristo, o Anjo Forte que desce do Céu, clamando como um leão quando ruge e sete trovões emitindo as suas vozes.

 

Essa é a Voz do Anjo Forte, de Cristo, o Anjo do Pacto falando consecutivamente à Sua Igreja numa etapa, numa Era da Igreja, na Era de Pedra Angular no Último Dia, revelando o que a Igreja necessita para obter a fé para ser transformada e levada com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro.

 

Portanto, estaremos escutando a Sua Voz neste tempo final, obedecendo a Sua Voz, trabalhando no Programa de Deus correspondente a este tempo final e recebendo a fé para sermos transformados e levados com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro. Ou seja, há uma bênção muito grande para a Igreja do Senhor Jesus Cristo para este tempo final.

 

Assim a Sua Igreja-noiva estará obedecendo a Voz do Enviado do Último Dia, assim como a Igreja-noiva do Senhor Jesus Cristo de Era em Era esteve obedecendo a Voz do Enviado em cada tempo, em cada Era. “OBEDECENDO A VOZ DO ENVIADO EM CADA TEMPO (em cada Era).

 

Como foi no passado, assim é para este tempo final. É importante estarmos atentos à Voz de Deus e conhecermos o Enviado de Deus através de quem Ele estará falando neste tempo final. Assim como no tempo de São Paulo tinham de estar atentos para entenderem que São Paulo era o Enviado de Deus através do qual Deus estava falando com os gentios e colocando-os dentro do Reino de Deus.

 

Assim foi de Era em Era e assim é para este tempo final até que todos nós cheguemos a conhecer o mistério do Sétimo Selo, ou seja, da Segunda Vinda de Cristo à Sua Igreja, o qual Cristo nos dará a conhecer por meio da Sua Voz nos falando neste tempo final, o que será a Voz de Cristo falando consecutivamente, mostrado em Sete Trovões. E os Sete Trovões é a Voz de Cristo falando consecutivamente e revelando todo o mistério correspondente a este tempo final, todo o mistério da Segunda Vinda de Cristo e o Seu Programa correspondente a este tempo final.

 

Portanto, estejamos obedecendo a Voz do Enviado do Último Dia, como foi de Era em Era em que o povo esteve obedecendo a Voz do Enviado em cada Era.

 

Se houver alguma pessoa que ainda não recebeu Cristo como seu Salvador, pode fazer isso nestes momentos e estaremos orando por você, para que Cristo lhe receba no Seu Reino, lhe perdoe e lhe limpe de todo pecado com Seu Sangue, você seja batizado na água no Seu Nome, Cristo lhe batize com o Espírito Santo e Fogo, e produza o novo nascimento em você.

 

Para o qual você pode passar até aqui na frente, para que fique incluído na oração que estaremos fazendo por todos os que estarão recebendo Cristo como único e suficiente Salvador.

 

Os que estão em outras nações e em outras congregações também podem receber Cristo como Salvador, para o qual podem chegar aí na frente para que fiquem incluídos na oração que estaremos fazendo por todos os que estarão recebendo Cristo como único e suficiente Salvador.

 

E as crianças de dez anos em diante também podem vir aos Pés de Cristo para que Cristo lhes receba no Seu Reino. Cristo disse: “Deixai os meninos, e não os estorveis de vir a mim; porque dos tais é o reino dos céus”. [São Mateus 19:14].

 

Deus cumprirá a Sua promessa correspondente a este tempo final, a Sua Igreja será completada neste tempo final, na Era de Pedra Angular, e receberá a fé para ser transformada e levada com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro.

 

Vamos ficar em pé para orarmos pelas pessoas que estão chegando aos Pés de Cristo o nosso Salvador.

 

Com nossos rostos inclinados e nossos olhos fechados:

 

Pai Nosso que estás nos Céus, venho a Ti no Nome do Senhor Jesus Cristo com todas estas pessoas que estão recebendo Cristo como único e suficiente Salvador.

 

Rogo-Te que as recebas no Teu Reino, que as batize com o Espírito Santo logo após serem batizadas na água no Nome do Senhor Jesus Cristo, e que produzas o novo nascimento nelas. Eu Te rogo no Nome do Senhor Jesus Cristo. Amém.

 

E, agora, repitam comigo esta oração que estaremos fazendo por todos os que estão recebendo Cristo como único e suficiente Salvador:

 

Senhor Jesus Cristo, eu venho a Ti com todas estas pessoas que estão recebendo-O como único e suficiente Salvador. Receba-as no Teu Reino. Perdoe seus pecados e limpe-as de todo pecado com o Teu Sangue, batiza-as com o Espírito Santo e Fogo logo após serem batizadas na água no Teu Nome. Eu Te rogo no Nome do Senhor Jesus Cristo, no Teu Nome Eterno e Glorioso.

 

E agora repitam comigo esta oração:

 

Senhor Jesus Cristo eu escutei a pregação do Teu Evangelho e a Tua fé nasceu no meu coração. Creio em Ti com toda a minha alma, creio na Tua Primeira Vinda, creio no Teu Nome como o único nome debaixo do Céu no qual podemos ser salvos, e creio na Tua morte na Cruz do Calvário como o Sacrifício da Expiação pelos nossos pecados.

 

Reconheço que sou pecador e necessito um Salvador, um Redentor. Dou testemunho público da minha fé em Ti, da Tua fé em mim, e Te recebo como meu único e suficiente Salvador.

 

Rogo-Te que perdoes meus pecados, que me limpes de todo pecado com o Teu Sangue, que me batizes com o Espírito Santo e Fogo e produzas o novo nascimento em mim.

 

Eu quero nascer no Teu Reino, quero viver eternamente Contigo no Teu Reino. Senhor, que faças a salvação e a vida eterna Contigo no Teu Reino uma realidade em mim. Eu Te rogo no Teu Nome Eterno e glorioso: Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

 

Agora, vocês que vieram aos Pés de Cristo me perguntarão: “Quando podem me batizar”?

 

Porquanto vocês creram de todo coração e Cristo disse:

 

Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado, será salvo; mas quem não crer, será condenado”. [São Marcos 16:15-16]

 

Porquanto vocês creram de todo coração, podem ser batizados, que Cristo lhes batize com o Espírito Santo e Fogo, e produza o novo nascimento em vocês.

 

O batismo na água não tira os pecados, a água não tem poder para tirar os pecados, é o Sangue de Cristo o que nos limpa de todo pecado. Mas o batismo na água é um mandamento do Senhor Jesus Cristo, o qual os crentes estiveram cumprindo desde o dia de Pentecostes, eles estiveram sendo batizados e, depois, Cristo lhes batizou com o Espírito Santo e Fogo, e produziu o novo nascimento neles.

 

Portanto, no batismo na água a pessoa se identifica com Cristo em Sua morte, sepultamento e ressurreição. Quando a pessoa recebe Cristo como Salvador, morre para o mundo; quando o Ministro a submerge nas águas batismais, simbolicamente está sendo sepultada; e quando a levanta das águas batismais, está ressuscitando para uma nova vida: à vida eterna com Cristo no Seu Reino eterno. Tão simples assim é o batismo na água no Nome do Senhor Jesus Cristo, essa é a simbologia do batismo na água no Nome do Senhor Jesus Cristo.

 

Encontramos que, quando os Apóstolos pregavam, as pessoas que criam e recebiam Cristo eram batizadas o mais rápido possível. E o eunuco disse a Felipe: “Aqui tem água, o que impede que eu seja batizado?” E desceram do carro em que iam, entraram nas águas batismais onde o eunuco foi batizado e, depois, o Espírito arrebatou Felipe que apareceu em outro lugar. [Atos 8:26-40]

 

Portanto, conscientes de que o batismo na água é um mandamento do Senhor, todos vocês aqui que estão recebendo Cristo como Salvador, vocês que estão em outras nações podem ser batizados e que Cristo lhes batize com o Espírito Santo e Fogo, e produza o novo nascimento em vocês no Nome do Senhor Jesus Cristo. Amém.

 

E continuaremos nos vendo eternamente no Reino de Cristo o nosso Salvador.

 

No próximo domingo estarei com vocês e também na sexta-feira, na sexta-feira e no domingo. E estaremos falando sobre um tema que tem haver com a música, com a Sinfonia de Deus, porém, na sexta-feira teremos a introdução e veremos o que há sob esse tema.

 

Para mim foi um privilégio e grande bênção estar com vocês nesta ocasião, lhes dando testemunho do nosso tema, do nosso estudo bíblico: “OBEDECENDO A VOZ DO ENVIADO EM CADA TEMPO”. Porque essa é a Voz de Deus por meio do Anjo do Pacto no Mensageiro de cada tempo, através do qual fala à Sua Igreja de Era em Era, e nessa forma de etapa em etapa chama e junta aos escolhidos de cada Era.

 

Que Deus lhes abençoe e lhes guarde, orem muito pela atividade da sexta-feira e a de domingo. Esperamos grandes bênçãos da parte de Deus.

 

Recordem que a fé para o rapto, a revelação para o rapto virá por meio da revelação, do ensinamento da Palavra do Senhor e girará em torno da Segunda Vinda de Cristo, como o Leão da Tribo de Judá, como Rei de reis e Senhor de senhores com o Seu Nome Novo, na Obra de Reclamação.

 

Estou-lhes adiantando algo com relação à revelação, à fé para sermos transformados e levados com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro.

 

Em torno dessa Palavra, dessa revelação é que nós recebemos a fé, a revelação para nossa transformação. Em torno dessa Palavra revelada é que se materializará o corpo novo que nós receberemos. Tão simples assim.

 

Isso será a nossa transformação e para os que morreram será a ressurreição em corpos eternos. Isso será a glorificação dos crentes em Cristo, que receberão o corpo eterno, imortal, incorruptível e glorificado, semelhante ao corpo glorificado que Jesus Cristo o nosso Salvador tem e um corpo jovem para toda a eternidade.

 

Uma pequena introdução para a sexta-feira. E na sexta-feira teremos a introdução para o próximo domingo, com a ajuda de Deus.

 

Que Deus lhes abençoe, lhes guarde, e que continuem desfrutando uma tarde feliz e repleta das bênçãos de Cristo o nosso Salvador.

 

Deixo com vocês aqui o Rev. José Benjamim Pérez, e em cada país deixo ao Ministro correspondente para continuar.

 

Deus lhes abençoe, lhes guarde, e que continuem desfrutando uma tarde feliz e repleta das bênçãos de Cristo o nosso Salvador.

 

OBEDECENDO A VOZ DO ENVIADO EM CADA TEMPO”.