MENSAGENS





Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/cderc813/public_html/mensagens/index.php on line 54

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/cderc813/public_html/mensagens/index.php on line 121

Discernindo as Coisas Espirituais

Data: 15/01/2016 Tempo: 01:00:35





 

DISCERNINDO AS COISAS ESPIRITUAIS

 

William Soto Santiago

Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2016

Cali - Colômbia

 

Bom dia Ministros, Companheiros no Corpo Místico de Cristo o nosso Salvador. Para mim é um privilégio e grande bênção estar com vocês nesta ocasião, para compartilharmos alguns momentos de companheirismo em torno da Palavra de Deus e Seu Programa correspondente a este tempo final.

 

Para o qual leiamos na Primeira aos Coríntios capítulo 2, comecemos no versículo 1, para que tenhamos o quadro claro. Diz:

 

E EU, irmãos, quando fui ter convosco, anunciando-vos o testemunho de Deus, não fui com sublimidade de palavras ou de sabedoria.

2  Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e a este crucificado.

3  E eu estive convosco em fraqueza, e em temor, e em grande tremor.

4  A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder;

5  Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus.

6  Todavia falamos sabedoria entre os perfeitos; não, porém, a sabedoria deste mundo, nem dos príncipes deste mundo, que se aniquilam;

7  Mas falamos a sabedoria de Deus, oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória;

8  A qual nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor da glória.

9  Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam.

10  Mas Deus nos as revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.

11  Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus.

12  Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus”.

 

Que Deus abençoe nossas almas com a Sua Palavra e nos permita entendê-la. O nosso tema para esta ocasião é:

 

DISCERNINDO AS COISAS ESPIRITUAIS”.

 

As coisas espirituais são discernidas pelo Espírito de Deus que mora em Sua Igreja e na alma de cada crente, para conhecer as coisas de Deus por meio da Sabedoria de Deus que é revelada pelo Espírito Santo de Era em Era.

 

Vejamos na Primeira de João capítulo 2, versículo 27, o que nos diz:

 

“E a unção que vós recebestes dele permanece em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permaneceis”.

 

E como o Espírito Santo ensinou por meio dessa unção do Espírito Santo à Sua Igreja? Foi o Espírito Santo operando nos Apóstolos do Senhor Jesus Cristo, e de Era em Era em cada Mensageiro de cada Era, aos quais veio o Espírito Santo com a revelação para cada etapa de Sua Igreja.

 

E o Espírito Santo que está na pessoa lhe abre o entendimento e as Escrituras para compreender e quem é de Deus, ouve a Voz de Deus e segue a Cristo: “Minhas ovelhas ouvem minha Voz, e me seguem, e eu as conheço, e eu lhes dou vida eterna”. [São João 10:27]. Ou seja, as coisas de Deus são discernidas por meio do Espírito de Deus na vida da Igreja e na vida de cada crente em Cristo.

 

Isso que diz aqui que o Espírito nos ensinaria: “A unção nos ensinaria todas as coisas” é o mesmo que Cristo falou em São João capítulos 14, 15 e 16. E no capítulo 14, versículo 26, diz:

 

Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar tudo quanto vos tenho dito”.

 

Aqui Cristo estabeleceu quem é que ensinará aos crentes Nele, quem ensinará a Sua Igreja. É o Espírito Santo, o qual é o próprio Cristo em Espírito Santo, o qual disse: “Eu estarei convosco todos os dias até o fim do mundo”. São Mateus capítulo 28, versículo 20. Em São Mateus capítulo 18, versículo 20, também disse: “Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, aí eu estarei”.

 

Ou seja, embora Ele já não estivesse com o Seu corpo físico, o qual de Era em Era estaria no Trono celestial fazendo intercessão com Seu Sangue por cada crente, o Espírito Santo que é o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor ou o Anjo de Deus, o corpo Angelical de Deus estaria no meio de Sua Igreja de Era em Era nos ensinando todas as coisas, enviando um despertamento espiritual, um avivamento enviando o Seu Espírito e colocando na Terra o instrumento que Ele usará o Mensageiro para esse tempo, revelar-Se, chamá-lo ao Evangelho, ao Corpo Místico de Cristo, e aí ungi-lo no tempo correspondente, adotá-lo como o Mensageiro para essa Era ou essa etapa da Igreja, ao qual vem a revelação, a revelação de Deus vem como raio para o momento e aí ele começa uma nova etapa como Mensageiro do Senhor para essa Era.

 

Ele recebe a Palavra correspondente para essa Era, ele a digere, a fala e começa a produzir o avivamento para esse tempo, começa a produzir o fruto para esse tempo: os escolhidos dessa etapa da Igreja que são chamados e tudo isso ocorre na Sabedoria Divina.

 

E o Mensageiro com o discernimento espiritual trabalha no Programa de Deus e se une a Ele os Ministros com discernimento espiritual que captam a revelação divina para o tempo em que estão vivendo, chegam a obter o conhecimento da Era que lhes corresponde e o trabalho que têm de fazer junto ao Mensageiro de sua Era, os quais estarão dirigidos pelo Espírito Santo atuando através do Mensageiro da Era. E assim a Obra do Cristo vivente em Espírito Santo se realiza nessa Era, e onde? No Corpo Místico de Cristo que é a Casa de Deus, que é o Templo de Deus, a coluna e firmeza da verdade e que é o povo do Novo Pacto coberto com o Sangue de Cristo o nosso Salvador.

 

Estas coisas são discernidas pelo Espírito, ou seja, são discernidas espiritualmente pelo Mensageiro e pelos que Deus coloca a seu lado, os quais estão predestinados desde antes da fundação do mundo para esse trabalho junto ao Mensageiro.

 

Portanto, não será coisa estranha que Ministros se unam ao Mensageiro de cada Era, as pessoas que Deus lhes dá um ministério, pessoas que se levantam junto ao Mensageiro e começam a trabalhar e de momento se encontram ministrando a Palavra do Senhor correspondente a esse tempo.

 

É a Obra de Cristo em Espírito Santo, a Obra do Anjo do Pacto, a obra do que apareceu a Moisés na sarça que ardia em fogo e não se consumia, é a Obra da Coluna de Fogo no meio do Israel espiritual, do Israel Celestial que está composto pelos judeus e pelos gentios, um povo que é chamado para o Nome do Senhor e pelo Nome do Senhor. Portanto, esse é o povo que é ensinado pelo Espírito Santo, pela Unção Divina. Ele prometeu e disse que “Ele vos ensinará todas as coisas e vos recordará de tudo o que eu tenho dito”.

 

Por isso se prega o Evangelho de Cristo e é a recordado pelo Espírito Santo atuando por meio de cada Mensageiro de cada Era, que traz a Palavra do Evangelho lembrando a Primeira Vinda de Cristo e a Sua Obra de Redenção na Cruz do Calvário, chamando a humanidade, ao povo, às gentes para receberem a salvação e vida eterna aceitando Cristo como único e suficiente Salvador, para que Cristo lhes dê a vida eterna.

 

Vejamos também no capítulo 15, versículos 26-27, onde diz:

 

Mas, quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele Espírito de verdade, que procede do Pai, ele testificará de mim.

27  E vós também testificareis, pois estivestes comigo desde o princípio”.

 

Ou seja, o testemunho que o Espírito Santo dá é o mesmo testemunho que depois também dá a Igreja do Senhor Jesus Cristo, os crentes em Cristo. O mesmo Evangelho, a mesma revelação que o Espírito Santo traz é a que dá a conhecer a Igreja do Senhor Jesus Cristo: é a mesma Mensagem.

 

“Quem tem ouvidos, ouça o que o espírito diz às Igrejas”. Isso é repetido para cada etapa ou Era da Igreja: “E o Espírito e a Esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem”. [Apocalipse 22:17].

 

Veem? O Espírito e a Esposa dizem o mesmo, dizem: “Vem”. “E quem ouve, diga: Vem. E quem tenha sede, venha e tome da água da vida gratuitamente”. Veem? Dando a oportunidade às pessoas de receberem a vida eterna tomando da Água da Vida, tomando do Espírito Santo ao receberem Cristo como Salvador, serem batizados na água, Cristo batizá-las com o Espírito Santo e Fogo e a receberem a Água do Espírito Santo.

 

“Isto disse do Espírito que receberiam os que creriam Nele”. Quando disse: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba”. “Isto disse do Espírito que receberiam os que creriam nele; pois o Espírito Santo ainda não tinha vindo, porque Jesus ainda não tinha sido glorificado”. São João capítulo 7, versículos 37-39.

 

Também no capítulo 16 de São João, versículos 12-13, diz:

 

“Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora.

13  Mas, quando vier aquele, o Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir”.

 

Ou seja, trará a profecia das coisas que hão de acontecer, que hão de vir. Disse que virá e desde o dia de Pentecostes o Espírito Santo veio para guiar a Sua Igreja a toda a verdade. Diz: “Não falará por sua própria conta, mas falará tudo o que ouvir”. O Espírito Santo, o Anjo do Pacto, o corpo Angelical de Deus falará o que Deus lhe diga que fale.

 

É como você e eu e qualquer pessoa: seu corpo fala, mas vejam que não é seu corpo. O corpo é um instrumento através do qual a alma da pessoa fala, porque a pessoa é alma vivente, e tem espírito (um corpo Angelical) para comunicar-se com as coisas espirituais, e tem um corpo físico para comunicar-se com as coisas terrenas.

 

Quando a pessoa parte desta Terra, se você pergunta ao corpo e lhe fala não lhe responde. Veem? Porque não é o corpo que fala, é a pessoa que fala enquanto está no corpo físico. Por isso, da alma, do coração é que sai o pensamento do coração expressado por meio do espírito e do corpo.

 

Assim também a Palavra de Deus vem por meio do Seu Espírito, do Anjo do Pacto, do corpo Angelical e passa ao corpo físico dos Profetas, dos Juízes, de Moisés, de Josué, de Samuel, do Profeta Elias, Isaías, Jeremias, Ezequiel, mas quem é que está falando aí? Deus. E como? Por meio do Seu Espírito, porque o espírito é o que recebe a Palavra, a revelação, para passá-la ao povo, mas para passá-la ao povo, olhem o mecanismo aqui em Zacarias no capítulo 7, versículos 11 e 12, e diz:

 

Eles, porém, não quiseram escutar, e deram-me o ombro rebelde, e ensurdeceram os seus ouvidos, para que não ouvissem.

12  Sim, fizeram os seus corações como pedra de diamante, para que não ouvissem a lei, nem as palavras que o SENHOR dos Exércitos enviara pelo seu Espírito por intermédio dos primeiros profetas; daí veio a grande ira do SENHOR dos Exércitos”.

 

Como vinham as palavras de Deus? Enviadas por meio do Seu Espírito e através de quem? Dos Profetas. Porque tem de ter um véu de carne através do qual comunicar a Sua Palavra ao ser humano e tem de ter um corpo também na dimensão espiritual para passar essa Palavra. Esse corpo é o Anjo do Pacto, o corpo Angelical de Deus, ao qual vem a Palavra de Deus e por meio da qual toda a Criação foi criada, todo o universo foi criado.

 

São Paulo disse: “As coisas que se veem foram feitas das que não se viam” no capítulo 11, versículos 1-3, da Carta aos Hebreus. E no capítulo 1, versículos 1-3, ele também disse: “Por Ele foram feitas todas as coisas”.

 

Portanto, o que São João disse também no capítulo 1, versículos 1-20: que no princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus, era Deus velado em Seu corpo Angelical, era Deus velado nessa forma Divina, Se manifestava através de uma Coluna de Fogo, e em outras ocasiões através de uma forma humana, porque não tem limitações. Faz os Seus Anjos, os Seus Ministros chama de fogo.

 

De modo que, quando se via Anjos no Monte Sinai, se via fogo no Monte Sinai. Uns viam o fogo, Moisés via Anjos. Ou seja, como Moisés tinha as duas consciências juntas ele podia ver onde outros não podiam ver. É como Jesus quando disse: “Pai, glorifica o Teu Filho”. A Voz do Céu disse: “Já o glorifiquei, e o glorificarei outra vez”. (São João 12:28). Ou seja, que O glorificou em Sua Primeira Vinda e O glorificará em Sua Segunda Vinda.

 

Estamos vivendo num tempo muito importante, onde Deus nos dará uma grande bênção. Temos a promessa como Israel teve a promessa para a Primeira Vinda de Cristo, a Primeira Vinda do Messias, que foi a vinda de um Filho que nasceria através de uma virgem, conforme a Isaías, capítulo 7, versículo 14: “Porque uma virgem conceberá, e dará a luz um filho, e chamará seu nome Emanuel”. Que traduzido é o que? Deus conosco. Isso está em Isaías, capítulo 7, versículo 14; e também em São Mateus, quando o Anjo falou a José.

 

E vemos depois que a virgem foi Maria que representa também ao povo hebreu naquele tempo, e Maria no Novo Pacto representa à Igreja do Senhor Jesus Cristo. A Igreja do Senhor Jesus Cristo é a Maria atualizada, a que está esperando a Segunda Vinda de Cristo; para e com a ressurreição dos mortos em Cristo em corpos glorificados, e a transformação dos crentes em Cristo que estarão vivos nesse tempo e nessa etapa da Igreja, na Era de Pedra Angular. Será aí nessa etapa onde ocorrerá a ressurreição dos mortos em Cristo e a transformação dos crentes em Cristo que estarão vivos. E como sabemos que será nessa Era? Porque não foi nas Eras passadas e, por eliminação, qualquer um sabe.

 

“DISCERNINDO AS COISAS ESPIRITUAIS”.

 

Nós discernimos que a Eva espiritual é a Igreja do Senhor Jesus Cristo e também que a Maria daquele tempo tipifica a Igreja do Senhor Jesus Cristo. Milhões de filhos e filhas de Deus estiveram nascendo na Igreja do Senhor Jesus Cristo no Reino de Cristo, no Reino do Filho de Deus. Assim como da Eva física nasceram bilhões de seres humanos, e também encontramos que do segundo Adão e da segunda Eva agora nasceria a Igreja do Senhor Jesus Cristo e cada membro da família de Deus nasceria na Igreja do Senhor Jesus Cristo por meio do novo nascimento.

 

É um nascimento espiritual, é um nascimento no Reino dos Céus ou no Reino de Deus. É um nascimento aonde a pessoa recebe o Espírito do Céu, havia recebido o espírito do mundo quando nasceu na Terra, mas agora tem de nascer de novo para receber o Espírito do Céu, o Espírito de Deus.

 

E assim como a pessoa ao nascer recebe o corpo físico, logo mais adiante também os crentes em Cristo receberão o corpo físico glorificado, corpo celestial igual ao corpo glorificado de Cristo o nosso Salvador: o corpo que você e eu tínhamos de receber de Adão e Eva se eles não pecassem. Mas não há problema algum para Deus: o Programa de Redenção é para nos retornar à vida eterna, de onde a nossa alma saiu.

 

Portanto, quem é de Deus, ouve a Voz de Deus. “Minhas ovelhas ouvem minha Voz, e me seguem, e eu as conheço, e eu lhes dou vida eterna; e jamais perecerão. Meu Pai que me as deu é maior que todos, e ninguém as pode arrebatar da mão do meu Pai. Eu e o Pai somos um”.

 

Cristo em Seu corpo espiritual ou Angelical ou Teofânico é a imagem de Deus. E Cristo em Seu corpo físico é a semelhança física de Deus, por isso, Ele podia dizer: “Eu e o Pai somos um, quem me viu, viu o Pai”. Mas ao verem a Jesus Cristo estavam vendo o Pai em forma humana.

 

Assim, vejamos o que o Rev. William Branham nos disse aqui na página 135, parágrafo 1199 do Livro “Citações” em espanhol:

 

Naquele dia o Filho do Homem será revelado. O que? Para juntar a Igreja à Cabeça”.

 

Para que é a manifestação do Filho do Homem no tempo final? Para juntar a Igreja à Cabeça: à Cristo a Cabeça e, por conseguinte, também à Era que é a cabeça, a Era de Pedra Angular.

 

“Unir o matrimônio da Noiva. A chamada do Noivo virá bem por isso, quando o Filho do Homem descerá e virá em carne humana para unir aos dois juntos (Virá como? Em carne humana). A Igreja tem de ser a Palavra. Ele é a Palavra e os dois se unem juntos. E para fazer isso, tomará a manifestação do revelar do Filho do Homem”.

 

A manifestação do Filho do Homem para o Último Dia para a união de Cristo com a Sua Igreja e essa manifestação do Filho do Homem tem duas partes muito importantes para serem realizadas: Uma já se cumpriu, e a outra será cumprida neste tempo no qual nós vivemos que corresponde a Era de Pedra Angular.

 

Na página 22, parágrafo 183 do Livro “Citações”, disse:

 

O Filho do Homem agora está sendo revelado desde o Céu. Irmano Branham virá depois de um tempo? É agora e eu desejo não fazer isto tão pessoal nesta reunião, espero que seu espírito dentro de você que é dado Por Deus, possa ler o que estou falando (ou seja, que possa discernir). O Filho do Homem já veio da Sua glória e está Se revelando a si mesmo à Sua Igreja em Sua misericórdia por alguns quantos anos passados, lhes ensinando a Sua grande presença, fazendo as mesmas coisas que fez quando Ele esteve aqui na Terra, revelando-Se a Si mesmo como Ele o fez a Abraão antes da destruição. Ele agora veio em misericórdia revelando-Se a Si mesmo à Igreja, e riram e zombaram. A próxima vez que Ele revele-Se a Si mesmo, será no juízo do mundo e das nações que se e squeceram de Deus e pecaram em sua maneira de graça, melhor dizendo, no Seu dia de Graça”.

 

Ou seja, tem duas manifestações e uma delas já se cumpriu no Rev. William Branham, no quarto Elias. A próxima ocasião e para a próxima ocasião a promessa é de que o Filho do Homem virá com os Seus Anjos e, isso, nos aponta para essa segunda manifestação do Filho do Homem com Seus Anjos para realizar a colheita do trigo que está prometida, e lançar o joio no fogo.

 

Essa é a parábola do trigo e do joio de São Mateus capítulo 13, versículos 30-43. E também no capítulo 13, versículos 47-50, a da pesca onde os pescadores lançam a rede e a levam para a margem, recolhem os bons em cestas e os maus jogam fora. Diz: “Assim será no fim do mundo, os anjos sairão”...

 

Veem? Os Anjos são as Duas Oliveiras, Moisés e Elias, para a obra da colheita na parábola do trigo e do joio, e para o trabalho da pesca ao recolher o bom, e jogar fora o mau. Ou seja, o Filho do Homem vem com os Seus Anjos e, isso é o que nos diz em São Mateus capítulo 24, versículos 30 e 31.

 

Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.

31  E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus”.

 

E aí está o mistério da Vinda do Senhor para o Último Dia, aí está o mistério do Sétimo Selo para os crentes em Cristo, aos quais será revelado o mistério da Segunda Vinda de Cristo, o mistério do Sétimo Selo.

 

Nas páginas 458 e 459 do Livro “Os Selos” do Rev. William Branham, disse que esses Anjos são Moisés e Elias, são as Duas Oliveiras: o quinto Elias e o segundo ou terceiro Moisés (digo terceiro Moisés se contarmos a Cristo como o segundo Moisés).

 

E o Filho do Homem Se manifestará com Seus Anjos, esses dois ministérios estarão novamente sobre a Terra. E vamos ler algo aqui, mas sem explicação na página 164, parágrafo 1465, disse:

 

O Filho do Homem será revelado em um corpo de carne. Vocês gente da Igreja, exatamente como foi antes dos dias de Sodoma, a um grupo chamado fora que estava crendo na promessa de Deus”.

 

E na página 165, parágrafo 1471, disse:

 

Esse não foi Elias, esse foi o Espírito de Deus sobre Elias, Elias foi somente um homem. Agora, tivemos os Elias, os casacos de Elias e os mantos de Elias, tudo dos Elias. Mas o Elias deste dia é o Senhor Jesus Cristo. Ele terá de vir segundo São Lucas 17:30. Disse que o Filho do Homem tem de revelar-Se entre à Sua gente. Não um homem, Deus! Mas virá em um Profeta. Ele nunca teve dois Profetas maiores ao mesmo tempo”.

 

Isto é algo que os crentes em Cristo terão de discernir no Último Dia, compreendê-lo sem que lhes dê muita explicação, para proteger o Programa Divino. O Sétimo Selo não foi aberto ao público para evitar as imitações. Sempre houve imitações, surgiram pessoas, mas não poderão fazer uma imitação tão perfeita se não conhecem o mistério.

 

Portanto, é importante discernirmos estas promessas, estas Escrituras e tudo o que o Rev. William Branham nos falou da Vinda do Filho do Homem, porque a Vinda do Filho do Homem, o Filho do Homem virá e Se manifestará como o relâmpago que sai do Oriente e Se mostra, Se manifesta, Se revela no Ocidente. O Oriente é o Oriente Médio lá em Israel onde foi a Sua Primeira Vinda, onde o Filho do Homem esteve manifestado e revelado em carne humana.

 

Recordem que o título de Filho de Homem é título de Profeta. Quando se menciona Filho do Homem, está mencionando a um Profeta no qual Deus está Se manifestando, onde Deus ungiu esse instrumento para uma manifestação plena de Deus.

 

Como Filho do Homem é que Ele é o herdeiro do mundo inteiro, como Filho do Homem é que Ele Se manifestará no Último Dia para fazer a reclamação de tudo o que corresponde ao Reino terreno e que Ele redimiu com o Seu Sangue precioso. Portanto, Ele estará reinando sobre o planeta Terra como Filho de Davi e como Filho do Homem: como Filho de Davi sobre Israel e como Filho do Homem sobre o mundo inteiro. Tão simples assim.

 

Por isso, o que Israel está esperando é um homem e nestes dias já viram que Israel está preocupado e não somente Israel, mas a Rússia também. Portanto, essa inquietação está em todas as nações, sobretudo, na Igreja do Senhor Jesus Cristo, que é a que tem a promessa da Vinda do Filho do Homem com os Seus Anjos e como lhes disse não vamos explicar o mistério a Vinda do Filho do Homem com Seus Anjos, porque aí está o mistério do Sétimo Selo.

 

Mas a promessa é que os Trovões revelarão esse mistério conforme ao Apocalipse 10, revelarão o mistério do Apocalipse 8, o mistério do Sétimo Selo e, isso, corresponde à Terceira Etapa que será numa Grande Tenda Catedral.

 

Assim, as pessoas mais interessadas no cumprimento dessa Visão são as que estarão na Era de Pedra Angular, pois não se cumpriu em outras Eras, porque ela não era para as outras Eras. É para a nossa Era e aí a Igreja estará trabalhando no labor da realização dessa Visão dessa Grande Tenda Catedral.

 

O Rev. William Branham tratou de cumprir essa Visão e lhe foi impossível, tratou de ir a Israel e quando chegou a Cairo no Egito, daí o mandaram retornar. Ele cria que isso seria o quarto Elias, mas depois lhe foi mostrado que esse não era o tempo e que tinha de ser de acordo ao Apocalipse 11, o que corresponde as Duas Oliveiras: Moisés e Elias. Elias na sua quinta manifestação e Moisés na sua terceira manifestação (se considerarmos a manifestação do ministério de Moisés em Jesus). Os três (Moisés) e os cinco (Elias), mas o mesmo Espírito: o Espírito de Deus manifestado em carne humana em um Profeta.

 

Podemos ver que a manifestação em carne humana sempre foi em um Profeta. Isso é o que está prometido para a Igreja do Senhor Jesus Cristo para o Último Dia: a Vinda do Filho do Homem com os Seus Anjos, do qual não podemos explicar muito, mas nós temos de discernir estas coisas espirituais, captá-las por meio do Espírito de Deus, por meio da revelação divina que vem à nossa Era por meio do Espírito Santo, para todos os crentes em Cristo. Não buscando a revelação própria de cada um, senão a revelação que o Espírito Santo dá por meio do Mensageiro em cada Era. Essa é a revelação de Deus para a Sua Igreja em cada Era.

 

Para a nossa Era, aí está toda a revelação de Deus por meio do Seu Espírito de acordo ao Programa que Ele sempre tem: usando um instrumento e não tem outra forma: “Porque o Senhor não fará coisa alguma sem que antes revele os Seus segredos a Seus servos Seus Profetas”. (Amós capítulo 3, versículo 7).

 

Portanto, tenhamos o discernimento das coisas espirituais que correspondem ao nosso tempo. Sem termos esse conhecimento, nós não estaremos preparados para a bênção tão grande que Deus tem para todos os crentes em Cristo.

 

É importante termos essa fé, essa revelação, para sermos transformados, raptados e levados com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro em Carros de Fogo, que são Discos Voadores. Tão simples assim.

 

Como Elias foi levado? Num Carro de Fogo, como Eliseu os viu protegendo-o, protegendo a sua casa e o seu terreno. Os Carros de Fogo ou os Discos Voadores não é uma coisa do século vinte nem do século vinte e um, mas é algo que já está na Bíblia desde o Gênesis até o Apocalipse e são os Carros de Deus. Disse que os Carros de Deus são contados por milhares.

 

Portanto, estejamos preparados. O Rev. William Branham disse: “Um Carro de Fogo descerá na casa do Pastor”. Ele explicou e assim por diante: os Carros de Fogo são esses Carros Celestiais, os Anjos de Deus que estão na Terra antes do ser humano ser criado; antes mesmo de Adão estar na Terra e tampouco é uma coisa nova.

 

É importante discernirmos estas coisas pelo Espírito de Deus. Quando Deus deu a Lei lá no Sinai, a Escritura diz que deu a Lei por intermédio de Anjos, por comissão de Anjos, em Hebreus no capítulo 2. E no Livro dos Atos capítulo 7, nos diz que a Lei foi dada por comissão de Anjos. Mas o que o povo via era o monte em fogo, mas ali estavam os Anjos de Deus, os Anjos de Fogo.

 

Portanto, temos de discernir as coisas espirituais e, sobretudo, as que correspondem ao nosso tempo, para estarmos preparados para a nossa transformação e arrebatamento ao Céu, o que está muito próximo.

 

O maior sinal será o cumprimento da Visão da Tenda, o sinal físico que o Cristianismo verá será o cumprimento da Visão da Tenda, assim como o sinal maior do tempo de Noé e da destruição do mundo antediluviano era a Arca sendo construída por um Profeta Dispensacional.

 

Recordem que o sinal maior sempre é um Profeta e o que ele estará fazendo sempre será um sinal para a humanidade. Podemos ver nas Escrituras que Deus enviava algum Profeta e lhe dizia: “Faça isto (como sinal)”. Veem? E perguntavam ao Profeta: “O que significa isto?” O Profeta dizia: “Isso significa tal e tal coisa”. O sinal maior será sempre um Profeta e se é numa Dispensação o sinal é maior.

 

Portanto, o sinal maior será a Vinda do Filho do Homem com os Seus Anjos, o sinal maior será o Sétimo Selo sendo cumprido e a parte física: a Visão da Tenda sendo cumprida, onde o Anjo do Pacto, a Coluna de Fogo estará realizando a obra que está prometida e que foi mostrada ao Rev. William Branham.

 

Ou seja, aí será a parte culminante do Programa Divino, para o qual nós fomos escolhidos para estarmos nesse Programa Divino. Não foi você que escolheu, Deus foi quem escolheu você desde antes da fundação do mundo para ser parte desse Programa Divino na Casa de Deus, que é a Igreja do Senhor Jesus Cristo.

 

“DISCERNINDO AS COISAS ESPIRITUAIS”.

 

Vimos e discernimos todas essas coisas das quais falamos. Sabermos onde estamos e em que Era estamos, isso vem pelo discernimento do Espírito Santo. Sabermos o que é a fé para sermos transformados e raptados, sabermos o que é a Vinda do Filho do Homem com Seus Anjos, sabermos o mistério das Duas Oliveiras, tudo isso é discernido pelo Espírito Santo. Coisas que antes não eram compreendidas, agora são fáceis de serem compreendidas pelos crentes em Cristo nessa etapa da Igreja de ouro, na Era de Pedra Angular.

 

Fora dessa Era é impossível compreender, é impossível discernir, porque o Espírito subiu voou à etapa de Pedra Angular, porque o Reino de Deus vai subindo dos pés até a cabeça: à Pedra Angular e o reino dos gentios veio descendo da cabeça do reino Babilônico, desceu depois ao peito e braços de prata, que é o reino Medo-persa, desceu ao ventre e as coxas de bronze que é o reino da Grécia com o Alexandre o Grande, desceu às pernas de ferro que é o reino Romano, o império Romano, e desceu aos pés de ferro e de barro de lodo que segue sendo o império Romano com tudo o que se uniu ao império Romano.

 

E, agora, o reino dos gentios se encontra nos pés de ferro e de barro de lodo, na etapa para a qual está assinalada a destruição dos pés de ferro e de barro de lodo, a destruição do reino dos gentios ou o império dos gentios ou o reino deste mundo que será tirado. O reino deste mundo será tirado, o reino do maligno será tirado, e será estabelecido na Terra o Reino do Messias, o Reino de Deus com Jerusalém como capital e com o Reino de Davi e o Trono de Davi sendo restaurados com o Messias-Príncipe assentado sobre o Trono de Davi.

 

E todas as nações estarão sob o governo desse Rei, desse Príncipe, todos os países estarão sob o governo do Messias-Príncipe e a paz se estenderá sobre todas as nações, aí será aonde virá a paz verdadeira e permanente para toda a humanidade. Por isso, é tão importante a promessa da Vinda do Messias, a Vinda do Messias para estabelecer o Reino de Deus na Terra. Estas coisas são discernidas espiritualmente pelo Espírito de Deus na pessoa.

 

Para mim foi um grande privilégio estar com vocês nesta ocasião. Já pela noite nos veremos novamente para continuarmos praticando e o tema que teremos na noite será: “EU ESTOU CONVOSCO TODOS OS DIAS ATÉ O FIM DO MUNDO”.

 

Veremos a trajetória de Cristo em Sua Igreja até este tempo final. Isso será à noite com a ajuda de Deus, amanhã sábado estaremos em Bogotá na reunião de Ministros. Onde estaremos? Onde, no Martín, já todos sabem onde é. E no domingo pela manhã estaremos no Colégio Carmen Teresiano, onde estivemos em outras ocasiões. Ali eles são muito amáveis conosco e nós os apreciamos muito.

 

Bom, deixo com conosco aqui o Missionário Miguel Bermúdez Marín para que continue, finalize a nossa parte nesta ocasião e estaremos à noite novamente com vocês.

 

Aprecio muito a presença de todos vocês aqui. Eu pensava que não voltaria à Colômbia t breve, mas não foi assim. Assim é uma bênção pra mim estar com vocês aqui em Cali, Colômbia, compartilhando com vocês estas bênçãos da parte de Deus: a Palavra de Deus para o nosso tempo.

 

Que Deus lhes abençoe e lhes guarde, e conosco o Missionário Miguel Bermúdez Marín e como sempre ele espera a sobremesa, mas já pode vir por aqui. Que Deus te abençoe, Miguel, e te use grandemente em Sua Obra neste tempo final. O nosso irmão Bermúdez, como todos nós sabemos é um Apóstolo do Senhor Jesus Cristo e dos grandes.

 

Eu agradeço a Deus que o colocou ao meu lado para trabalhar com todos vocês na Obra do Senhor correspondente a este tempo final, que é o tempo mais importante: o tempo de Ouro, a Era de Pedra Angular, a Era do Lugar Santíssimo do Templo Espiritual de Cristo, da Igreja do Senhor Jesus Cristo, onde terão de aparecer os ministérios do Filho do Homem com os Seus Anjos. Era lá no Lugar Santíssimo onde estavam os Dois Querubins de Ouro e os Dois Querubins de Madeira de Oliveira cobertos de ouro.

 

Aí temos (essa já é a sobremesa Miguel): temos a presença de Deus no meio dos Dois Querubins de Ouro, aí temos ao Senhor, a Moisés e Elias, aquilo lá representava o tempo final na Igreja do Senhor Jesus Cristo. Já vimos que estamos num tempo muito, mas que muito avançado.

 

Bom, que Deus lhes abençoe e guarde a todos.

 

“DISCERNINDO AS COISAS ESPIRITUAIS”.