MENSAGENS





Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/cderc813/public_html/mensagens/index.php on line 54

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/cderc813/public_html/mensagens/index.php on line 121

A Família da Fé

Data: 14/02/2016 Tempo: 00:44:04





 

 

A FAMÍLIA DA FÉ

 

William Soto Santiago

Domingo, 14 de Fevereiro de 2016

Cayey - Porto Rico

 

Boa tarde amados irmãos e amigos presentes, aos Ministros e Congregações, irmãos e irmãs que estão em diferentes lugares e países como também ao Missionário Miguel Bermúdez Marín. Que as bênçãos de Cristo o nosso Salvador estejam com todos vocês, que lhes abençoe e lhes use grandemente em Sua Obra neste tempo final, no Nome do Senhor Jesus Cristo. E que nos abra o entendimento e as Escrituras para compreendê-las, no Nome do Senhor Jesus Cristo. Amém.

Para esta ocasião leiamos em Gálatas no capítulo 6, versículo 10 e em Efésios no capítulo 2, versículo 19. No capítulo 6 de Gálatas, versículo 10, diz:

“Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos da família da fé”.

Em Efésios, capítulo 2, versículo 19, diz:

“Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e membros da família de Deus”.

E em Filipenses, capítulo 3, versículos 20 e 21, nos diz:

“Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,

21  Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas”.

Deus abençoe as nossas almas com a Sua Palavra e nos permita entendê-la.

O nosso tema para esta ocasião é: “A FAMÍLIA DA FÉ”.

A família da fé, a família da fé em Cristo e da fé de Cristo é a Família de Deus, os filhos e filhas de Deus que formam a Igreja do Senhor Jesus Cristo, os quais já não são estrangeiros nem forasteiros no Reino de Deus, mas concidadãos dos Santos e membros da Família de Deus. Essas pessoas são os crentes em Cristo nascidos de novo que formam a Igreja do Senhor Jesus Cristo e, por conseguinte, esses são os filhos de Deus por meio do segundo Adão.

Os seres humanos vieram a este mundo por meio do primeiro Adão sem vida eterna e com muitos problemas de saúde, porque Adão perdeu a vida eterna física ao pecar e, por isso, teve de morrer aos novecentos e trinta anos. Não chegou aos mil anos, porque mil anos é um dia diante de Deus, portanto, no milênio em que ele pecou nesse milênio, nesse Dia diante de Deus morreu fisicamente e perdeu a vida eterna.

Foi vida eterna que Adão perdeu e o Título de Propriedade retornou à mão direita de Deus, para ser reclamado pelo Messias-Príncipe, por Cristo no Céu no Último Dia e trazê-lo a Terra para restaurar todos os filhos e filhas de Deus, a Família da fé e restaurá-los fisicamente à vida eterna, para o qual produzirá a ressurreição dos mortos crentes em Cristo em corpos glorificados, jovens, eternos semelhante a Seu corpo glorificado como nos diz em Filipenses capítulo 3, versículos 20 e 21, o que é importante lermos para termos o quadro claro do que estamos esperando da parte de Deus.

“Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,

21  Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas”.

Porquanto a cidadania dos crentes em Cristo nascidos de novo, como crentes em Cristo é cidadania celestial, portanto, a nossa cidadania do novo homem, como crentes em Cristo nascidos de novo e formarmos a Igreja do Senhor Jesus Cristo, essa cidadania é celestial, porque o novo nascimento não é terreno.

Os nossos pais terrenos não puderam nos dar o nascimento no Reino de Deus, mas Cristo o segundo Adão nos dá esse nascimento no Reino de Deus, do qual falou a Nicodemos quando lhe disse: “De certo, de certo te digo: quem não nasça de novo, não pode ver o Reino de Deus”. Nicodemos lhe perguntou: “Como pode fazer-se isto?” Cristo lhe disse: “De certo, de certo te digo: quem não nasça da Água e do Espírito, não pode entrar no Reino de Deus”. (São João, capítulo 3, versículos 1-6).

O mais importante para um ser humano na Terra é nascer de novo, nascer no Reino de Deus, no Reino de Cristo, aonde obtém a vida eterna e, por conseguinte, se morrer irá ao Paraíso e na Vinda de Cristo será ressuscitado em corpo glorificado, mas se ficar vivo na Terra até esse momento, a promessa é de que seremos transformados ante a Trombeta Final, ou seja, ante a Mensagem Final de Deus, a Mensagem que corresponde a este tempo final para a oitava geração da Igreja do Senhor Jesus Cristo.

Nós tivemos diferentes gerações da Igreja. Por exemplo, entre os gentios a geração que começou foi a geração de São Paulo, geração “paulina” ou “paulista”, logo veio outra geração com outro Mensageiro, outra Era, outra etapa da Igreja, a segunda etapa; logo veio a terceira etapa com outro Mensageiro. E nessa manifestação de Cristo em Espírito Santo através do Mensageiro de cada Era, trouxe os filhos e filhas que foram chamados e ajuntados por meio da Palavra criadora, nos quais Deus produziu o novo nascimento e se tornaram parte da Família da fé, da Família de Deus, dos crentes em Cristo na Era e na geração em que lhes correspondeu viver.

Assim foi para a terceira, para a quarta, para a quinta e para a sétima geração ou Era da Igreja, onde correspondeu a Era Pentecostal e seu Mensageiro foi o Rev. William Branham. Houve uma quinta geração também que foi a geração Luterana; logo uma sexta geração que foi a geração Wesleyana; e depois a sétima Era ou geração foi a Era Pentecostal; e logo depois vem a Era ou a geração da Era de Pedra Angular, onde Deus terá Seus filhos e filhas, aos quais, na Sua Segunda Vinda Ele virá no meio dos que estiverem vivos nesse tempo. Ele virá com os que já partiram os quais trará do Paraíso para ressuscitá-los em corpos glorificados e quando os virmos ressuscitados, então nós seremos transformados. Tão simples assim.

Quando a Igreja-noiva reconheça a sua posição, a sua posição, onde? No Corpo Místico de Cristo, na Era em que lhe corresponde neste tempo final. Quando a Igreja reconheça a sua posição, então virá o rapto, virá a ressurreição, a transformação dos vivos e o arrebatamento ou o rapto da Igreja do Senhor Jesus Cristo.

Em qual geração ou em qual Era a Igreja do Senhor Jesus Cristo estará para a Segunda Vinda de Cristo? Na oitava geração, na geração da Era de Pedra Angular, na Era de Ouro da Igreja, na Era para a Vinda da Pedra Angular que é a Vinda de Cristo, para o qual tem de haver uma Era de Pedra Angular.

Essa será a geração que receberá Cristo em Sua Segunda Vinda, na qual serão transformados e levados com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro e tudo isso ocorrerá na Família de Deus, na Casa de Deus que é a Igreja do Senhor Jesus Cristo.

A Igreja do Senhor Jesus Cristo é a Casa de morada de Deus como Corpo Místico de crentes, onde estão os crentes em Cristo que também são Templos Espirituais onde o Espírito de Cristo mora em carne humana. Aí será onde se cumprirá a Vinda de Cristo no Último Dia.

Quando os judeus virem a Cristo, o Anjo Forte que desce do Céu vindo por Sua Igreja no capítulo 10 do Apocalipse versículos 1-11, eles dirão: “Este é o que nós estamos esperando”, mas Ele vem por Sua Igreja, por Sua Família, por Seus filhos na oitava geração.

Assim como Israel teve sete Eras da Igreja hebraica sob a Lei, depois João o Batista apareceu na sétima etapa como o precursor da Primeira Vinda de Cristo e veio a Era de Pedra Angular, porque a Pedra Angular que é o Cristo veio ao povo hebreu na Sua Vinda e a Pedra que os edificadores desprezaram veio na oitava etapa, oitava Era ou geração da Igreja hebraica sob a Lei.

E, agora, estamos paralelos ao tempo da Primeira Vinda de Cristo esperando a Segunda Vinda de Cristo para sermos transformados e levados com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro. Estamos no tempo mais importante de todos os tempos, para o qual, assim como houve uma Mensagem para o tempo da Era de Pedra Angular lá do tempo de Jesus, o qual veio preparando o povo para receber as bênçãos que Deus tinha para aquele tempo, preparando o povo e preparando todo o Sacrifício que Ele faria, preparando o povo para receber o Espírito Santo e obter o novo nascimento, e para este tempo também a preparação será para recebermos a bênção da transformação, e obtermos o corpo eterno, imortal, incorruptível e glorificado, que será a dupla porção, a adoção dos filhos e filhas de Deus.

A primeira porção é receber o Espírito Santo e obter a transformação espiritual, obter o novo nascimento, depois a segunda porção será obtermos a nossa transformação, e obter assim o corpo novo, eterno, imortal, incorruptível e glorificado, igual ao corpo glorificado de nosso amado Senhor Jesus Cristo. Tão simples assim é o que estará acontecendo neste tempo final.

Para o qual estamos na Casa de Deus que é a Igreja do Senhor Jesus Cristo, o Templo Espiritual de Cristo onde Cristo mora desde o dia de Pentecostes até hoje. Essa é a Casa de Deus, a Igreja do Senhor Jesus Cristo, todos os filhos e filhas de Deus que são os filhos da fé e os crentes em Cristo como indivíduos são Casa de Deus também e formam a Igreja a Casa de Deus como Corpo Místico de crentes.

Os membros da Família da fé são os crentes em Cristo que formam a Igreja do Senhor Jesus Cristo e, por conseguinte, são membros da Família de Deus, por isso, são filhos e filhas e, por essa razão chamamos a Deus: “Pai Nosso que estás nos Céus”.

Somente um filho chama de “Pai” àquele que o gerou e, porquanto, Deus por meio de Cristo nos gerou como filhos e filhas de Deus ao produzir o novo nascimento pelo Seu Espírito, agora, na oitava geração, nós estamos esperando a adoção como filhos e filhas de Deus que será a redenção do corpo, a transformação do nosso corpo, a glorificação do nosso corpo, para assim termos um corpo imortal, um corpo com vida eterna, como era antes da queda do ser humano.

E esperamos esse momento nos preparando para a nossa transformação, para a adoção da Família da fé, da Família de Deus, dos filhos e filhas de Deus nesta oitava geração da Igreja do Senhor Jesus Cristo e, por conseguinte, na oitava geração de Cristo na Sua manifestação final.

Recordemos que de Era em Era Cristo em Espírito Santo esteve na Sua Igreja Se reproduzindo em filhos e filhas de Deus por meio do Seu Espírito manifestado na Sua Igreja de geração em geração, da Era em Era através do Mensageiro de cada Era. Essa é a Obra que esteve acontecendo na Casa de Deus, na Família de Deus, na Família da fé, na Igreja do Senhor Jesus Cristo, no Templo Espiritual de Cristo onde Cristo mora em Espírito Santo.

Numa ocasião São Paulo disse: “Não sabeis que sois templo de Deus, e que o Espírito de Deus mora em vós?” [Primeira aos Coríntios 3:16]. Assim como Cristo numa ocasião disse: “Destruam este templo e em três dias eu o levantarei”. Pensavam que falava do Templo de pedras, o Templo de pedras somente representava a Cristo e a Sua Igreja, mas Ele falava do Templo do Seu corpo físico, conforme São João, capítulo 2 [2:19].

É porque assim como Cristo os crentes em Cristo são Templos de Deus, são Templos do Espírito de Deus, por isso, Cristo dizia: “O Pai que mora em mim, Ele faz as obras”. [São João 14:10]. E assim como Deus Se esvaziou todo em Cristo, Cristo esvaziou todo o Seu poder na Sua Igreja. Portanto, a Igreja do Senhor Jesus Cristo onde o Espírito de Deus, o Espírito de Cristo está é a menina dos olhos de Deus é e está no Reino de Deus na fase espiritual.

Quem não nasça da Água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus”, mas quem nasce da Água e do Espírito entrou no Reino de Deus. E a promessa da Vinda do Filho do Homem é à Igreja do Senhor Jesus Cristo. São Mateus capítulo 16, versículos 27-28, diz:

“Porque o Filho do Homem virá na glória de seu Pai com seus anjos, e então pagará a cada um conforme a suas obras.

De certo vos digo que há alguns dos que estão aqui, que não provarão a morte até que tenham visto o Filho do Homem vindo no seu reino”.

Ou seja, que o Filho do Homem virá no Seu Reino, na Igreja do Senhor Jesus Cristo que é o Reino de Deus na fase espiritual e está no Reino de Deus na esfera espiritual, por isso, diz:

Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo,

21  Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisa”. (Filipenses, capítulo 3, versículos 20-21).

Será ante a Trombeta Final que Ele ressuscitará aos mortos crentes Nele em corpos glorificados e eternos, e transformará aos crentes Nele que estiverem vivos no tempo final, na oitava geração.

O Rev. William Branham disse: “Quando a Igreja reconheça a sua posição), então sucederá o rapto”. Ou seja, terá de estar na posição, na Era ou na geração correta, para receber a Vinda do Senhor, ser transformada e levada com Ele a  Ceia das Bodas do Cordeiro.

Ele não virá na primeira Era, pois, essa Era já passou; tampouco na segunda, na terceira, na quarta, na quinta, na sexta ou na sétima, essas Eras já passaram, mas Ele virá aos que formaram cada Era e que estão no Paraíso com os Seus Mensageiros. Ele irá lá primeiro, fará um julgamento dos Mensageiros lá na sexta dimensão e de lá os trará a Terra para lhes dar o corpo novo, eterno, imortal, incorruptível e glorificado que Ele prometeu para todos os crentes Nele. E os que permaneçamos vivos neste tempo final, na geração correspondente que é a oitava, a oitava Era, a Era de Pedra Angular receberemos a nossa transformação. Será aí a etapa na qual Ele virá para nos transformar e nos levar com Ele a Ceia das Bodas do Cordeiro.

Portanto, Ele continua chamando aos que faltam para completar a Sua Igreja e aos que já estamos nela para nos preparar para sermos transformados e levados com Ele a Ceia das Bodas do Cordeiro, porque pertencemos à Família de Deus, à Família da fé, à Família do Pai celestial que por meio de Cristo em Espírito Santo no meio da Sua Igreja esteve Se reproduzindo em filhos e filhas de Deus.

Como o grão de trigo por meio da planta de trigo se reproduz em muitos grãos de trigo Cristo Se reproduz em muitos filhos e filhas de Deus, os quais serão a imagem e semelhança de Deus e serão semelhantes a Cristo com corpos eternos, imortais e glorificados.

Portanto, estejamos preparados para esse momento tão glorioso que há de chegar, quando veremos os mortos em Cristo ressuscitados em corpos glorificados, ou seja, estaremos vendo milhares ou milhões de jovens glorificados semelhantes a Cristo e, então, nós seremos transformados e também seremos jovens para toda a eternidade.

Então a morte desaparecerá e daí em adiante não haverá morte para os crentes em Cristo que sejam transformados estando vivos, e para os que morreram e sejam ressuscitados em corpos glorificados. Porque eles são a Família da fé, a Família de Deus, os filhos e filhas de Deus que estávamos eternamente em Deus, assim como fisicamente estávamos no nosso pai terreno, mas antes disso no nosso avô, antes ainda no bisavô e assim por diante, mas aparecemos cada um na família correspondente, porém, aparecemos como crentes em Cristo na Família de Deus, na Igreja do Senhor Jesus Cristo composta por todos os crentes em Cristo.

Há grandes promessas de grandes bênçãos para a Família da fé, para os crentes em Cristo, os filhos e filhas de Deus que formam a Casa de Deus, a Igreja do Senhor Jesus Cristo onde o Espírito de Deus mora. E será para este tempo final, para a oitava geração ou Era, para a Era de Pedra Angular que as grandes bênçãos que ainda não se cumpriram serão cumpridas para mim, e para quem mais? Para cada um de vocês também, não somente para mim, são para todos os crentes em Cristo nascidos de novo que estarão na oitava etapa, oitava Era ou geração. Recordem que o número oito representa a eternidade, é a Era do Amor Divino para todos os crentes em Cristo e será aí onde nós permaneceremos até obtermos a nossa transformação.

Para isso é que Ele nos chamou neste tempo final: para nos preparar para a nossa transformação, a nossa adoção que será a adoção, a transformação, a redenção do corpo físico transformando o  nosso corpo em corpo glorificado, imortal, igual ao corpo glorificado e jovem que Cristo tem para toda a eternidade.

Essa é a meta de Deus para com cada um dos filhos de Deus, para com cada um dos membros da Família de Deus, da Casa de Deus, da Igreja do Senhor Jesus Cristo que é o Templo de Deus no Novo Testamento, onde cada crente em Cristo como indivíduo também é um Templo Espiritual onde o Espírito de Deus mora.

Portanto, se houver alguma pessoa que ainda não recebeu Cristo como Salvador pode fazer isso nestes momentos, nós estaremos orando por você para que Cristo lhe receba no Seu Reino, lhe perdoe, lhe limpe de todo pecado com Seu Sangue, você seja batizado na água no Seu Nome, Cristo lhe batize com o Espírito Santo e Fogo e produza o novo nascimento em você. Assim você nasça na Família de Deus, na Família da fé, na Casa de Deus, na Igreja do Senhor Jesus Cristo e, por conseguinte, nasça no Reino de Deus e, assim, entre no Reino de Deus com vida eterna.

Se houver alguma pessoa que ainda não recebeu Cristo, pode fazer isso nestes momentos, e estaremos orando por você que já pode chegar até aqui na frente e oraremos por você. Em cada país também vocês que ainda não receberam Cristo podem chegar até aí na frente, para recebê-Lo como seu único e suficiente Salvador, para que fiquem incluídos na oração que estaremos fazendo nesta ocasião.

Vamos dar alguns minutos enquanto passam aí na frente aqueles que ainda não receberam Cristo, para recebê-Lo aqui e em outros países. E também as crianças dos dez anos em adiante podem vir aos Pés de Cristo. Cristo disse: “Deixai aos meninos virem a mim, e não o impeças; porque dos tais é o reino dos céus”. [São Mateus 19:14]. Ou seja, que Deus também estende a oportunidade às crianças e não quer que se impeça aos meninos de virem a Ele.

Podem continuar vindo aos Pés de Cristo em todos os países, para que fiquem incluídos na oração que estaremos fazendo dentro de alguns minutos.

Vamos ficar em pé para orarmos pelas pessoas que estão chegando aos Pés de Cristo nesta ocasião. Com os nossos rostos inclinados e nossos olhos fechados:

Pai nosso que estás nos Céus, venho a Ti com todas estas pessoas que estão recebendo Cristo como único e suficiente Salvador. Eu Te rogo que as recebas no Teu Reino, no Nome do Senhor Jesus Cristo, para quem seja a glória e a honra, pelos séculos dos séculos. Amém.

E, agora, todos os que estão chegando aos Pés de Cristo nesta ocasião repitam comigo esta oração:

Senhor Jesus Cristo, escutei a pregação do Teu Evangelho e a Tua fé nasceu no meu coração, na minha alma. Creio em Ti com toda a minha alma, creio na Tua Primeira Vinda, creio no Teu Nome como o único nome debaixo do Céu, dado aos homens, em que podemos ser salvos  e creio na Tua morte na Cruz do Calvário como o Sacrifício da Expiação pelos nossos pecados.

Reconheço que sou pecador e necessito um Salvador, um Redentor. Dou testemunho público da Tua fé em mim, da minha fé em Ti, e Te recebo como meu único e suficiente Salvador. Rogo-Te que perdoe os meus pecados, que me limpes de todo pecado com Teu Sangue, que me batizes com o Espírito Santo e Fogo, e produzas o novo nascimento em mim.

Eu quero nascer de novo, quero viver eternamente Contigo no Teu Reino. Fazes da salvação que ganhaste para mim na Cruz do Calvário uma realidade em mim. Eu Te rogo no Teu Nome Eterno e glorioso: Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

Os que vieram aos Pés de Cristo me perguntarão: “Quando podem me batizar? Porque em São Marcos, capítulo 16, versículos 15-16, Cristo disse: ‘Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura. quem crer e for batizado, será salvo; mas quem não crer, será condenado”. Tão simples assim.

Portanto, vocês podem ser batizados, que Cristo lhes batize com o Espírito Santo e Fogo, produza o novo nascimento em vocês e continuaremos nos vendo eternamente no Reino de Cristo o nosso Salvador com corpos eternos, glorificados, imortais e jovens para toda a eternidade.

Todos os que receberam a Cristo como Salvador nesta ocasião podem ser batizados, para o qual, deixo o Ministro correspondente em cada nação, em cada congregação e em cada igreja. E aqui deixo ao Rev. José Benjamim Pérez a seguir.

Que Deus lhes abençoe e lhes guarde, e será até no próximo domingo com a ajuda de Deus, quando estarei com vocês novamente.

Estaremos aqui no domingo próximo dia 21. Hoje é domingo 14 e mais sete dias será dia 21. Assim que lhes verei no próximo domingo com a ajuda de Deus.

Orem muito por mim para que Cristo me dê o tema e todo o conteúdo do tema correspondente para a próxima sexta-feira e para o domingo. E na sexta-feira será confirmado se estarei com vocês no domingo.

Até onde entendo estarei com vocês no próximo domingo, mas para estarmos mais seguros, estarei com vocês na próxima sexta-feira, e na sexta-feira lhes confirmarei se estarei com vocês no domingo. Orem muito pelo culto da sexta-feira e também do domingo.

Que Deus lhes abençoe e lhes guarde e deixo com vocês aqui o Rev. José Benjamim Pérez a seguir.

Que Deus lhes abençoe e lhes guarde. E a viagem a Israel foi um êxito total. Depois veremos algumas das coisas lá de Jerusalém.

Bom, que Deus lhes abençoe e lhes guarde, até na próxima sexta-feira e no domingo com a ajuda de Deus. Orem muito por essas atividades da sexta-feira e do domingo.

Que Deus lhes abençoe e guarde a todos. Deram-me uma informação aqui: que estarei aqui na próxima sexta-feira e também no próximo domingo.

“A FAMÍLIA DA FÉ”.