MENSAGENS




Obedecendo a Voz do Enviado de Deus em cada tempo - Introdução

Data: 13/05/2016 Tempo: 00:51:10





 

OBEDECENDO A VOZ DO ENVIADO

EM CADA TEMPO

 

William Soto Santiago

Sexta-feira, 13 de Maio de 2016

Cayey - Porto Rico

 

Boa noite amados amigos e irmãos aqui presentes e aos que estão em diferentes lugares. Recebam todos minhas saudações e uma saudação muito especial de todo coração ao Dr. Miguel Bermúdez Marín.

 

Para esta ocasião leiamos no Êxodo capítulo 23, versículos 20 ao 23 e diz da seguinte maneira:

 

“Eis que eu envio um Anjo diante de ti, para que te guarde pelo caminho, e te leve ao lugar que te tenho preparado.

21  Guarda-te diante dele, e ouve a sua voz, e não o provoques à ira; porque não perdoará a vossa rebeldia; porque o meu nome está nele.

22  Mas se diligentemente ouvires a sua voz, e fizeres tudo o que eu disser, então serei inimigo dos teus inimigos, e adversário dos teus adversários.

23  Porque o meu Anjo irá adiante de ti, e te levará aos amorreus, e aos heteus, e aos perizeus, e aos cananeus, heveus e jebuseus; e eu os destruirei”.

 

Para esta ocasião a introdução do estudo bíblico do próximo domingo, intitulado: “OBEDECENDO A VOZ DO ENVIADO EM CADA TEMPO” e, nesta introdução, veremos a base deste tema para o estudo bíblico do próximo domingo.

 

Que Deus abençoe nossas almas com a Sua Palavra e nos permita entendê-la.

 

Através da Escritura podemos ver que Deus enviou o Seu Anjo, para a libertação do povo Hebreu e o Anjo do Pacto é nada menos que a imagem do Deus vivente.

 

O Anjo do Pacto, o Anjo de Deus, o corpo angelical de Deus que aparece nessa Coluna de Fogo, e em algumas ocasiões aparece como uma Pessoa de outra dimensão, ou seja, na forma de Anjo ou de Corpo Angelical ou Corpo Teofânico. E Esse é nada menos que o Messias, o Cristo por meio de quem Deus criou todas as coisas.

 

Em São João no capítulo 1, nos diz:

 

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.

2  Ele estava no princípio com Deus.

3  Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.

4  Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens.

5  E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam.

6  Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João.

7  Este veio para testemunho, para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele.

8  Não era ele a luz, mas para que testificasse da luz.

9  Ali estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo.

10  Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu.

11  Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.

12  Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome;

13  Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.

14  E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade”.

 

Aqui nos mostrou o Anjo do Pacto, o Verbo, o Anjo de Deus, o Verbo que Se fez carne e foi conhecido pelo nome de “Jesus Cristo”.

 

No versículo 18 diz:

 

Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou”.

 

Ou seja, desde o Gênesis até hoje, Deus Se deu a conhecer ao ser humano por meio do Verbo, do Anjo do Pacto. Em todas as ocasiões em que o Anjo do Pacto aparecia se dizia que Deus tinha aparecido à pessoa ou às pessoas e que lhes disse tal e tal coisa.

 

Muitas delas como Moisés, Jacó, também Manoá quiseram conhecer o Nome do Anjo do Pacto, porque sabiam que o Nome do Anjo do Pacto é o Nome de Deus. Por isso, quando Moisés disse a Deus: “Se eles me perguntarem qual é o Teu Nome”, (ou seja, o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó que tinha lhe aparecido). O Anjo do Pacto lhe disse: “Eu sou o que sou. E dirás ao povo: Eu sou me enviou a vós”.

 

Aqui o Eu Sou é o Deus Todo-Poderoso manifestado por meio do Anjo do Pacto, ou seja, por meio do Seu corpo angelical, que é o Corpo Angelical de Cristo, o Messias, o Salvador do mundo. Por isso, no capítulo 8, nos versículos 56 ao 58 de São João, Jesus Cristo disse:

 

Abraão, vosso pai, exultou por ver o meu dia, e viu-o, e alegrou-se.

57  Disseram-lhe, pois, os judeus: Ainda não tens cinquenta anos, e viste Abraão?

58  Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, eu sou”.

 

Como Jesus Cristo era antes de Abraão? Ele era o Anjo do Pacto, era Jesus Cristo no Seu Corpo Angelical, nessa Coluna de Fogo chamado “Anjo do Pacto” ou “Anjo do Senhor”.

 

Em Hebreus, assim como nós lemos em São João no capítulo 1, onde diz:  Todas as coisas foram feitas por Ele e sem Ele nada do que foi feito se fez”, o Apóstolo Paulo, conhecedor deste mistério, no capítulo 1 de Hebreus versículos 1 e 2, disse:

 

HAVENDO Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos Profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho,

2  A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo”.

 

O universo foi feito Por Deus através de Cristo, o Anjo do Pacto antes que tivesse o Seu corpo de carne, o qual é nada menos que a imagem do Deus vivente e é também a semelhança física de Deus no Seu corpo chamado ”Jesus”.

 

O Anjo do Pacto é nada menos que Cristo no Seu Corpo Angelical, o qual Se fez carne: “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós (seres humanos) e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade”.

 

Jamais alguém viu a Deus e quando Jacó disse: “Vi Deus cara a cara e minha alma foi salva”, no capítulo 32 do Gênesis, versículos 24 ao 32, nós vemos que a quem ele tinha visto era Deus velado no Corpo Angelical, tinha visto ao Anjo do Pacto, no qual Deus estava, porque o Anjo do Pacto é a imagem do Deus vivente, é Cristo no Seu Corpo Angelical, no qual Deus está em toda a Sua plenitude.

 

E, depois, quando Se fez carne e habitou no meio do povo Hebreu, era nada menos que “Emanuel”, “Deus conosco” em forma humana, no corpo de carne visitando ao seu povo do Pacto Antigo, porque quando se cumpre a promessa de Sua Vinda tem de vir ao povo do Pacto.

 

Por isso, o Apóstolo São Pedro e São Paulo falando de Cristo nos mostra como sendo a imagem do Deus vivente, o Anjo do Pacto feito carne no meio do povo.

 

Na Primeira a Timóteo no capítulo 3, versículo 16, diz:

 

E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne”.

 

Como Deus foi manifestado no meio do povo Hebreu, no meio do povo do Pacto? Deus foi manifestado em carne, ou seja, Deus Se manifestou num corpo de carne chamado “Jesus”, Se manifestou como um ser humano desta dimensão terrena, para realizar a Obra de Redenção por meio do Seu corpo físico, do Seu corpo de carne que morreria em Sacrifício de Expiação por todos os escritos no Livro da Vida do Cordeiro no Céu.

 

E vimos que Jesus Cristo é o Anjo do Pacto no Seu Corpo Angelical, através do qual Deus criou os Céus e a Terra. Toda a Criação foi feita Por Deus através do Seu Corpo Angelical. Tão simples assim.

 

Em Colossenses no capítulo 1, versículos 12 ao 16 São Paulo disse:

 

Dando graças ao Pai que nos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz”.

Os Santos, que são os crentes em Cristo, têm uma herança.

Para participar da herança dos santos na luz.

13  O qual nos tirou da potestade das trevas, isto é: nos livrou do reino das trevas, do poder do reino das trevas, do reino do maligno, do reino da quinta dimensão, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor; (Fomos transladados ao Reino de Cristo, ao Reino do Messias que está na esfera espiritual).

14  Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados;

15  O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação. E a imagem de Deus é Jesus Cristo, o Anjo do Pacto e Ele é o Primogênito de toda criação.

16  Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele.

 

Toda a Criação foi criada por meio de Cristo, do Anjo do Pacto e para Ele. Ele é o dono, o herdeiro de toda a Criação que foi criada Por Deus através Dele e para Ele. E a esse Reino de Cristo é que nós fomos transladados ao nascermos de novo. Ao nascermos de novo nascemos no Reino do Messias, no Reino do Anjo do Pacto, no Reino de Deus que está na esfera espiritual e que estará na esfera física no Reino Milenar e por toda a eternidade.

 

Porque o reino dos gentios será tirado na etapa dos pés de ferro e de barro de lodo, que é a etapa em que está atualmente. Começou com a cabeça de ouro no tempo do rei Nabucodonosor, passou aos peitos e braços de prata, que foi o império Medo-Persa, depois passou ao ventre e as coxas de bronze, que foi o império da Grécia, depois passou às pernas de ferro, que foi o império Romano dos Césares e, logo depois, passou aos pés e aos dedos de ferro e de barro de lodo.

 

Na etapa das pernas de ferro do império Romano, Cristo na Sua Primeira Vinda foi crucificado pelo império Romano. E para este tempo final será a Segunda Vinda de Cristo na etapa dos pés de ferro e de barro de lodo, que serão esmiuçados com a Vinda do Messias, a Vinda da Pedra não cortada por mãos, neste tempo final no qual estamos vivendo.

 

Assim como Deus fez enviando o Seu Anjo no Antigo Pacto, agora, vejam o que ocorre sob o Novo Pacto, o que corre paralelo ao povo e com o povo do Pacto Antigo, o que estaria se passando com o povo do Novo Pacto, que é a Igreja do Senhor Jesus Cristo, a qual apareceu no Dia de Pentecostes, onde nasceu e onde se abriu a brecha na metade da semana de número setenta da profecia de Daniel no capítulo 9 e, aí, há uma brecha para a aparição e nascimento do Cristianismo ou da Igreja do Senhor Jesus Cristo.

 

E, porquanto, é na metade da semana setenta que essa semana se deteve com a crucificação de Cristo, encontramos que se subtrai de Israel os três anos e meio da semana de número setenta, porque na metade dessa semana a vida do Messias lhe seria tirada conforme o capítulo 9 de Daniel. Depois, Deus retornará a Israel para continuar a semana de número setenta, para cumprir os três anos e meio que faltam para serem cumpridos nessa semana de número setenta. Isso ocorrerá quando complete a Sua Igreja, realize a ressurreição dos mortos em Cristo e a transformação dos que vivemos.

 

Portanto, Israel está em espera da Vinda do Messias, promessa que lhe cumprirá muito em breve. Mas antes Cristo está tratando com os crentes Nele desde o dia de Pentecostes, com os crentes em Cristo, sob uma nova Dispensação, a Dispensação da Graça, que é a sexta Dispensação, da qual Cristo é o Mensageiro da sexta Dispensação, a Dispensação da Graça.

 

Em todas as Dispensações o Anjo do Pacto, tem sido Cristo a imagem do Deus vivente através de quem Deus Se manifestou em cada Dispensação, enviou o Mensageiro de cada Dispensação, através do qual Se velou e Se revelou ao povo. Sempre foi Deus por meio do Anjo do Pacto falando a Seu povo através de um homem, de um Profeta, como Zacarias nos disse no capítulo 7, versículos 11 e 12.

 

Deus que falou por meio dos Profetas, logo veio e falou por meio de Jesus, depois esteve falando por meio dos Apóstolos nos tempos passados, continuou falando no meio da Sua Igreja por meio dos diferentes Mensageiros que enviou para cada Era ou cada etapa da Sua Igreja, através dos quais chamou e juntou os escolhidos de cada Era em Sua Igreja.

 

E vejam aqui no Apocalipse no capítulo 1, versículo 1, diz:

 

REVELAÇÃO de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu, para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e pelo seu anjo as enviou, e as notificou a João seu servo”.

 

Cristo nos disse que esta é a revelação Dele, de Jesus Cristo que enviou o Seu Anjo, para manifestar estas coisas aos Seus servos, as coisas que devem acontecer em breve.

 

No Apocalipse no capítulo 22, versículo 6, diz:

 

“E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras; e o Senhor, o Deus dos espíritos dos Profetas enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer”.

 

E “O Deus dos Espíritos dos Profetas”, ou seja, o Deus dos Corpos Angelicais dos Profetas, diz: “Enviou o Seu Anjo”.

 

Da mesma forma em que Deus através do Profeta Moisés enviou o Seu Anjo, o Anjo do Pacto, a imagem do Deus vivente, o Corpo Angelical de Deus sob o Pacto, depois, no Novo Testamento Cristo disse no Apocalipse, que da mesma forma em que Deus enviou o Seu Anjo sob o Pacto que deu ao povo através de Moisés, agora no Novo Pacto, Cristo disse que Ele enviou o Seu Anjo. No capítulo 22, no versículo 6, disse que o enviou “Para mostrar a Seus servos as coisas que devem acontecer em breve”. E no Apocalipse capítulo 22, no versículo 16, diz:

 

Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã”.

 

E para que enviou o Seu Anjo? Para dar testemunho destas coisas nas Igrejas.

 

O Rev. William Branham falando deste Anjo, disse que este Anjo é um Profeta, assim como o Anjo do Pacto, quando Se fez carne foi conhecido pelo nome de “Jesus”, era um Profeta, era o Filho do Homem, era Deus velado no Seu Corpo Angelical, o Anjo do Pacto velado no Seu corpo de carne chamado “Jesus”, que é a semelhança física de Deus. E nós podemos ver que há um grande mistério aí.

 

Esse é o mistério que os crentes lá do tempo final da Dispensação da Lei não puderam ver, e também será o que não poderão ver os crentes do tempo final da Dispensação da Graça, mas o verão os crentes em Cristo escritos no Livro da Vida do Cordeiro no Céu.

 

Vejam o que o Rev. William Branham disse no Quinto Selo, na página 94 do Livro de “Citações”:

 

811 - “Captaram algo? Então pode ser que eu não tenha que lhes contar no domingo (e domingo era o dia em que ele falaria sobre o Sétimo Selo). Notem... Maravilhoso! Agora, notem. E então de acordo ao tempo que Deus ia liberar ao mundo antediluviano, Ele enviou uma águia (ou seja, um Profeta, porque os Profetas são representados em águias)”.

 

Creem vocês que o tempo, lá mesmo com João na Ilha de Patmos, esta Mensagem foi tão perfeita que Ele não pôde confiá-la a um Anjo? Vocês sabem, um Anjo é um Mensageiro, mas vocês sabiam que o Mensageiro era um Profeta”?

 

O Anjo de quem Jesus disse: “Eu Jesus enviei o meu Anjo”, o Rev. William Branham disse que esse Anjo é um Profeta.

 

Vocês creem nisso? Vamos prová-lo. Revelação capítulo 22, vamos ver se era uma águia. Seguro que ele foi um Anjo; ele era um Mensageiro... Mas foi um Profeta que lhe revelou este livro completo de Revelação. (Revelação capítulo 22, versículo 19). Observe o que João viu aqui: ‘E eu João, sou o que ouviu e viu estas coisas... (Ele já estava concluindo. Este é o último capítulo) e depois que tinha ouvido e visto, prostrei-me para adorar diante dos pés do Anjo que me mostrava estas coisas. (E, então, ele o Anjo, veem?) E ele me disse: olhe, não o faças ... (nenhum verdadeiro Profeta ou Mensageiro de alguma classe será adorado), E ele me disse: olhe, não o faças, porque eu sou servo contigo e com seus irmãos os Profeta e com os que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus. Veem? Agora, o livro era tão importante e é a Palavra de Deus. Agora observem! Quando a Palavra de Deus é trazida, tem que ser trazida pelo Profeta, porque é a ele que vem a Palavra de Deus”.

 

Assim, podemos ver que se Deus dá a revelação de Sua Palavra a Seu povo em uma Era, tem que vir através de um Mensageiro para essa Era. Essa é a forma em que a Palavra do Senhor tem de vir em cada tempo. “Porque não fará nada o Senhor, sem que antes revele os Seus segredos a Seus servos, Seus Profetas”. (Amós capítulo 3, versículo 7).

 

Em “Citações” na página 41, parágrafo 330, disse:

 

330 - “E foi enviado ao... ‘E significou isto: por Seu Anjo a João.’ Não sabemos quem era o Anjo, a Bíblia não diz quem era o Anjo; mas sabemos que era um Profeta, porque a Bíblia em seguida diz que: ‘Eu Jesus enviei o meu Anjo para testificar destas coisas que hão de acontecer brevemente.’ Logo vemos que quando João começou a adorar ao Anjo, o Anjo lhe disse: ‘Olhe, não o faças.’ Revelação, capítulo 22. E Ele disse: ‘Porque eu sou servo junto com os Profetas.’ Pode ter sido Elias, pode ter sido um dos Profetas... João era um apóstolo, mas este Profeta foi enviado. E João sendo um apóstolo... olhe a natureza de suas demais epístolas, o que prova que João não o escreveu, porque não tem a natureza como a de João; tome a Primeira de João, a Segunda de João, e etc. e leia-as; e veja a natureza disso. Depois veja a natureza disto. João era um escritor e um apóstolo, mas este é um espírito de Profeta. É uma pessoa inteiramente diferente”.

 

Quando o Anjo do Pacto, do Pacto Antigo que libertou ao povo Hebreu da escravidão no Egito Se fez carne, cumpriu a Primeira Vinda de Cristo no meio do povo do Pacto que Deus estabeleceu com o povo Hebreu no Monte Sinai. E foi ao povo do Pacto vigente que o Anjo do Pacto veio, o véu de carne que no Corpo Angelical tinha guiado a Israel e através do qual Deus estava velado e revelado, Se manifestando libertando a Israel e a guiando à terra prometida.

 

Encontramos que sob o Novo Pacto Jesus Cristo disse: “Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas”. Está fazendo da mesma forma que o Pai fez com Ele.

 

Assim como no Antigo Pacto, Deus no Novo Pacto Se velava e Se revelava através dos diferentes Profetas e por meio do Anjo do Pacto falava ao povo. Em Zacarias no capítulo 7, versículos 11 e 12, nos diz:

 

Eles, porém, não quiseram escutar, e deram-me o ombro rebelde, e ensurdeceram os seus ouvidos, para que não ouvissem.

12  Sim, fizeram os seus corações como pedra de diamante, para que não ouvissem a lei, nem as palavras que o SENHOR dos Exércitos enviara pelo seu Espírito por intermédio dos primeiros profetas; daí veio a grande ira do SENHOR dos Exércitos”.

 

E como Deus falava? Falava por meio do Seu Espírito, que é o Anjo do Pacto, que é Cristo no Seu Corpo Angelical, falava por meio dos Profetas que estavam ungidos pelo Espírito Santo, pelo Anjo do Pacto, o Anjo de Deus no qual Deus estava velado, metido dentro de um corpo de carne chamado “Profeta”, através do qual Se manifestava. Por isso, quando o Messias veio, “Jesus”, também era um Profeta, em quem Deus estava velado e revelado a Seu povo Israel em toda a Sua plenitude.

 

E para o tempo final podemos ver através da história da Igreja, que Cristo esteve em Espírito Santo no meio da Sua Igreja. Ele disse: “Eu estarei convosco todos os dias até o fim do mundo”. (São Mateus capítulo 28, versículo 20). E também em São Mateus 18, versículo 20, onde diz: “Onde dois ou três estiverem reunidos em meu Nome, aí eu estarei”.

 

Assim como estava no meio do povo Hebreu em todo o tempo sob o Pacto da Lei, Se velando e Se revelando através dos diferentes Profetas, falando ao povo Hebreu, encontramos que Cristo, o Anjo do Pacto esteve em Espírito Santo no meio da Sua Igreja em todo o tempo, Se velando e Se revelando por meio de cada Mensageiro em cada tempo, em cada etapa, chamando e juntando os Seus escolhidos de cada Era.

 

E assim como o Anjo do Pacto a dois mil anos atrás, depois de Se manifestar por meio dos diferentes Profetas, Se manifestou em “Jesus”, Se velou e Se fez carne: “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós”. (São João capítulo 1, versículo 14). E isso foi para realizar o Programa da Primeira Vinda de Cristo, a Vinda do Messias para realizar o Sacrifício de Expiação pelos pecados do povo e o Anjo do Pacto veio vestido de um corpo de carne. O Anjo de Deus que tinha libertado ao povo hebreu veio lá na forma de um homem chamado “Jesus”, na forma de um “Profeta”, porque quando se usa o nome “Filho do Homem”, o título de Filho do Homem se refere a um Profeta.

 

Para o tempo final, o Mesmo que esteve em Espírito Santo no meio da Sua Igreja em todo o tempo, Se manifestará no meio da Sua Igreja, para nos dar a fé para sermos transformados e levados com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro.

 

Não Se manifestou em toda a Sua plenitude em São Paulo o primeiro Mensageiro da Sua Igreja entre os gentios, mas Se manifestou na porção correspondente a esse tempo da primeira etapa da Igreja. Ele soube muitas coisas que acontecerão neste tempo final, relacionadas à Vinda do Senhor com os Seus Anjos.

 

Tampouco Ele Se manifestou em toda a Sua plenitude na segunda etapa da Sua Igreja, nem na terceira, nem na quarta, nem na quinta, nem na sexta, nem na sétima, mas Se manifestará em toda a Sua plenitude neste tempo final, produzirá a ressurreição dos mortos em Cristo e a transformação dos que vivemos nesse tempo final, nessa etapa final de Sua Igreja, que corresponde à Era de Pedra Angular. Como na ocasião em que o Verbo Se fez carne correspondia à Era de Pedra Angular. Tão simples assim.

 

Para o tempo de Era de Pedra Angular, conheceremos ao Anjo que Cristo envia, para dar testemunho destas coisas nas Igrejas e, aí, conheceremos o mistério do Anjo que Cristo envia, para dar testemunho destas coisas que hão de suceder, e estaremos obedecendo a Palavra do Senhor, a Palavra de Cristo, a Palavra do Espírito Santo para este tempo final. E isso será “OBEDECENDO A VOZ DO ENVIADO EM CADA TEMPO”.

 

Como em cada tempo obedeceram a Voz do Enviado através da manifestação do Anjo do Pacto de Era em Era, através de cada Mensageiro, o grupo de crentes do Último Dia que estará neste tempo final, será transformado e se alguém partir antes será ressuscitado com todos os mortos em Cristo, quando eles ressuscitarem.

 

Todos estarão escutando e obedecendo a Voz do Enviado do Último Dia, do Espírito Santo manifestado no Anjo que Cristo enviará neste tempo final, assim como enviou um Anjo Mensageiro em cada Era.

 

Para este tempo final enviará um Espírito de Profeta. Assim como enviou um Espírito Mensageiro em cada Era passada, enviará um Espírito de Profeta para o tempo final, no qual estamos vivendo. E através dele tratará com a Sua Igreja, tratará com o povo Hebreu, e também haverá uma grande manifestação para o mundo inteiro. Tão simples assim.

 

O importante para nós é estarmos obedecendo a Voz do Enviado do tempo final, assim como o povo esteve obedecendo a Voz do Enviado em cada Era, a Voz do Espírito Santo através do Mensageiro correspondente a cada Era. Assim nós estaremos neste tempo final, obedecendo a Voz do Espírito Santo, de Cristo através do Enviado de Deus para o Último Dia, na Era de Pedra Angular.

 

Para mim foi um grande privilégio estar com vocês na introdução do estudo bíblico do próximo domingo, com a ajuda de Deus, e espero que para o próximo domingo, possamos ver mais claramente o tema do qual estaremos estudando na escola bíblica do próximo domingo.

 

Que Deus lhes abençoe e lhes guarde e que todos continuem desfrutando uma noite feliz, repleta das bênçãos de Cristo o nosso Salvador.

 

Deixo com vocês aqui ao Rev. José Benjamim Pérez, e em cada país deixo ao Ministro correspondente para continuar.

 

Até no próximo domingo, com a ajuda de Deus. Que todos passem boa noite.

 

Orem muito pela atividade do próximo domingo, será muito importante tudo o que nós estaremos vendo nesse tema do próximo domingo, com a ajuda de Deus.

 

Que Deus lhes abençoe, lhes guarde, lhes prospere espiritualmente e materialmente, e lhes use grandemente na Sua Obra neste tempo final.

 

OBEDECENDO A VOZ DO ENVIADO EM CADA TEMPO”.