MENSAGENS





Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/cderc813/public_html/mensagens/index.php on line 54

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/cderc813/public_html/mensagens/index.php on line 121

Por Amor aos Escolhidos

Data: 12/06/2016 Tempo: 00:41:15





 

POR AMOR AOS ESCOLHIDO

William Soto Santiago

Domingo, 12 de Junho de 2016

Venezuela

 

Bom dia aos amados irmãos e amigos aqui presentes, Ministros, Colaboradores e também aos Ministros, colaboradores e Congregações que estão em outras nações. Que as bênçãos de Cristo, o Anjo do Pacto estejam sobre todos vocês e também sobre mim, no Nome do Senhor Jesus Cristo. Amém.

 

E uma saudação muito especial para a Igreja “A Grande Tenda Catedral” em Porto Rico, que está conectada nesta ocasião. Estivemos vendo o documentário da construção da Tenda Catedral em Porto Rico e o apoio que todos vocês estão fazendo para essa construção. Eu agradeço, e os felicito por todo o trabalho que estão realizando em prol da construção da Grande Tenda Catedral.

 

Para esta ocasião, leremos em Romanos capítulo 5, versículos 5 em diante, e diz:

 

“E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.

6  Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios.

7  Porque apenas alguém morrerá por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém ouse morrer.

8  Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

9  Logo muito mais agora, tendo sido justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira.

10  Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida.

11  E não somente isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual agora alcançamos a reconciliação”.

 

Que Deus abençoe nossas almas com a Sua Palavra e nos permita entendê-la.

 

POR AMOR AOS ESCOLHIDOS”.

 

Por amor aos escolhidos de Deus foi que Deus enviou a Jesus Cristo ao mundo, para morrer na Cruz do Calvário e, por isso, é que Jesus Cristo, falando em São João  capítulo 3, versículos 12 a 16, disse:

 

Se vos falei de coisas terrestres, e não crestes, como crereis, se vos falar das celestiais?

13  Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu.

14  E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado;

15  Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

16  Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”.

 

Por amor é que Deus enviou a Jesus Cristo na Terra para morrer por nós na Cruz do Calvário e “para que todo aquele que nele crê não se perca, mas tenha a vida eterna”.

 

Por amor aos escolhidos de Deus, Jesus Cristo veio a Terra para nos redimir com o Seu Sangue derramado na Cruz do Calvário. Era o único que podia nos salvar, era o único que podia redimir ao ser humano e, por conseguinte, retorná-lo à presença de Deus, reconciliar ao ser humano com Deus.

 

Em São João capítulo 17, versículo 6, diz:

 

Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste; eram teus, e tu mos deste, e guardaram a tua palavra”.

 

E neste mesmo capítulo 17 de São João, versículos 9 a 26, diz:

 

Eu rogo por eles; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus.

10  E todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e nisso sou glorificado.

11  E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós.

Estando eu com eles no mundo, guardava-os em teu nome. Tenho guardado aqueles que tu me deste, e nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse.

13  Mas agora vou para ti, e digo isto no mundo, para que tenham a minha alegria completa em si mesmos.

14  Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo.

15  Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal.

16  Não são do mundo, como eu do mundo não sou.

17  Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.

18  Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo.

19  E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade.

20  E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim;

21  Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.

22  E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.

23  Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim.

24  Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me amaste antes da fundação do mundo.

25  Pai justo, o mundo não te conheceu; mas eu te conheci, e estes conheceram que tu me enviaste a mim.

26  E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lhe farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja”.

 

Aqui nos mostra que Ele veio por amor, morreu por nós na Cruz, derramando o Seu Sangue para nos redimir e nos mostrar que nós somos Dele, que fomos entregues a Cristo, para que nos dê a vida eterna, assim, sejamos um com Cristo e, por conseguinte, um com Cristo em Deus. Ele está em nós e nós estamos Nele, como Ele está no Pai e o Pai está Nele.

 

Portanto, todos os escritos no Livro da Vida do Cordeiro no Céu foram redimidos com o Sangue de Cristo o nosso Salvador e, por isso, se prega o Evangelho de Cristo, as boas notícias de vida eterna, para todos os escritos no Livro da Vida do Cordeiro no Céu. Esses são os que escutarão a Voz de Cristo, a Voz do Espírito Santo, o Evangelho de Cristo de Era em Era e de geração em geração.

 

Esses estão representados no trigo, que ouve a Palavra e produz frutos um a cem, um a sessenta e um a trinta, mas todos produzem frutos de filhos e filhas de Deus no Corpo Místico de Cristo o nosso Salvador.

 

E assim como por amor Deus nos redimiu por meio da morte de Cristo na Cruz do Calvário, nós por amor servimos a Deus, amamos a Deus, trabalhamos no Seu Programa correspondente ao tempo em que nos correspondeu viver e o fazemos de todo coração, por amor a Deus, o qual por meio de Cristo nos redimiu com o Seu Sangue precioso.

 

No tempo de Moisés, a Escritura nos diz que por amor Deus libertou Israel do cativeiro, da escravidão no Egito, por amor os levou pelo deserto e, por amor, destruiu reis e nações que se opunham a Israel. Ou seja, Deus tratou com Israel com amor, com amor divino e com muita paciência e, assim, conosco também sob o Novo Pacto.

 

É importante entendermos que desde o Dia de Pentecostes até hoje, foi estabelecido um Novo Pacto e as Leis foram escritas nas pranchas do coração de cada crente em Cristo o nosso Salvador. Essas são as pranchas que estão aqui, as pranchas do nosso coração. E, por isso, elas estão no lugar Santíssimo do ser humano, que é o coração, a alma do ser humano, lugar de habitação para Deus, para o Deus eterno, assim como foi o Lugar Santíssimo do Tabernáculo que Moisés construiu e do Templo que o rei Salomão construiu.

 

O Lugar Santíssimo foi o lugar de morada de Deus nesse Templo literal. E, agora, o ser humano como Templo humano espiritual tem Átrio (que é o corpo), tem espírito (que é o Lugar Santo), e tem a alma (que é o Lugar Santíssimo da pessoa como Templo Espiritual).

 

Recordemos que numa ocasião, em São João capítulo 2, versículos 17 a 21, Cristo disse: “Destruam este templo, e em três dias eu o levantarei”. Pensaram que estava falando do Templo físico que estava diante deles, mas a Escritura diz que Ele estava falando do Seu corpo, do Seu corpo como Templo de Deus.

 

É porque o ser humano foi criado Por Deus, para Deus morar nele como um Templo humano e Se manifestar, governar a vida da pessoa desde a alma, do coração da pessoa, portanto, nós somos Templo de Deus e também a Igreja do Senhor Jesus Cristo como Corpo Místico de crentes é um Templo Espiritual, a qual nasceu lá em Jerusalém no Dia de Pentecostes, e foi crescendo.

 

Depois a bênção passou aos gentios por meio de São Paulo, e aí começaram as etapas da Igreja entre os gentios, correspondentes ao Lugar Santo desse Templo Espiritual de crentes em Cristo, da Igreja do Senhor Jesus Cristo.

 

Começou entre os gentios na Ásia Menor, logo passou a segunda, a terceira, a quarta,  a quinta e a sexta etapa na Europa, com diferentes Mensageiros nesse território, através dos quais Deus chamava e juntava os Seus escolhidos no Corpo Místico de Cristo, formando esse Templo Espiritual de crentes em Cristo, o qual foi crescendo de Era em Era, o Reino de Deus na etapa espiritual, crescendo de baixo para cima, como uma construção cresce de baixo para cima.

 

E passou a América do Norte, no cumprimento da sétima etapa da Igreja, onde levantou o Rev. William Branham, o sétimo Mensageiro dessa etapa.

 

E depois dessa etapa corresponde a Era de Pedra Angular, Era paralela à Era de Pedra Angular da Primeira Vinda de Cristo, a qual tem de se cumprir no Continente Americano, na América Latina e no Caribe, que é o território que não estava incluído nas sete Eras da Igreja, porque corresponde à Era de Pedra Angular.

 

Para o qual terá uma Mensagem que elevará o povo a essa Era de Pedra Angular, com o qual formará a Era da Pedra Angular. Com pessoas escolhidas desde antes da fundação do mundo, para subirem a essa Era de Pedra Angular, será formada essa Era de Pedra Angular, que é a Era do Lugar Santíssimo do Templo Espiritual de Cristo o nosso Salvador.

 

E assim como houve dois Querubins de Ouro sobre o Propiciatório (que era a tampa da Arca do Pacto) lá no Tabernáculo que Moisés construiu e no Templo que o rei Salomão construiu, nós podemos ver que aí estará a manifestação de Cristo e de cada lado os ministérios das Duas Oliveiras, os ministérios de Moisés e Elias, para a manifestação final da glória de Deus. Porque a glória de Deus estava no Lugar Santíssimo, sobre a Arca do Pacto, no meio dos Dois Querubins de Ouro.

 

Portanto, no Programa Divino há uma bênção muito grande para a América Latina e o Caribe. A bênção maior para o Cristianismo está na América Latina e no Caribe.

 

Desse modo, sejamos reverentes, estejamos bem agarrados de Deus, como Jacó esteve bem agarrado no Anjo do Pacto, e sempre com as nossas cabeças levantadas ao Céu, para Cristo “porque a nossa redenção está próxima”.

 

Este é o tempo para uma manifestação plena do amor de Deus à Sua Igreja, ao Seu Corpo Místico de crentes, onde Cristo obterá a grande vitória no amor divino. Por isso, aí será uma manifestação do Nome de Deus, do Nome de Cristo, para a grande vitória no amor divino e onde haverá uma Terceira Etapa da manifestação de Cristo no meio da Sua Igreja.

 

Essa Terceira Etapa é da qual o Rev. William Branham falou que lhe foi mostrada numa Grande Tenda Catedral, onde a Coluna de Fogo que apareceu a Moisés e guiou ao povo Hebreu, que apareceu em diferentes ocasiões no Antigo Testamento, e também apareceu, quando Jesus Cristo foi batizado e desceu na forma de pomba, e apareceu no Monte da Transfiguração também. E aparecia aos Apóstolos, apareceu a São Pedro, quando esteve encarcerado e o libertou, apareceu ao Apóstolo São Paulo quando ia preso numa embarcação, e a embarcação naufragou, porém, o Anjo lhe dissera que a embarcação seria destruída, mas que nenhuma pessoa se perderia.

 

Essa Coluna de Fogo, essa Nuvem de Fogo é o Anjo do Pacto manifestado, é Deus manifestado por meio do Anjo do Pacto, o qual guiou ao povo Hebreu, o qual acompanhava a Moisés e, agora, sob o Novo Pacto, passou à Igreja do Senhor Jesus Cristo guiando-a desde o dia de Pentecostes até hoje.

 

Essa Coluna de Fogo foi a que batizou aos cento e vinte crentes no aposento alto, se dividiu em diferentes Colunas de Fogo ou em Línguas de Fogo, sobre os crentes que estavam esperando o batismo do Espírito Santo.

 

Essa mesma Coluna de Fogo acompanhou ao Rev. William Branham em seu ministério e um Anjo enviado Por Deus o acompanhava, o guiava, um Anjo Ministrador, como em Hebreus no capítulo 1, versículo 14, São Paulo disse que são Anjos Ministradores.

 

E quando foi mostrada a Visão da Grande Tenda Catedral ao Rev. William Branham, ele viu a mesma Coluna de Fogo que o acompanhava, viu que viajava para um Quartinho Pequeno de Madeira que estava dentro da Grande Tenda Catedral que ele viu, e esse Pequeno Quartinho estava à direita do Púlpito para onde viajava a Coluna de Fogo, até onde viajava o Anjo que o acompanhava e onde, em seguida, ele foi levado também e esteve vendo tudo o que sucedia lá. E ele viu um Nome que queria recordar.

 

Não há outro nome mais importante para estar nesse Lugar do que o Nome do Senhor Jesus Cristo e, porquanto, não podia recordar o Nome, é o Nome Novo do Senhor Jesus Cristo.

 

Portanto, algo grande está preparado para a Igreja do Senhor Jesus Cristo, onde grandes bênçãos celestiais estão preparadas para se derramarem sobre a Igreja do Senhor Jesus Cristo neste tempo final, para receber a fé para ser transformada e levada com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro. Portanto, isso será uma manifestação do amor divino, do amor de Deus por meio de Cristo o nosso Salvador, Seu amor à Sua Igreja, Seu amor a cada um dos que formam a Sua Igreja. A bênção que vem da parte de Deus é por amor.

 

POR AMOR AOS ESCOLHIDOS DE DEUS”. Por amor a mim, e a quem mais? A cada um de vocês também.

 

Portanto, desde as entranhas da alma de Deus sairá o amor de Deus, para mim e para cada um de vocês neste tempo final, no cumprimento da Segunda Vinda de Cristo com os Seus Anjos, para transformar os nossos corpos mortais em corpos imortais, corpos glorificados, corpos eternos, iguais ao corpo glorificado que Jesus Cristo o nosso Salvador tem, corpo jovem para toda a eternidade.

 

Deus estará fazendo estas coisas todas que Ele prometeu para este tempo final, por amor aos escolhidos.

 

Portanto, se houver alguma pessoa que ainda não recebeu Cristo como Salvador, pode fazer isso nestes momentos, estaremos orando por você, para que Cristo o receba no Seu Reino e assim tenha assegurado o seu futuro eterno no Reino de Cristo o nosso Salvador. Para o qual pode chegar até aqui na frente e estaremos orando por você.

 

Para os que estão em outras nações, também podem chegar aos Pés de Cristo, para que Cristo os receba no Seu Reino, os perdoe, os limpe de todo pecado com o Seu Sangue, sejam batizados na água no Seu Nome, Cristo os batize com o Espírito Santo e Fogo, e produza o novo nascimento em vocês.

 

Deus tem muitas pessoas aqui na República Venezuelana, e está chamando-as neste tempo final e Deus tem muitas pessoas em toda a América Latina e está chamando-as neste tempo final.

 

Se ouvir a Sua Voz hoje, não endureça o seu coração”. O seu nome está escrito no Livro da Vida no Céu e, por isso, você está escutando a pregação do Evangelho de Cristo e Ele está falando diretamente ao seu coração, à sua alma.

 

O mais importante para todo ser humano é a salvação da sua alma. O próprio Cristo disse:

 

De que vale ao homem se ganhar todo o mundo, e perder a sua alma?” [São Marcos 8:36]

 

Somos almas viventes, almas viventes e fomos enviados a esta Terra em corpos físicos, para fazermos contato com a vida eterna através de Cristo, confirmarmos a nossa vida no Reino de Cristo o nosso Salvador e, assim, confirmarmos o nosso futuro eterno com Cristo no Seu Reino.

 

Todos nós queremos viver eternamente, todos nós temos a mesma possibilidade de obter a vida eterna por meio de Cristo o nosso Salvador. É uma questão de crer em Cristo como nosso único e suficiente Salvador.

 

Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não se perca, mas tenha a vida eterna”. [São João 3:16]

 

Ou seja, que a vida eterna é para os que creiam em Cristo como nosso único e suficiente Salvador. Nós O recebemos como o nosso Salvador, somos batizados na água no Seu Nome, Cristo nos batiza com o Espírito Santo e Fogo, e produz o novo nascimento em nós. Tão simples assim.

 

Por isso, é que Ele disse em São Marcos capítulo 16, versículos 15 e16:

 

“Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.

16  Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado”.

 

Você só pode fazer uma das duas coisas: crer ou não crer. Não crer significa que não será salvo e não terá direito a viver eternamente com Cristo no Seu Reino. E se crer significa que você viverá eternamente com Cristo no Seu Reino, será jovem para toda a eternidade, como Cristo está tão jovem como quando subiu ao Céu. Essas são as duas posições que há e Deus recomenda que você receba a vida, para que viva eternamente no Reino de Deus.

 

Vamos fica em pé para orarmos pelas pessoas que estão chegando aos Pés de Cristo, para recebê-Lo como único e suficiente Salvador.

 

Já sabemos que não há outro Salvador, há somente um e o Seu Nome é “Senhor Jesus Cristo”. Ele é o nosso único Salvador. Ele é o único caminho ao Pai, o único caminho à vida eterna, o único caminho ao Céu. O próprio Cristo disse em São João capítulo 14, versículo 6:

 

Eu sou o caminho, a verdade e a vida; e ninguém vem ao Pai senão por mim”.

 

Com nossos rostos inclinados e nossos olhos fechados:

 

Pai Celestial, eu venho a Ti no Nome do Senhor Jesus Cristo com todas estas pessoas que estão recebendo Cristo como único e suficiente Salvador. Rogo-Te que as recebas no Teu Reino, no Nome do Senhor Jesus Cristo. Amém.

 

E, agora, repitam comigo esta oração que estarei fazendo por vocês:

 

Senhor Jesus Cristo, eu escutei a pregação do Teu Evangelho e a Tua fé nasceu no meu coração, na minha alma.

 

Creio em Ti com toda a minha alma e creio na Tua Primeira Vinda. Creio no Teu Nome como o único nome debaixo do Céu, dado aos homens, em que podemos ser salvos e creio na Tua morte na Cruz do Calvário como o único Sacrifício da Expiação pelos nossos pecados.

 

Dou testemunho público da Tua fé em mim, da minha fé em Ti, e Te recebo como meu único e suficiente Salvador.

 

Rogo-Te que perdoes os meus pecados, que me limpes de todo pecado com o Teu Sangue, que me batizes com o Espírito Santo e Fogo logo após eu ser batizado na água no Teu Nome, e que produzas o novo nascimento em mim.

 

Eu quero nascer no Teu Reino, quero viver eternamente. Senhor salve-me eu Te rogo no Teu Nome Eterno e glorioso “Senhor Jesus Cristo”. Amém e amém.

 

E, agora, vocês me perguntarão: “Quando podem nos batizar? Porque Jesus Cristo disse em São Marcos capítulo 16, versículos 15 e 16:

 

Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.

16  Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado”.

 

Você dirá: “Eu cri em Cristo como meu Salvador, O recebi nestes momentos, agora eu quero ser batizado como Ele disse: ‘quem crer e for batizado’. Quando podem me batizar”?

 

Porquanto vocês creram em Cristo de todo coração, podem ser batizados, que Cristo os batize com o Espírito Santo e Fogo, e produza o novo nascimento em vocês.

 

O batismo na água não tira os pecados, porque a água não tem poder para tirar os pecados, o Sangue de Cristo é o que nos limpa de todo pecado, mas o batismo na água é tipológico, e é um mandamento do Senhor Jesus Cristo. O próprio Cristo foi batizado por João o Batista. João não queria batizá-Lo e Cristo lhe disse: “Convém cumprirmos toda a justiça” e, então, o batizou. E ao subir das águas batismais, o Espírito Santo desceu sobre Jesus e foi cheio do Espírito Santo.

 

Portanto, no batismo na água nos identificamos com Cristo na Sua morte, sepultamento e ressurreição. Por isso, é tão importante o batismo na água ordenado por Cristo o nosso Salvador. Estávamos em Cristo eternamente, assim como o nosso corpo físico estava em nosso pai terreno na forma de genes, mas depois, foi manifestado no que formou o nosso corpo no ventre de nossa mãe terrena.

 

E, agora, Cristo está realizando uma nova criação, uma nova criação com vida eterna na união de Cristo com a Sua Igreja, de etapa em etapa, se reproduzindo em filhos e filhas de Deus no campo espiritual. E, depois, na ressurreição dos mortos em Cristo corresponderá a parte física, onde eles serão ressuscitados em corpos físicos glorificados, iguais ao corpo físico glorificado que Jesus Cristo o nosso Salvador tem; e nós que permaneçamos vivos, seremos transformados e teremos corpos físicos glorificados e jovens, como o corpo físico glorificado que Jesus Cristo o nosso Salvador tem.

 

Portanto, vocês podem ser batizados, que Cristo os batize com o Espírito Santo e Fogo, que produza o novo nascimento em vocês e nos veremos eternamente no Reino de Cristo o nosso Salvador.

 

Deixo com vocês ao Missionário Dr. Miguel Bermúdez Marín para continuar, para que indique como devem fazer, para se batizarem na água no Nome do Senhor Jesus Cristo. E em cada país e em cada lugar deixo ao Ministro correspondente, para que indique como devem fazer, para se batizarem na água no Nome do Senhor Jesus Cristo.

 

Que Deus os abençoe e os guarde e que continuem desfrutando uma tarde feliz, repleta das bênçãos de Cristo o nosso Salvador.

 

POR AMOR AOS ESCOLHIDOS”.