MENSAGENS




O Sétimo Selo e o fim dos Sistemas Mundiais - Introdução

Data: 08/01/2016 Tempo: 00:44:56





 

O SÉTIMO SELO E O FIM DOS SISTEMAS

MUNDIAIS – INTRODUÇÃO

 

William Soto Santiago

Sexta-feira, 08 de Janeiro de 2016

Cayey - Porto Rico

 

 

Boa noite amados amigos e irmãos aqui presentes, e aos que estão em diferentes lugares e nações. E uma saudação muito especial ao Missionário Miguel Bermúdez Marín lá em Maracaibo, na congregação do Pastor Jairo. Que Deus te abençoe Miguel, também ao Rev. Jairo e a toda a congregação lá em Maracaibo.

Para esta ocasião leremos no Apocalipse, capítulo 11, versículos 15-19, e nos diz da seguinte maneira:

“E o sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso SENHOR e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre.

16  E os vinte e quatro anciãos, que estão assentados em seus tronos diante de Deus, prostraram-se sobre seus rostos e adoraram a Deus,

17  Dizendo: Graças te damos, Senhor Deus Todo-Poderoso, que és, e que eras, e que hás de vir, que tomaste o teu grande poder, e reinaste.

18  E iraram-se as nações, e veio a tua ira, e o tempo dos mortos, para que sejam julgados, e o tempo de dares o galardão aos Profetas, teus servos, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a pequenos e a grandes, e o tempo de destruíres os que destroem a terra.

19  E abriu-se no céu o templo de Deus, e a arca da sua aliança foi vista no seu templo; e houve relâmpagos, e vozes, e trovões, e terremotos e grande saraiva”.

Que Deus abençoe as nossas almas com a Sua Palavra e nos permita entendê-la.

Nesta noite, sexta-feira, 8 de janeiro temos a introdução do estudo bíblico do próximo domingo dia 10 de Janeiro deste ano 2016.

O tema para o estudo bíblico do próximo domingo, do qual temos a introdução nesta noite será: “O SÉTIMO SELO E O FIM DOS SISTEMAS MUNDIAIS”.

Para o próximo domingo teremos esse importante tema: “O SÉTIMO SELO E O FIM DOS SISTEMAS MUNDIAIS”, mas nesta ocasião faremos uma curta introdução desse tema.

Na leitura que tivemos Deus falou ao Apóstolo João e lhe mostrou que o Sétimo Anjo tocou a Trombeta e houve grandes vozes no Céu que diziam: “Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do Seu Cristo, e Ele reinará pelos séculos dos séculos”.

Isto nos mostra que os reinos deste mundo, os quais o Diabo ou Satanás ofereceu a Cristo em São Mateus, capítulo 4, versículos 8-9, serão tirados e o governo do mundo inteiro será dado ao Messias Príncipe, ou seja, ao Filho do Homem.

Vejam aqui, que quando a oferta foi feita a Cristo se Ele a tivesse aceitado, o que teria se passado? Os seres humanos continuariam sendo mortais, ou seja, continuariam sem receber a salvação, a redenção e a vida eterna, para o qual Cristo veio a dois mil anos atrás no meio do povo hebreu, para pagar o preço da redenção, da salvação, para assim, redimir o ser humano, a todos os que têm seus nomes escritos no Livro da Vida do Cordeiro no Céu.

Agora, vejamos o momento em que os reinos deste mundo foram oferecidos a Cristo, para que Ele se convertesse no rei mundial de todas as nações, de todos os reinos.

No capítulo 4 de São Mateus, versículos 8-11, isto foi quando Cristo jejuou por quarenta dias e depois de ter jejuado o Diabo veio para tentá-Lo, para lhe oferecer os reinos deste mundo. Diz:

“Novamente o Diabo o transportou a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles.

9  E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.

10  Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás.

11  Então o Diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviam”.

Os reinos do mundo ou o reino deste mundo é o reino do inimigo e aí ele próprio disse que são dele todos esses reinos e que ele os dá para quem ele quer.

Portanto, os reinos deste mundo desde a queda do ser humano no Jardim do Éden vieram a ser do inimigo de Deus e ele governa a toda a humanidade no seu reino. Em São Lucas, capítulo 4 versículos 5-8, diz:

E o Diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo.

6  E disse-lhe o Diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória; porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero.

7  Portanto, se tu me adorares, tudo será teu

8 E Jesus, respondendo, disse-lhe: Vai-te para trás de mim, Satanás; porque está escrito: Adorarás ao Senhor teu Deus, e só a ele servirás.

Aqui o inimigo de Deus Satanás ou Diabo disse a Jesus que os reinos pertencem a ele, são deles e que ele os dá a quem quer. Assim são os reinos deste mundo: estão sob o poder do inimigo de Deus.

Mas no Apocalipse capítulo 11, nos diz que os reinos deste mundo serão dados ao Cristo, ao Messias, ao Ungido e, isso, será para o Último Dia, na etapa final da Igreja do Senhor Jesus Cristo, quando ela ao terminar e ser completada com os crentes em Cristo no Último Dia, na Era de Pedra Angular, Cristo sairá do Trono de Intercessão, tomará o Título de Propriedade dos Céus e da Terra, o Título de Propriedade da vida eterna, fará a Sua reclamação no Céu; virá na Sua Obra de Reclamação com os Santos que estão no Paraíso, por onde Ele tem de passar, porque Ele está na sétima dimensão, no Trono de Intercessão, no Trono do Pai e quando fizer a reclamação no Céu, abrindo o Livro dos Sete Selos, em seguida passará pelo Paraíso na sexta dimensão, onde estão os crentes em Cristo das Eras passadas que morreram, os quais estão com seus Mensageiros: cada um em certo território.

Os Mensageiros de cada Era da Igreja serão julgados e logo retornarão a Terra com os crentes em Cristo e Cristo com eles, para ressuscitá-los em corpos eternos e glorificados. E quando os virmos, então, nós seremos transformados, e estaremos aqui na Terra numa quantidade de tempo de trinta a quarenta dias, como Cristo esteve com os Santos do Antigo Testamento que ressuscitaram com Ele e depois subiram ao Céu com Ele. Assim será também neste tempo final para o fechamento da Dispensação da Graça.

Cristo será investido no Céu, no Jantar das Bodas do Cordeiro, como Rei de reis e Senhor de senhores e a Sua Igreja como a Rainha e Esposa de Cristo, porque a Sua Igreja está representada numa esposa, numa mulher. Portanto, Cristo e Sua Igreja serão investidos no Céu, no Jantar das Bodas do Cordeiro como Rei e Rainha, para receberem o Reino terreno e governarem pelo Milênio e por toda a eternidade.

Cristo fará a Sua Obra de Reclamação como Rei, como Juiz. E essa Reclamação será o momento mais glorioso para os crentes que morreram em Cristo no passado, porque ressuscitarão, e nós os que vivemos seremos transformados.

Os crentes que morreram em Cristo e os crentes que estarão vivos, que serão transformados são os que formam o Exército que virá com Ele no Apocalipse, capítulo 19, versículos 11-12, onde nos diz:

E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça.

12  E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo”.

Esse é o Nome novo do Senhor como Rei, pois no Apocalipse, capítulo 2, versículo 17, Ele disse que tem um Nome novo. Portanto, esse será o Nome com o qual Ele reinará como Rei, como Leão da tribo de Judá. Por isso, Ele leva também o título de “Filho de Davi”, o qual Ele mesmo mencionou no Apocalipse, capítulo 22, versículo 16, onde disse:

Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã”.

Cristo é o Leão da tribo de Judá, portanto Ele é o Filho de Davi, título que usa como Rei herdeiro do Trono e do Reino de Davi. E assim cumprirá Apocalipse capítulo 22, versículo 16; também cumprirá Apocalipse capítulo 2, versículos 26 -28, que diz:

“E ao que vencer, e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações”.

Ou seja, Ele é o herdeiro do planeta Terra completo como o Filho do Homem e como o Filho de Davi Ele é o herdeiro do Reino e do Trono de Davi.

27  E com vara de ferro as regerá (ou seja, as governará com mão dura, mão forte); e serão quebradas como vasos de oleiro; como também recebi de meu Pai.

28  E dar-lhe-ei a estrela da manhã”. E a Estrela da Manhã é Cristo, o Espírito Santo, a Coluna de Fogo.

Aqui há uma grande promessa para o vencedor e é que o vencedor é herdeiro de Deus e co-herdeiro com Cristo Jesus. Junto com ele também são os diferentes Mensageiros das Eras com os crentes de cada etapa da Igreja do Senhor Jesus Cristo. Por isso, diz que Ele nos limpou com o Seu Sangue e nos fez reis e sacerdotes para o nosso Deus, e que reinaremos sobre a Terra.

Ou seja, o Gabinete desse Reino são os crentes em Cristo que de etapa em etapa, desde o tempo dos Apóstolos até este tempo final, formam a Igreja do Senhor Jesus Cristo, pertencem ao Reino de Deus, ao Reino celestial, à Ordem e Reino de Melquisedeque, Reino que será estabelecido na Terra e o Reino de Deus na Terra é chamado “Reino de Davi”. Portanto, os crentes em Cristo estarão nesse Reino desfrutando da posição de reis, rainhas, herdeiros e co-herdeiros com Cristo o Senhor, o Salvador, que estará como Leão da tribo de Judá, como Rei de reis e Senhor de senhores.

Essa é a promessa que há para o povo hebreu e para a Igreja do Senhor Jesus Cristo, a Igreja é o Israel celestial e o povo hebreu é o Israel terreno. De ambos os povos Deus tem fez um, que é a Igreja do Senhor Jesus Cristo, o povo sob o Novo Pacto, formado pelos gentios e também pelos judeus.

Falando do fim dos reinos deste mundo que estão marcados como os reinos controlados pelo maligno, pelo Diabo ou Satanás, o qual obteve controle sobre eles, embora, os seres humanos algumas vezes não sabem, porém, o inimigo é quem controla os reinos deste mundo até que sejam entregues a Cristo e Cristo com a Sua Igreja governe no Último Dia, que será o Reino Milenar.

No capítulo 2 de Daniel, versículos 44 e 45, diz:

Mas, nos dias desses reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo; desmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre,

45  Da maneira que viste que do monte foi cortada uma pedra, sem auxílio de mãos, e ela desmiuçou o ferro, o bronze, o barro, a prata e o ouro; o grande Deus fez saber ao rei o que há de ser depois disto.  Certo é o sonho e fiel a sua interpretação.

Isso é a interpretação da Pedra não cortada por mãos, que é a Segunda Vinda de Cristo na etapa dos pés de ferro e de barro de lodo do reino dos gentios no tempo final ou no Último Dia.

Nos dias da Vinda de Jesus os reinos deste mundo ou o reino deste mundo estava na parte das pernas de ferro, ou seja, era o império romano.

Os reinos deste mundo ou o reino deste mundo começou lá no tempo dos gentios com o rei Nabucodonosor, representado na cabeça de ouro da estátua que o rei Nabucodonosor viu e que no capítulo 2 do seu Livro o Profeta Daniel a interpretou.

Logo depois o peito e os braços de prata representam o reino ou império Medo-persa que veio depois do império Babilônico. Logo a terceira etapa do reino dos gentios correspondeu ao ventre e as coxas de bronze, que representam ao império da Grécia, com  Alexandro o Grande.

E os pés, as pernas de ferro, o império Romano dos Césares e os pés de ferro e de barro de lodo que sucedeu e que seguiu ao império Romano dos Césares, o qual ainda está em pé.

O reino dos gentios na sua etapa final com os dez reis, os dez dedos, os pés de ferro e de barro de lodo, esse é o reino do Anticristo, do homem de pecado da Segunda Carta aos Tessalonicenses no capítulo 1 em diante, que será destruído com a Vinda do Senhor, com o resplendor da Sua Vinda, como São Paulo falou que o Anticristo será tirado.

Já transcorreram as etapas da cabeça de ouro, do império Babilônico, também transcorreu a etapa dos peitos e braços de prata, do império Medo-persa; também transcorreu o império do ventre e das coxas de bronze, que foi o império da Grécia com  Alejandro o Grande; e transcorreu também o império representado nas pernas de ferro, o império dos Césares. E somente fica a etapa dos pés de ferro e de barro de lodo que é uma continuação do império Romano dos Césares, o qual é a mesma besta ferida de morte cuja ferida foi curada. Mas como foi ferida nas pernas de ferro, foi curada nos pés de ferro e barro de lodo, se uniram os pés de ferro e de barro de lodo na estátua que o rei Nabucodonosor e também o Profeta Daniel viu.

O Sétimo Selo é o que porá fim aos sistemas mundiais, ou seja, no tempo do Sétimo Selo será o tempo da Segunda Vinda de Cristo, da Vinda do Messias, para reclamar os reinos deste mundo e estabelecer o Reino de Deus na Terra, o qual é o Reino de Davi com o Trono de Davi.

Para o qual o Messias Príncipe reclamará o Reino e o Seu Trono como o Filho de Davi, reinará por mil anos no meio do povo hebreu e sua capital será Jerusalém. E, porquanto, também tem o título de “Filho do Homem”, governará desde Israel de Jerusalém sobre todas as nações e sobre o planeta Terra completo. Como também Ele tem o título de “Filho de Deus” é o Rei dos Céus e da Terra, por isso, veremos as bênçãos do Céu que virão a Terra no Reino do Messias, nesse Reino Milenar e, depois, por toda a eternidade.

A Segunda Vinda de Cristo é a Vinda da Pedra não cortada por mãos que marcará o fim do reino dos gentios, que no Último Dia, no tempo final estará nas mãos do Anticristo, para o qual haverá dificuldades, problemas de vulcões também, tsunamis, maremotos e muitas outras coisas que estão profetizadas para este tempo final.

Mas estaremos informados de tudo o que estará se passando, porque Deus nos revelará antes de acontecerem, para que estejamos apercebidos e preparados para evitarmos todas estas coisas que virão e estarmos em pé diante do Filho do Homem. São Lucas, capítulo 21, versículos 34-36.

O SÉTIMO SELO E O FIM DOS SISTEMAS MUNDIAIS”.

Estejamos preparados, porque cada ano que passa é um ano mais próximo da nossa transformação, é um ano mais próximo da revelação que nos dará a fé para sermos transformados e levados com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro.

Sempre firmes bem agarrados do Senhor e com a fé sempre alta, sabendo que a transformação será para os que estiverem vivos (será para nós se permanecermos vivos), e a ressurreição para os que tenham partido no Senhor.

Se partirmos, ressuscitaremos em corpos eternos; se permanecermos vivos, seremos transformados. Tão simples assim. Qualquer das duas coisas que nos aconteça nos levará ao corpo eterno, imortal, incorruptível e glorificado, à imagem e semelhança de Cristo.

Portanto, com a fé firme em Cristo, sigam adiante neste novo ano 2016, servindo a Cristo, amando-O, trabalhando em Sua Obra e sempre pedindo por todo o Seu povo, por Sua Igreja, pedindo também pelo povo hebreu, para que em breve chegue o Messias que tanto eles estão esperando com os braços abertos.

Para mim foi um grande privilégio estar com vocês nesta ocasião, na introdução do tema: “O SÉTIMO SELO E O FIM DOS SISTEMAS MUNDIAIS” que será o estudo bíblico do próximo domingo, dia 10 de Janeiro deste ano 2016 (ou seja, depois de amanhã).

Eu lhes disse que estaria com vocês no próximo ano e aqui já estou com vocês. Disse-lhes isso no final do ano passado, no domingo passado e na sexta-feira passada ou na anterior, mas eu já estou aqui com vocês (como lhes disse ), para começarmos e como já fizemos com a introdução do tema do estudo bíblico ou da escola bíblica do próximo domingo.

Que Deus lhes abençoe e lhes guarde; que continuem desfrutando uma noite feliz, repleta das bênçãos de Cristo o nosso Salvador.

Se houver alguma pessoa que ainda não recebeu Cristo como Salvador, pode fazer isso nestes momentos e estaremos orando por você para que Cristo lhe receba no Seu Reino, para o qual daremos alguns minutos, para que assim, os que estão em outros países também tenham a oportunidade de receber Cristo como Salvador, se ainda não o fizeram.

O mais importante na vida é a salvação e a vida eterna, para isso foi que Cristo veio e morreu na Cruz do Calvário, depois ressuscitou e subiu ao Céu para fazer intercessão por todos aqueles que O receberia como seu único e suficiente Salvador, os quais estão escritos no Livro da Vida do Cordeiro no Céu.

Vamos ficar pé para a oração por todos os que estão recebendo Cristo como Salvador em diferentes países:

Pai Celestial, eu venho a Ti no Nome do Senhor Jesus Cristo com todas estas pessoas que estão recebendo Cristo como único e suficiente Salvador em diferentes países. Eu Te rogo que as recebas no Teu Reino, no Nome do Senhor Jesus Cristo.

E agora repitam comigo esta oração:

Senhor Jesus Cristo, escutei a pregação do Teu Evangelho e a Tua fé nasceu na minha alma, no meu coração. Creio em Ti com toda a minha alma, creio na Tua Primeira Vinda, creio no Teu Nome como o único nome debaixo do Céu, dado aos homens, em que podemos ser salvos, creio na Tua Primeira Vinda e na Tua Obra de Salvação, de Redenção na Cruz do Calvário.

Reconheço que sou pecador e necessito um Salvador. Dou testemunho público da minha fé em Ti, da Tua fé em mim, e Te recebo como meu único e suficiente Salvador.

Rogo-Te que me perdoes que me limpes de todo pecado com o Teu Sangue, que me batizes com o Espírito Santo e Fogo logo depois que eu seja batizado na água no Teu Nome, e que produzas o novo nascimento em mim. Eu Te rogo no Nome do Senhor Jesus Cristo, para quem seja a glória e a honra pelos séculos dos séculos. Amém.

Deixo aqui o Ministro correspondente José Benjamim Pérez, e o Ministro correspondente em cada país, para que indique aos que receberam Cristo como único e suficiente Salvador nesta ocasião, como fazer para se batizarem na água.

Que Deus abençoe e guarde a todos e que continuem desfrutando uma noite feliz, repleta das bênçãos de Cristo o nosso Salvador.

“O SÉTIMO SELO E O FIM DOS SISTEMAS MUNDIAIS”.