MENSAGENS





Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/cderc813/public_html/mensagens/index.php on line 54

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/cderc813/public_html/mensagens/index.php on line 121

Jesus Cristo a esperanca de gloria - Introdução

Data: 06/05/2016 Tempo: 00:38:58





JESUS CRISTO, A ESPERANÇA DE GLÓRIA

 

Rev. William Soto Santiago, Ph.D.

Sexta-feira, 06 de Maio de 2016

El Passo – Texas - Estados Unidos

 

1            Boa tarde, amados irmãos e amigos aqui presentes, e todos os que estão através do Satélite Amazonas ou da Internet em diferentes nações. Todos recebam as minhas saudações e Rev. Miguel Bermúdez Marín receba as minhas saudações. Que Deus abençoe grandemente a ti, Miguel, a Rute, e a toda tua família e a todos os irmãos lá na Venezuela.

2          Para esta ocasião leiamos em Colossenses capítulo 1, versículo 24 em diante, onde São Paulo nos diz:

“24 Regozijo-me agora no que padeço por vós, e na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, pelo seu corpo, que é a igreja;

25 Da qual eu estou feito ministro segundo a dispensação de Deus, que me foi concedida para convosco, para cumprir a palavra de Deus;

26 “O mistério que esteve oculto desde todos os séculos, e em todas as gerações, e que agora foi manifesto aos seus santos;

27 Aos quais, Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória;

28 A quem anunciamos, admoestando a todo o homem, e ensinando a todo o homem em toda a sabedoria; para que apresentemos todo o homem perfeito em Jesus Cristo;

29 E para isto também trabalho, combatendo segundo a sua eficácia, que opera em mim poderosamente”.

3          Tomamos o versículo 27, onde diz: “Que é Cristo em vós, a esperança de glória”.

JESUS CRISTO, A ESPERANÇA DE GLÓRIA” é o nosso tema.

4          Deus estava em Cristo reconciliando ao mundo Consigo mesmo. O mundo inteiro estava separado de Deus, e Cristo veio com o propósito divino de reconciliar o ser humano com Deus; o ser humano que tinha caído no Jardim do Éden e, assim, viria um parente redentor do ser humano para reconciliá-lo com Deus.

5          E quem seria esse parente redentor? O próprio Deus vestido de carne humana no Seu corpo físico nascido de uma virgem, o qual foi anunciado em Isaías no capítulo 7, versículo 14, chamado “Emanuel”, “Deus conosco”. “Porque um menino nos é nascido, filho nos é dado e o principado está sobre seu ombro”; isso é Isaías no capítulo 9, o qual é o Príncipe de Paz, o Deus Forte, o Pai Eterno, o Messias-Príncipe, Deus vestido de carne humana. Isso é Emanuel: Deus conosco, por isso, Jesus podia dizer: “O Pai que mora em mim, Ele faz as obras. Cristo dizia: Eu não faço nada de mim mesmo, como eu vejo o Pai fazer assim eu faço”.

6          O mistério de Deus, o Pai, e de Cristo é que Deus estava em Cristo reconciliando o mundo Consigo, porque Deus visitou a raça humana vestido de um corpo de carne chamado “Jesus”. Foi o Sangue de Deus que foi derramado na Cruz do Calvário, o único Sangue que não estava contaminado com o pecado; somente pelo Sangue de Deus derramado na Cruz do Calvário é que o ser humano podia ser limpo de todo pecado, podia ser redimido e, então, o ser humano podia obter a imagem do Deus vivente, que é o Espírito Santo, que é o corpo angelical, corpo teofânico; que o ser humano recebe ao receber o Espírito Santo, ao nascer de novo nasce do Céu, nasce no corpo espiritual, no espírito angelical.Porque para uma pessoa obter a vida eterna, primeiro tem de obter o nascimento na dimensão dos Anjos, na dimensão dos espíritos, na dimensão dos corpos angelicais, corpos teofânicos.

8          Quando Deus criou Adão, o criou a imagem - isso é o corpo angelical - e a semelhança de Deus; a semelhança é o corpo físico e a imagem é o corpo angelical. Tão simples assim.

9          O ser humano é alma, alma vivente. Como Deus é Pai, o ser humano é alma vivente, e também o ser humano é espírito, porque Deus é Espírito, corpo espiritual, corpo angelical chamado “Corpo Angelical de Deus”, o “Anjo do Pacto” ou “Anjo do Senhor” que aparecia a Moisés numa chama de fogo e lhe falava. Moisés era quem via essa chama de fogo, essa Coluna de Fogo. Embora algumas pessoas pudessem vê-la em algumas vezes, porém Moisés sempre a via quando vinha falar com ele.

10         E vejam, Deus apareceu nessa Coluna de Fogo, quando apareceu a Moisés lá no Monte Sinai, a Escritura diz que o Anjo do Senhor apareceu a Moisés, no capítulo 3 do Livro do Êxodo, e fala com Moisés e lhe disse: “Moisés, eu sou o Deus de teu pai - ou seja, o Deus de Amrão o pai de Moisés -, o Deus de Abrahão, Deus de Isaque e Deus de Jacó”.

11         O Deus de Abrahão, de Isaque e de Jacó lhe aparece na forma de Anjo, porque a Escritura diz que o Anjo do Senhor lhe apareceu numa chama de fogo, num arbusto, ou seja, lá numa sarça, a sarça que se queimava e não se consumia. Diz que o Anjo do Senhor lhe apareceu e quando falou com Moisés, lhe disse: “Eu sou o Deus de Abrahão, de Isaque e de Jacó”. Como podemos entendê-lo? As duas coisas estão corretas. Era o Anjo, o corpo angelical nessa Chama de Fogo e era Deus no Seu Anjo, o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor.

12         Por isso, algumas vezes aparecia aos Profetas e também a Moisés - em diferentes ocasiões-, e a Escritura diz que o Anjo do Senhor lhe apareceu. E o Anjo do Senhor em algumas ocasiões, quando falava, a Escritura diz: “Eu sou o Deus de Abrahão”. Veem? Era Deus, o Pai dentro do Seu corpo angelical que Se manifestava em diferentes ocasiões em forma de uma Coluna de Fogo ou em forma de um homem de outra dimensão. Porquanto é um corpo angelical era chamado “Anjo de Deus” ou “Anjo de Jeová”.

13         Isso é a imagem de Deus, o corpo angelical. E depois a semelhança de Deus é o corpo físico de carne de Jesus Cristo nascido da virgem Maria, que foi sacrificado na Cruz do Calvário, depois, sepultado, ressuscitado no terceiro dia, ressuscitado, glorificado e sentado à direita de Deus. Essa é a semelhança física de Deus.

14         Por isso, em São João capítulo 14, versículos 6 em diante, quando Felipe disse a Cristo: “Mostra-nos o Pai e isso nos basta”, Jesus lhe disse: “Tanto tempo que estou convosco, Felipe, e não me conheceste? Quem me viu, viu ao Pai. Como dizes tu: mostra-nos o Pai e isso nos basta?”

15         É porque estando no Seu corpo físico, corpo de carne e velado dentro desse corpo de carne, era Deus vestido de carne humana visitando o seu povo. Por isso, é “Emanuel”, “Deus conosco” e por isso Jesus podia dizer: “Eu e o Pai somos um”. É porque o corpo de carne de Jesus Cristo é a semelhança física de Deus. Tão simples assim.

 

16         E o corpo angelical chamado “Anjo do Pacto” é a imagem de Deus. É assim conosco também, porque Deus disse: “Façamos o homem a nossa imagem, conforme a nossa semelhança”. Livro do Gênesis, capítulo 1 do versículo 26 em diante. Diz:

E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança”.

17          E quando o ser humano é criado no capítulo 2, versículo 7, diz: “E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente”.

18         Criou-lhe, aí, o corpo físico do pó da terra; mas o espírito, a imagem não é da terra, porém, o corpo físico é da terra, pelo que tem um espaço de tempo de vida e, logo após a queda do ser humano no Jardim do Éden, morre.  

19         Mas ficará um grupo que não verá a morte, que será o grupo que verá e receberá a Cristo em Sua Segunda Vinda, que receberá a fé para ser transformado e levado com Cristo à Ceia das Bodas do Cordeiro.

20         Portanto, a pessoa não tem de se preocupar se morrerá ou se vai continuar vivendo, porque no Programa Divino se ela não estiver dentre as pessoas que serão transformadas sem ver a morte, até mesmo numa casca de banana, escorrega e morrer. Mas se lhe corresponde ser do grupo que vai ser transformado, mesmo que caia de um edifício e se ferir, o levam para o hospital, se recuperará. Mesmo que lhe aconteça o que aconteceu com Jonas, ainda que um baleia o engula.

21         Então, não se preocupe nessa parte. Faça a parte que lhe corresponde no Programa Divino, trabalhando no Programa de Deus, o qual transcende ao Reino de Deus. Tudo o que faça no Programa Divino estará fazendo no Reino de Deus, lhe será contado no Reino de Deus. Assim é como se fazem tesouros no Céu, do que Cristo disse: “Fazei tesouros, - onde? - no Céu”. [São Mateus 6:20]

22         Portanto, o mais importante é estar no Programa de Deus correspondente para o tempo em que a pessoa vive, e não somente estar, mas estar ativa trabalhando no Programa de Deus; como Cristo dizia que Ele veio para fazer a vontade daquele que o enviou: o Pai, quem lhe mostrava as coisas que Ele tinha de fazer.

23         E Deus mostra aos crentes em Cristo as coisas que devemos fazer no tempo que nos corresponda viver: estar trabalhando nas promessas correspondentes ao nosso tempo, as quais Cristo cumprirá por intermédio dos crentes Nele. Será usando aos crentes que Ele cumprirá as promessas que Ele fez na Sua Palavra.

24         E agora, já entendendo que o ser humano é alma vivente, essa é a essência do ser humano e logo que tem um corpo angelical. O crente, ao receber o Espírito de Deus, tem um corpo angelical celestial da sexta dimensão e se morrer fisicamente, então passa para a sexta dimensão, a viver onde estão todos os crentes em Cristo de Eras passadas que morreram fisicamente, e os que morreram do nosso tempo também. Esperando a ida de Cristo da sétima dimensão à sexta dimensão, por onde passa, e depois, passará a esta dimensão terrena para a nossa transformação.

25         No Paraíso disseram ao Rev. William Branham: “Estamos esperando que Cristo venha aqui, para retornarmos com Ele a Terra”. Assim como aconteceu com Cristo quando morreu há dois mil anos atrás: Ele foi ao inferno em Espírito. Lá teve uma grande luta com o inimigo, levou para lá os pecados que Ele tomou dos seres humanos. E tirou do diabo as chaves do inferno e da morte; saiu de lá, passou ao Paraíso, onde estavam Abraão, Isaque, Jacó e todos estes Santos de Deus.

26         E depois na manhã de ressurreição, no domingo de ressurreição saiu dessa sexta dimensão na ressurreição com todos os Santos que ressuscitaram com Ele, os quais apareceram a muitos dos seus familiares na Cidade de Jerusalém - diz em São Mateus capítulo 27, versículos 51 em diante -, Cristo apareceu também aos Seus familiares e aos Seus discípulos.

27         Eles criam que fosse um espírito, mas era Cristo ressuscitado. Ele lhes havia dito: “Destruam este templo, e em três dias eu o levantarei”. [São João 2:19]. Referia-se ao Templo humano, ao Templo de carne, porque nós somos Templo de Deus e Jesus no Seu corpo físico é Templo de Deus, o qual está glorificado e no Seu Espírito, no Seu corpo angelical também é Templo de Deus.

28                    Por isso, Deus falava desde o Seu Templo Angelical, do Anjo do Pacto e quase sempre falava em primeira pessoa. Depois falava através dos profetas: um Templo humano temporário; até que o Templo permanente de Deus chegou, Jesus Cristo, e que morou em Jesus.

29         Depois, os Crentes em Cristo que são templos humanos, quando o Espírito de Deus vem, batiza o crente que recebeu a Cristo como Salvador, o batiza com o Espírito Santo e Fogo, produz o novo nascimento e mora nesse Templo humano, na alma, no coração desse Templo humano e, assim, a pessoa obtém um corpo angelical da sexta dimensão. Depois obterá o corpo físico, eterno, imortal e glorificado, para viver fisicamente por toda a eternidade.

30         Portanto, por mais que arrumemos o corpo físico, esse não será o que nós teremos para toda a eternidade, então, não se preocupem: se não lhe agradar uma parte do seu corpo, não se preocupem, porque no novo gostaremos até das unhas dos nossos pés.

31         Assim que temos essas promessas da parte de Deus para todos os crentes em Cristo, porque Jesus Cristo é a esperança de glória, a nossa esperança de glória é Jesus Cristo.

32         Por isso, Ele é a nossa esperança para sermos glorificados e sermos iguais a Cristo com o espírito angelical eterno, ou seja, o corpo teofânico igual ao corpo teofánico de Jesus Cristo e corpo físico glorificado, eterno, jovem para toda a eternidade; igual ao corpo glorificado que Cristo tem e com todo o poder de Deus em cada crente em Cristo.

33         Esse é o Exército com o qual Ele vem em Apocalipse, capítulo 19, em cavalos brancos, o qual representa um poder. Vem em poder como também Cristo vem em poder. Assim também diz em São Mateus capítulo 16, do versículo 26 em diante. E no Apocalipse capítulo 17, versículo 1 em diante, no Monte da Transfiguração, o mostra; mostra como será a Sua Vinda, a Vinda do Filho do Homem para o Último Dia; mostra que será com os Seus Anjos, para chamar e juntar cento e quarenta e quatro mil escolhidos do povo Hebreu e a Sua Igreja, para nos dar a fé para sermos transformados e levados com Cristo a Ceia das Bodas do Cordeiro. Portanto, estejamos preparados, sempre tendo a JESUS CRISTO, A ESPERANÇA DE GLÓRIA”.

35         Não há outra esperança de glória para o ser humano. Não há esperança para a humanidade, exceto a Segunda Vinda de Cristo, para chamar, buscar e juntar, e transformar a todos os crentes em Cristo que vivem neste tempo final. E para os que morreram também a única esperança é Cristo. Eles estão esperando que Cristo chegue no Paraíso, tal como chegou ao seio de Abraão na Sua Primeira Vinda.

36         Portanto estejamos preparados, porque estamos no tempo em que estas profecias devem ser cumpridas. E os que vão receber a bênção do cumprimento dessas profecias estão vivendo na Terra e, provavelmente, a metade permaneça sobre a Terra e veja a materialização dessas promessas.

37         Mas se a pessoa morrer, não há nenhum problema: do Paraíso se vê melhor. Olham para cá e se vê muito bem tudo o que estará ocorrendo aqui na Terra. A única coisa é que os participantes ativos serão os crentes que estarão vivos.

38         Eles olharão e, certamente, desejarão estar vivendo neste tempo, mas eles a verão lá do Paraíso e retornarão para estar conosco e como disseram ao Rev. William Branham: “Aqui não dormimos, nem comemos, nem nos cansamos, porém retornaremos à Terra e, então, comeremos”. Ou seja, não lhe disseram: “Então dormiremos” porque no corpo novo não há necessidade de dormir, nem se cansa, mas se pode comer.

39         Recordem que quando Cristo ressuscitou comeu com Seus discípulos. E vejam que Cristo lhes perguntou numa ocasião: “Têm alguma coisa para comer?” E os que estão no Paraíso já estão dizendo que quando retornem, então, comerão. Mas não se preocupem, porque lhes daremos do que tivermos. Deus proverá para todos. Se Ele proveu naqueles dias de Jesus, proverá neste tempo final também.

40         Portanto, temos uma esperança, a única esperança que há para a raça humana: “JESUS CRISTO, A ESPERANÇA DE GLÓRIA” para todos os crentes. Jesus Cristo é a única esperança que existe para o ser humano; portanto, estejamos bem agarrados de quem? De Jesus Cristo, o nosso Salvador.

41         Hoje foi somente a introdução ao estudo bíblico que teremos no próximo domingo e se transmitirá para todas as nações.

42         Para mim foi um grande privilégio estar com vocês nesta ocasião. Se houver alguma pessoa que ainda não recebeu a Cristo e quer estar preparada para a Vinda de Cristo, para ser transformada, pode recebê-Lo nestes momentos e oraremos por você. Pelo qual pode passar adiante para orar por você ao receber a Cristo como Salvador. E em cada país também, quem ainda não O recebeu, pode receber a Cristo como Salvador.

43         Vamos dar alguns minutos para que possam recebê-Lo. Vamos ficar em pé para orarmos pelas pessoas que estão recebendo-O nos diferentes países. E se houver alguém aqui para recebê-Lo, pode passar aqui na frente para ter a única esperança que há para o ser humano, que é Jesus Cristo o nosso Salvador. Ele é a única esperança de glória, Ele é a única esperança de vida eterna, porque o Seu Reino é o que será eterno. O reino dos gentios terminará muito em breve e o Reino de Deus será estabelecido na Terra.

44         O mais importante para o ser humano é a vida eterna, não há outra coisa mais importante. O próprio Cristo disse: “De que vale ao homem se ganhar todo o mundo e perder a sua alma? Ou que recompensa dará o homem por sua alma? Porque o Filho do Homem virá na glória de Seu Pai com Seus Anjos e, então, pagará a cada um conforme a suas obras”. [São Mateus 16:27-28]

45         Todos queremos estar bem para recebermos a Cristo em Sua Segunda Vinda. Todos queremos viver eternamente, e já sabemos que a única forma para vivermos eternamente é através de Jesus Cristo, o nosso Salvador; que está tão jovem como quando subiu ao Céu. Por quê? Porque ressuscitou à vida eterna para nunca mais morrer. Teve que morrer por nós porque isso estava no Programa de Deus, mas agora não terá que morrer, senão que continuará vivendo eternamente e jovem para toda a eternidade.

46         Vamos orar pelas pessoas que vieram aos Pés de Cristo nesta ocasião, com nossos rostos inclinados e nossos olhos fechados:

47         Pai Nosso que estás nos Céus, venho a Ti, no Nome do Senhor Jesus Cristo com as pessoas que estão recebendo Cristo como único e suficiente Salvador. Eu Te rogo que as recebas no Teu Reino, no Nome do Senhor Jesus Cristo. Amém.

48         E agora, repitam comigo esta oração que estarei fazendo por vocês:

49         Senhor Jesus Cristo, escutei a pregação do Teu Evangelho e a Tua fé nasceu no meu coração. Creio em Ti com toda minha alma, creio na Tua Primeira Vinda, creio na Tua morte na Cruz do Calvário como o Sacrifício da Expiação pelos nossos pecados, e creio no Teu Nome como o único nome debaixo do Céu no qual podemos ser salvos.

50         Reconheço que sou pecador e necessito de um Salvador. Dou testemunho público da Tua fé em mim e Te recebo como meu único e suficiente Salvador. Rogo-Te que perdoes os meus pecados, que me limpes de todo pecado com Teu Sangue e me batizes com o Espírito Santo e Fogo, e produzas o novo nascimento em mim.

51         Quero nascer no Teu Reino, quero viver eternamente Contigo no Teu Reino. E Tu és a única esperança de vida eterna; portanto, Te rogo que me batizes com o Espírito Santo e Fogo, logo após eu ser batizado na água no Teu Nome. Eu Te rogo no Teu Nome Eterno e glorioso: Senhor Jesus Cristo. Amém.

52         Agora me perguntarão: “Quando podem me batizar? Porque Cristo disse: ‘Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado, será salvo; mas quem não crer, será condenado’”. São Marcos capítulo 16, versículos 15 ao 16.

53         Para o ser humano está o caminho da vida eterna e o caminho da morte, a Árvore da Vida e a árvore da morte; e quem quiser viver eternamente escolhe a Árvore da Vida, o Caminho da Vida que é Jesus Cristo, o nosso Salvador, que disse: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida; e ninguém vem ao Pai, senão por mim”. São João capítulo 14, versículo 6.

54         Ele disse também que Ele é a porta: “Eu sou a porta; quem entrar por mim, será salvo”. [São João 10:9]. Não há outra forma para salvação, senão por intermédio de Cristo. Ele é o caminho estreito que leva à vida eterna.

55         Portanto, vocês fizeram a decisão mais importante, a qual transcende à vida eterna no Reino de Cristo, o nosso Salvador.

56         O batismo na água é tipológico, a água não tira os pecados. O Sangue de Cristo é o que nos limpa de todo pecado, porém, o batismo na água é um mandamento do Senhor Jesus Cristo, que disse: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado, será salvo; mas quem não crer, será condenado”. São Marcos capítulo 16, versículos 15 ao 16.

57         Por que é tão importante o batismo na água no Nome do Senhor Jesus Cristo? Porque no batismo na água nos identificamos com Cristo em Sua morte, sepultamento e ressurreição. Quando a pessoa recebe Cristo, morre para o mundo; quando o Ministro a submerge nas águas batismais, simbolicamente está sendo sepultada e, quando a levanta das águas batismais, simbolicamente está ressuscitando para uma nova vida: à vida eterna com Cristo no Seu Reino eterno.

58         Tão simples assim é o mistério do batismo na água no Nome do Senhor Jesus Cristo; mandamento de Cristo para todos os que escutam o Evangelho de Cristo e recebem a Cristo como único e suficiente Salvador.

59         Portanto, bem podem ser batizados, e que Cristo lhes batize com o Espírito Santo e Fogo, e produza o novo nascimento em vocês. E continuaremos nos vendo por toda a eternidade no Reino de Cristo, o nosso Salvador.

60         Que todos continuem desfrutando uma noite feliz. E deixo ao Ministro aqui Henrique García ou ao seu irmão Samuel, para que lhes indique como fazer para serem batizados em água no Nome do Senhor Jesus Cristo. E em cada país, deixo ao Ministro presente para que lhes indique como fazer para serem batizados na água neste momento ou em outro momento.

61         Deus lhes abençoe e lhes guarde e que continuem desfrutando uma noite feliz repleta das bênçãos de Cristo, o nosso Salvador.

62         JESUS CRISTO, A ESPERANÇA DE GLÓRIA”.