MENSAGENS




A Pedra com o Novo Nome

Data: 06/03/2016 Tempo: 01:26:14





 

 

A PEDRA COM UM NOME NOVO

 

William Soto Santiago

Domingo, 06 de Março de 2016

Cayey - Porto Rico

 

Bom dia amados amigos e irmãos aqui presentes, aos Ministros e as suas Congregações que estão em diferentes nações, louvando a Deus glorificando o Seu Nome e esperando a Palavra do Senhor para esta ocasião.

 

Recebam uma saudação especialmente o Missionário Miguel Bermúdez Marín lá no Chile, o Rev. Patrício Lara, a sua esposa Selvita e todos os irmãos reunidos lá. Que Deus lhes abençoe e use grandemente em Seu Programa neste tempo final.

 

E para todos os que estão aniversariando hoje, aos que estão aniversariando durante este mês e nos meses vindouros: que tenham um feliz aniversário e felicidades para todos os que já aniversariaram neste ano e aos que faltam aniversariar. E também ao Rev. Levi Albertino de Souza que aniversariou na sexta-feira, dia 4 de Março deste ano no qual estamos. Saudações Levi, que Deus te abençoe e use grandemente em Sua Obra neste tempo final.

 

Nesta oportunidade veremos duas reportagens da Embaixada Mundial de Ativistas pela Paz. O primeiro sobre as últimas atividades nos Estados Unidos da América, e o segundo será o resumo da celebração do “Dia Mundial da Educação Ambiental”, atividade que se desenvolveu de maneira simultânea em mais de vinte países no dia 26 de Janeiro passado.

 

Nesta ocasião também quero agradecer a todos por todo o apoio que constantemente deram aos projetos da EMAP - a Embaixada Mundial de Ativistas pela Paz. É um trabalho que vocês fazem voluntariamente, com amor de todo coração e esse é o segredo do êxito que sempre tivemos: um trabalho em amor, de todo coração a favor da família humana. Estamos trabalhando com a firme convicção de que todas as ações realizadas são a favor da paz dos seres humanos e da nossa Mãe Terra. E como sempre lhes digo: tenho a melhor equipe do mundo e mais do que uma equipe, vocês são a grande Família que trabalha esforçadamente em harmonia e em unidade.

 

Por outra parte, nesta ocasião também estaremos projetando um vídeo da construção da Grande Tenda Catedral, no qual nos permitirá conhecer as diferentes etapas em que se encontra esta importante edificação. Este é o projeto que beneficiará à humanidade, porque impactará a vida espiritual de milhares de pessoas, e precisamos fazer um esforço maior para brevemente vermos a culminação desta obra tão importante a favor do Programa Divino e, por conseguinte, de toda a humanidade.

 

Portanto, passemos a ver estes documentários, estes vídeos, para que assim também saibam que o esforço que vocês estão fazendo não é em vão. O projeto da Grande Tenda Catedral está muito adiantado, também os projetos da Embaixada estão muito adiantados e cada um de vocês pode dizer: “Eu tenho uma parte em todos esses trabalhos que estão se realizando neste tempo final”.

 

Vejamos.  [Projeção dos vídeos-documentários].

 

Já vimos como vão todos os trabalhos e podemos ver que todos os trabalhos estão muito, muito adiantados. O nosso apreço e agradecimento a todos os Ministros e as suas Congregações de irmãos e irmãs que estiveram ajudando ao projeto da Grande Tenda Catedral.

 

Leiamos no Apocalipse capítulo 2, versículo 17, que diz:

 

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer darei a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe”.

 

Que Deus abençoe as nossas almas com a Sua Palavra e nos permita entendê-la. O nosso tema para esta ocasião é: “A PEDRA COM UM NOME NOVO”.

 

Através da história do Cristianismo todos quiseram saber qual é o Nome Novo que tem essa Pedrinha branca, a qual diz que será dada ao Vencedor: um Nome Novo na Pedrinha que está prometida aqui, a Pedrinha branca que será dada ao Vencedor.

 

Todos desejaram saber qual é o Nome Novo, para o qual se requer saber qual é a Pedra, porque é na Pedra que estará esse Nome Novo. A pedra, assim como a Rocha que Moisés feriu para dar água ao povo lá no Monte Horebe era Cristo, representava a Cristo. Cristo, o Anjo do Pacto estava naquela pedra fazendo o milagre de dar água ao povo, o qual tipifica a Primeira Vinda de Cristo sendo ferido na Cruz do Calvário e dando a Água do Espírito Santo para dar a vida eterna.

 

Essa foi a água que Ele prometeu à mulher samaritana no capítulo 4, versículos 10-14 de São João, e também no Apocalipse. Em São João, capítulo 7:37-39, prometeu dar água ao que queira, quando disse:

 

Se alguém tem sede, venha a mim e beba”. Diz:

 

“E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim e beba.

38  Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre.

39  E isto disse ele do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; porque o Espírito Santo ainda não fora dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado”.

 

E esta Água de Vida Eterna que Ele prometeu dar é o Espírito Santo que virá às pessoas, ao interior das pessoas como um rio, é o rio de Água viva, o Espírito Santo, Cristo em Espírito Santo batizando-as com o Espírito Santo e Fogo e lhes dando a vida eterna. E, por isso, Cristo a Rocha em Espírito Santo vindo à Sua Igreja tem o Nome de Redenção “Jesus” e, depois, Ele nos falou que tem um Nome Novo.

 

No Apocalipse capítulo 3, versículos 11-13, diz:

 

Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.

12  A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome.

13  Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”.

 

Aqui Cristo em Espírito Santo no meio da Sua Igreja também repete que Ele tem um Nome Novo, e nos disse que o escreverá sobre o Vencedor.

 

A Pedra é Cristo, o qual em Espírito Santo está no meio da Sua Igreja e a Água de Vida Eterna é o Espírito Santo. E essa Pedra teve o Nome de Redenção “Jesus” na Sua Primeira Vinda em carne humana.

 

E, depois, o Espírito Santo veio no Dia de Pentecostes, e mais adiante quando apareceu a Saulo de Tarso no capítulo 9 do Livro dos Atos, e também nos capítulos 16 e 22, quando lhe apareceu essa luz mais forte do que a luz do sol, Paulo caiu do seu cavalo, ficou cego, e dessa luz ouviu as palavras: “Saulo, Saulo por que me persegues? Dura coisa te é lutar contra o aguilhão”.

 

Saulo sabia que aquela Luz era a mesma que tinha aparecido a Moisés lá no Monte Sinai ou no Monte Horebe no capítulo 3 do Livro do Êxodo, e ele disse: “Senhor, quem és”? E dessa Luz escutou as palavras: “Eu sou Jesus, a quem tu persegues”. Era Jesus Cristo em Espírito Santo na Coluna de Fogo, o Anjo do Pacto aparecendo a Saulo de Tarso, o qual se tonou o Apóstolo para os gentios, destinado desde antes da fundação do mundo.

 

Saulo escutou a Voz, viu a Luz, depois foi enviado para ser recebido por Ananias, um crente em Cristo que era Profeta, o qual oraria por ele para que seus olhos fossem abertos.

 

Cristo havia dito que enviaria o Espírito Santo em Seu Nome, que o Espírito Santo viria em Seu Nome, portanto, o Espírito Santo veio no Nome de Jesus, no Nome do Senhor Jesus Cristo, assim como Jesus veio no Nome do Pai.

 

Encontramos que é no Nome de Jesus Cristo que a Dispensação da Graça esteve sendo manifestada, porém, Cristo disse que Ele tem um Nome Novo. Esse Nome Novo será para a Sua Segunda Vinda, vindo com um Nome Novo para abrir a Dispensação do Reino. Na Dispensação do Reino o Nome Novo da Pedra, da Rocha, da Pedrinha branca, de Cristo será o que Ele disse aqui:

 

A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome”. [Apocalipse 3:12].

 

Ele escreverá sobre o Vencedor o Nome de Deus, o Nome Eterno de Deus, o Nome da Cidade do nosso Deus, o Nome da Nova Jerusalém (a Nova Jerusalém terá um nome) e o Seu Nome Novo. O Nome Novo é o nome da Pedrinha que é Cristo, o qual na Sua Segunda Vinda virá com um Nome Novo. Por isso é que por revelação divina as pessoas conhecerão o Nome Novo do Senhor Jesus Cristo.

 

Recordem que Ele virá como Rei e como Juiz, portanto, a Sua Segunda Vinda é o maior mistério de toda a Bíblia, a tal grau que no capítulo 8 do Apocalipse, quando se abriu o Sétimo Selo, houve silencio no Céu por quase meia hora.

 

O Sétimo Selo é a Segunda Vinda de Cristo, a Vinda de Cristo como Leão da tribo de Judá, como Rei de reis e Senhor de senhores na Sua Obra de Reclamação. Por isso, no Apocalipse capítulo 10, quando Cristo o Anjo Forte vem com o Livrinho aberto em Sua mão, clama como leão, porque vem como Leão da tribo de Judá, como Rei de reis e Senhor de senhores, na Sua Obra de Reclamação, Ele vem com o Livro que estava selado com sete Selos no Apocalipse capítulo 5, o qual abriu depois nos capítulos seguintes.

 

E quando desce no Apocalipse 10, vem com o Livrinho aberto em Sua mão. Esse Livro é o Título de Propriedade dos Céus e da Terra, o Título de Propriedade da vida eterna, aí estão escritos os nomes de todos os crentes em Cristo que formariam a Igreja do Senhor Jesus Cristo. Esse é o Título de Propriedade que Adão perdeu e que regressou à mão direita do dono original que é Deus.

 

E com o regresso desse Título de Propriedade a Terra será dado ao Mensageiro que estiver na Terra nesses dias, assim como foi dado ao Apóstolo João na visão da vinda do Anjo Forte que desce do Céu.

 

Recordem que o Apóstolo João representa a Igreja do Senhor Jesus Cristo, com todos os Mensageiros que teria de Era em Era, até chegar à Era de Pedra Angular, a Era de Ouro da Igreja do Senhor Jesus Cristo.

 

Portanto, é para o tempo final no Último Dia que virá o Anjo Forte que desce do Céu com um Livrinho aberto em Sua mão, para entregá-lo a um homem. Depois no Apocalipse capítulo 10, vemos tudo o que ocorre para a entrega desse Título de Propriedade dos Céus e da Terra.

 

Leiamos a passagem completa do Apocalipse capítulo 10, versículos 1-11:

 

E VI outro anjo forte, que descia do céu, vestido de uma nuvem; e por cima da sua cabeça estava o arco celeste, e o seu rosto era como o sol, e os seus pés como colunas de fogo;

2  E tinha na sua mão um livrinho aberto. E pôs o seu pé direito sobre o mar, e o esquerdo sobre a terra;

3  E clamou com grande voz, como quando ruge um leão; e, havendo clamado, os sete trovões emitiram as suas vozes.

4  E, quando os sete trovões acabaram de emitir as suas vozes, eu ia escrever; mas ouvi uma voz do céu, que me dizia: Sela o que os sete trovões emitiram, e não o escrevas.

5  E o anjo que vi estar sobre o mar e sobre a terra levantou a sua mão ao céu,

6  E jurou por aquele que vive para todo o sempre, o qual criou o céu e o que nele há, e a terra e o que nela há, e o mar e o que nele há, que não haveria mais demora;

7  Mas nos dias da voz do sétimo anjo, quando tocar a sua trombeta, se cumprirá o segredo de Deus, como anunciou aos profetas, seus servos.

8  E a voz que eu do céu tinha ouvido tornou a falar comigo, e disse: Vai, e toma o livrinho aberto da mão do anjo que está em pé sobre o mar e sobre a terra.

9  E fui ao anjo, dizendo-lhe: Dá-me o livrinho. E ele disse-me: Toma-o, e come-o, e ele fará amargo o teu ventre, mas na tua boca será doce como mel.

10  E tomei o livrinho da mão do anjo, e comi-o; e na minha boca era doce como mel; e, havendo-o comido, o meu ventre ficou amargo.

11  E ele disse-me: Importa que profetizes outra vez a muitos povos, e nações, e línguas e reis”.

 

Ou seja, no Último Dia quem recebe o Livro selado com sete Selos, o Título de Propriedade da vida eterna, o Título de Propriedade onde estão escritos os nomes de todos os crentes em Cristo das diferentes etapas da Igreja do Senhor Jesus Cristo, o Livro que é chamado o “Livro da Vida do Cordeiro”, aí é onde estão escritos os nomes dos crentes em Cristo nascidos de novo, nascidos no Reino de Deus.

 

Esse é o Título de Propriedade de tudo o que Cristo redime com o Seu Sangue na Cruz do Calvário e o traz a Terra para a restauração do Reino de Deus na Terra, para retornar os filhos e filhas de Deus ao Éden, a como eram no tempo de Adão e Eva lá no Éden, para introduzir, estabelecer o Reino Milenar de Cristo, o Messias, o segundo Adão com a segunda Eva e os seus filhos (e a segunda Eva é a Igreja do Senhor Jesus Cristo).

 

O Reino de Deus será restaurado na Terra e ali estará o segundo Adão e a segunda Eva com todos os filhos e filhas que têm, os quais são os crentes nascidos de novo de Era em Era. Esses são os descendentes de Cristo e da Sua Igreja, essa é a Família de Deus, os filhos e filhas de Deus por meio de Cristo e da Sua Igreja.

 

Ela está no Reino de Deus, cada crente em Cristo está no Reino de Deus ao nascer de novo, nascer no Reino de Deus. No capítulo 3 de São João Cristo disse a Nicodemos: “De certo, de certo te digo, que quem não nasça da Água e do Espírito, não pode entrar no Reino de Deus”.

 

Recordem que o Reino de Deus está na esfera espiritual, mas estará na esfera física e, isso, será no Reino Milenar de Cristo com a Sua Igreja neste planeta Terra, porque Cristo e a Sua Igreja já terão o Título de Propriedade aberto, para estabelecerem o Reino de Deus na Terra, e todos regressados ao Éden, a como era no Jardim do Éden antes da queda de Adão e Eva.

 

Recordando que a Família de Deus é a Igreja, pois Cristo vem à Sua Igreja no Último Dia com o Título de Propriedade, Ele vem como Leão da tribo de Judá, vem a Pedra de Ângulo não cortada por mão. A Pedra Angular vem a Sua Igreja para coroá-la, para coroá-la com a Era de Pedra Angular, coroá-la com a Sua Vinda, a Vinda da Pedra Angular que é Cristo, o qual vem no Último Dia com um Nome Novo.

 

Aí na Pedra branca, na Pedra não cortada por mãos que é Cristo, estará o Nome Novo e, por conseguinte, o colocará na Era de Pedra Angular. Aí será o tempo para esse Nome Novo ser revelado aos crentes em Cristo do Último Dia.

 

Sendo que a Igreja do Senhor Jesus Cristo é o Monte de Deus e, por conseguinte, também é o Templo de Deus do Novo Testamento, do Novo Pacto, onde Deus mora em Espírito Santo na Sua Igreja e em cada crente em Cristo como Templo Espiritual, porque cada crente é um Templo humano de Deus, assim como Cristo é o Templo de Deus. Cristo disse: “Destruam este templo, e em três dias eu o levantarei”. (São João, capítulo 2).

 

Muitos criam que estava falando do Templo físico, e alguns pensavam que estava promovendo a destruição do Templo que estava em Jerusalém, mas não, porque há Templo de pedra e há Templo humano. Ele estava falando do Seu Templo, do Seu corpo, do Templo onde Deus estava morando em toda a Sua plenitude.

 

Na Primeira de Pedro capítulo 2, versículos 4-10, São Pedro disse:

 

“E, chegando-vos para ele, Pedra Viva... Veem? Cristo é uma Pedra vivente. Cada crente em Cristo também é uma pedra vivente e a pessoa como pedra vivente tem um nome, assim como Pedra vivente o Messias também tem um nome. Cristo disse: “Eu vim no nome de meu Pai”. [São João 5:43].

E, chegando-vos para ele, Pedra Viva reprovada, na verdade, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa,

5  Vós também, como Pedras Vivas... Veem? Os crentes em Cristo como Pedras Vivas também. Recordem que Cristo disse numa ocasião: “Deus pode levantar destas pedras filhos a Abraão”.

Vós também, como Pedras Vivas sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo. Com essas Pedras Vivas, essas pessoas é que Cristo está construindo o Templo de Deus, a Casa de Deus, a Família de Deus.

6  Por isso também na Escritura se contém: Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa; E quem nela crer não será confundido.

7  E assim para vós, os que credes, é preciosa, mas, para os rebeldes, A pedra que os edificadores reprovaram, Essa foi a principal da esquina,

8  E uma pedra de tropeço e rocha de escândalo, para aqueles que tropeçam na palavra, sendo desobedientes; para o que também foram destinados.

9  Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;

10  Vós, que em outro tempo não éreis povo, mas agora sois povo de Deus; que não tínheis alcançado misericórdia, mas agora alcançastes misericórdia”.

 

E os crentes em Cristo são o povo de Deus do Novo Pacto no campo espiritual, no qual se encontram dentro do Reino de Deus.

 

Na Primeira Carta a Timóteo, capítulo 3, versículo 15, São Paulo disse:

 

Mas, se tardar, para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade”.

 

E, agora, a Casa de Deus já não é o Tabernáculo que Moisés construiu, tampouco é o Templo que o rei Salomão construiu. A Casa de Deus agora é a Igreja composta por seres crentes em Cristo, os quais são tipificados em Pedras Vivas, pessoas viventes. E a Pedra principal na Casa de Deus é Cristo, o qual está em Espírito Santo desde o Dia de Pentecostes.

 

Assim como Cristo é a Pedra Angular, a Pedra de Ângulo cada crente em Cristo é uma Pedra Viva. Portanto, agora, o Templo onde Deus habita é uma Casa de Pedras Vivas, de seres humanos com a vida eterna que nasceram na Casa de Deus, na Família de Deus, obtiveram o novo nascimento e formam o Templo Espiritual de Deus onde habita Deus de Era em Era, desde o Dia de Pentecostes. Essa é a Casa de Deus do Novo Pacto conforme a Palavra de Deus.

 

A Casa de Deus que está na esfera espiritual e depois no Reino Messiânico também estará na esfera física, onde Deus estará habitando nos crentes em Cristo, na Igreja do Senhor Jesus Cristo, os quais foram colocados como reis, sacerdotes e juízes no Reino de Deus.

 

Portanto, a Pedra com o Nome Novo é a Pedra de Ângulo, Jesus Cristo o qual disse que tem um Nome Novo. Esse Nome Novo o escreverá sobre o Vencedor no tempo final. Por isso, no Apocalipse capítulo 10, recebe o Título de Propriedade. Primeiramente o Título regressa à Família de Deus, retorna à Igreja do Senhor Jesus Cristo no Último Dia, para a restauração à vida eterna de todos os crentes em Cristo que fisicamente já morreram e dos que estarão vivos que serão transformados e retornarão à vida eterna física com corpos glorificados, eternos e jovens para toda a eternidade.

 

A pergunta é: Qual é esse Nome Novo? Disse que ninguém conhece senão aquele que o recebe. Esse é o Nome que o Rev. William Branham buscava no Quartinho Pequeno, quando ele esteve nesse Quartinho numa Grande Tenda Catedral que ele viu em visão, mas que será revelado no cumprimento da Visão da Tenda.

 

Portanto, esperemos um pouquinho e nós veremos que o Nome Novo será mais glorioso, o qual será o Nome com o qual Ele virá. Porque quando Ele subiu ao Céu recebeu um Nome Novo, quando se assentou no Trono do Pai recebeu um Nome Novo, assim como José, o filho de Jacó, quando se assentou à direita do Faraó no trono recebeu um Nome Novo.

 

Assim a Escritura diz no Apocalipse capítulo 3, versículos 20 e 21:

 

Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo”.

 

Vejam que é no tempo para o jantar, para a Ceia, portanto, o jantar se realiza à tarde, e pela tarde corresponde ao Continente Americano que é por onde o sol se põe. Pelo Leste sai e se põe pelo Oeste.

 

A Primeira Vinda do Senhor foi lá no Leste e a Segunda Vinda de Cristo será no Oeste, porque a Sua Igreja estará na etapa final, na etapa da tarde, na etapa que corresponde ao Continente Americano. E a promessa é que a Vinda do Filho do Homem será como o relâmpago que sai do Oriente e se mostra no Ocidente.

 

Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.

22  Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”.

 

É o Espírito Santo falando as Igrejas. E assim como Cristo venceu e Se assentou com o Pai no Seu Trono, no Trono Celestial, pelo qual todo poder foi dado a Cristo no Céu e na Terra, todo poder está nas mãos de Cristo, todo o poder de toda a Criação. Mas, agora, Ele disse: “Ao que vencer eu lhe concederei que se assente comigo no meu trono”. Não no Trono do Pai, mas no Trono de Cristo o Filho de Davi.

 

O Trono terreno de Cristo é o Trono de Davi e o Reino terreno de Cristo é o Reino de Davi, esse é o Reino e Trono terreno de Deus. Na mesma forma em que Deus o Pai deu a Cristo o assentar-se no Seu Trono, assentar-se à direita de Deus, Cristo concederá ao Vencedor assentar-se com Ele no Seu Trono e, por conseguinte, os Santos do Altíssimo receberão o Reino, os crentes em Cristo do Último Dia junto com os crentes em Cristo das Eras passadas.

 

Quando todos nós estivermos transformados estaremos vestidos com uma dupla porção. Teremos a dubla porção: a vida eterna espiritual e a vida eterna física também. Teremos o espírito teofânico que recebemos ao nascermos de novo, e teremos o corpo novo glorificado, uma dubla porção. Quando estivermos nessa condição, já estaremos jovens para toda a eternidade.

 

Recordem que é um Programa Divino da parte de Deus para todos aqueles que estão escritos no Livro da Vida do Cordeiro no céu. Esses são os filhos de Deus, a Família de Deus do segundo Adão, de Cristo o nosso Salvador. Na família de Davi se refletiu a Igreja com os seus Mensageiros.

 

Para o Último Dia haverá uma grande manifestação da parte de Deus, e quem se assentará com Cristo no Seu Trono aparecerá no meio da Igreja do Senhor Jesus Cristo. Portanto, veremos mais claramente a Pedra, a Pedrinha que é Cristo, e o Seu Nome Novo que está prometido para ser escrito sobre o Vencedor.

 

A PEDRA COM UM NOME NOVO”.

 

O Templo Espiritual de Cristo está composto de muitas pedras, mas uma delas é a Pedra de Ângulo: Cristo, a Pedra Angular que vem na Sua Vinda para coroar a Sua Igreja. Cristo é a Pedra Angular da qual nós fomos cortados para formarmos parte da Igreja do Senhor Jesus Cristo.

 

Em Isaías no capítulo 51, versículo 1, diz:

 

OUVI-ME, vós os que seguis a justiça, os que buscais ao SENHOR. Olhai para a rocha de onde fostes cortados, e para a caverna do poço de onde fostes cavados”.

 

Cristo é a Pedra de onde nós fomos cortados. Assim como numa família os filhos vêm do pai através da mãe, são cortados assim: são trazidos a uma família e os crentes em Cristo foram cortados de Cristo na Sua Igreja. Cristo e Sua Igreja são um, assim como o esposo e a esposa são uma só carne.

 

E, agora, Cristo e Sua Igreja são uma só carne. Cristo está na Sua Igreja que é o Seu Templo Espiritual, cortando e Se reproduzindo em filhos e filhas de Deus, essas são as Pedras Vivas. E Cristo é a Pedra de Ângulo, a Pedra principal desse Templo Espiritual onde Deus em Espírito Santo está Se manifestando de etapa em etapa, de Era em Era chamando os Seus escolhidos de etapa em etapa.

 

Essas são as ovelhas do Senhor e Cristo é o Bom Pastor que as chama por seu nome e lhes dá a vida eterna. Não é porque a pessoa seja muito inteligente que ouve a Voz de Deus e O recebe como Salvador, mas é porque ela está escrita no Livro da Vida do Cordeiro no Céu desde antes da fundação do mundo.

 

Ou seja, que não é por mera casualidade que nós estamos crendo em Cristo, mas estamos escritos no Livro da Vida do Cordeiro no Céu desde antes da fundação do mundo. Cristo disse:

 

Assim, também, não é vontade de vosso Pai, que está nos céus, que um destes pequeninos se perca”. [São Mateus 18:14].

 

Portanto, Deus proveu um Sacrifício pelo pecado, para nos expiar, expiar os nossos pecados com o Seu Sangue precioso. Ou seja, a nossa alma vem da eternidade: estávamos em Deus e regressamos a Deus como filhos e filhas de Deus nascidos no Reino de Deus, na Igreja do Senhor Jesus Cristo.

 

Nós fomos cortados da Pedra Angular, de Cristo o nosso Salvador, porque Cristo está Se reproduzindo em filhos e filhas de Deus com vida eterna, vida eterna para cada crente e em cada crente outorgada por Cristo o nosso Salvador. Portanto, o maior privilégio que um ser humano pode ter como ser humano, como um filho nascido na Terra é ser um filho ou uma filha de Deus por meio de Cristo na Família de Deus, como parte da Pedra com o Nome Novo.

 

Algum dia nós saberemos plenamente e aí veremos o que há com esse Nome Novo para a Igreja do Senhor Jesus Cristo para o tempo final e para o Reino Milenar. Recordem que a esposa recebe o nome do noivo quando se casam.

 

Assim há um grande mistério aí com o Nome Novo do Senhor Jesus Cristo do qual Ele falou e se Ele falou do Seu Nome Novo é porque Ele já tem um Nome Novo. Está assentado no Céu e quando subiu ao Céu recebeu um Nome Novo e Se assentou no Trono de Deus. Pelo qual, Ele prometeu algo que Ele já tem.

 

A PEDRA COM UM NOME NOVO”.

 

Se houver alguma pessoa que ainda não recebeu Cristo como Salvador, pode fazer isso nestes momentos e estaremos orando por você para que Cristo lhe receba no Seu Reino, lhe perdoe, lhe limpe de todo pecado com o Seu Sangue, que seja batizado na água no Seu Nome, que Cristo lhe batize com o Espírito Santo e Fogo e produza o novo nascimento em você. Para o qual, pode passar até aqui na frente e estaremos orando por você.

 

Em outros países também podem vir aos Pés de Cristo, para que Cristo lhes receba no Seu Reino. E as crianças de dez anos em diante também podem vir aos Pés de Cristo para que Cristo as receba no Seu Reino. Recordem o que Cristo disse: “Deixai os meninos virem a mim, e não o impeças, porque dos tais é o reino dos céus”. [São Mateus 19:14].

 

Vamos dar alguns minutos enquanto passem aí na frente, para receberem Cristo como Salvador em diferentes países.

 

Todos nós queremos que Cristo nos receba em Seu Reino, também queremos que Ele coloque o Seu Nome Novo sobre todos os crentes, o qual fará no tempo final.

 

Neste tempo final no qual nós vivemos há muitas profecias que já se cumpriram e outras que estão em processo para o seu cumprimento. Todos nós queremos estar dentro das bênçãos de Deus para este tempo final, e algum dia teremos esse Nome Novo do qual Cristo falou no Livro do Apocalipse.

 

Vamos ficar em pé para orarmos pelas pessoas que vieram aos Pés de Cristo nesta ocasião em diferentes países.

 

Com nossos rostos inclinados e nossos olhos fechados:

 

Pai Nosso que estás nos Céus, santificado seja o Teu Nome. Venha o Teu Reino, seja feita a Tua vontade aqui na Terra como no Céu e dai-nos hoje o nosso pão de cada dia; perdoai as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores e não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque Teu é o Reino, o poder e a glória pelos séculos dos séculos. Amém.

 

Pai celestial, eu venho a Ti com todas estas pessoas que estão recebendo Cristo como único e suficiente Salvador em diferentes países; eu Te rogo que as recebas no Teu Reino. Eu Te rogo no Teu Nome Eterno e glorioso, no Nome do Senhor Jesus Cristo, para quem seja a glória e a honra pelos séculos dos séculos. Amém.

 

E, agora, repitam comigo esta oração que farei por todos vocês que estão recebendo Cristo como Salvador nestes momentos:

 

Senhor Jesus Cristo, escutei a pregação do Teu Evangelho e a Tua fé nasceu no meu coração. Creio em Ti com toda a minha alma. Creio na Tua Primeira Vinda. Creio no Teu Nome Eterno e glorioso. Creio no Nome de Salvação: Jesus. Creio na Tua Obra de Redenção na Cruz do Calvário, creio na Tua Primeira Vinda, e creio no Teu Nome como o único nome debaixo do Céu no qual podemos ser salvos.

 

Senhor, eu escutei o Teu Evangelho e a Tua fé nasceu em meu coração. Reconheço que sou pecador e necessito um Salvador, um Redentor. Senhor salve-me, eu Te rogo no Teu Nome Eterno e glorioso: Senhor Jesus Cristo. Amém.

 

E Te rogo que produzas o novo nascimento em mim logo depois que eu seja batizado na água no Teu Nome. Eu Te rogo no Teu Nome Eterno e glorioso: Senhor Jesus Cristo. Amém.

 

E, agora, me perguntarão: “Quando podem me batizar”? Porquanto vocês creram em Cristo de todo coração, todos podem ser batizados, que Cristo lhes batize com o Espírito Santo e Fogo, e que produza o novo nascimento em vocês.

 

Quando a pessoa recebe Cristo como Salvador, morre para o mundo; quando a submerge nas águas batismais, simbolicamente está sendo sepultada e quando a levanta das águas batismais, está ressuscitando para uma nova vida: a vida eterna com Cristo no Seu Reino eterno.

 

Portanto, o batismo na água é simbólico e é um mandamento do Senhor Jesus Cristo que disse: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado, será salvo; mas quem não crer, será condenado”. (São Marcos, capítulo 16, versículos 15 e 16).

 

De modo que todos podem ser batizados, que Cristo lhes batize com o Espírito Santo e Fogo, que produza o novo nascimento em vocês e continuaremos nos vendo eternamente no Reino de Cristo o nosso Salvador.

 

Que todos continuem desfrutando uma tarde feliz, repleta das bênçãos de Cristo o nosso Salvador.

 

Deixo aqui ao Rev. José Benjamim Pérez para continuar, e em cada país deixo ao Ministro correspondente, para que indique aos que receberam Cristo como Salvador como fazer para se batizarem na água no Nome do Senhor Jesus Cristo.

 

Que Deus lhes abençoe e lhes guarde. E até na próxima sexta-feira e no próximo domingo, com a ajuda de Deus.

 

Que Deus lhes abençoe, guarde e que lhes acompanhe, e que lhes proteja em todos os dias de sua vida, no Nome do Senhor Jesus Cristo. Amém.

 

A PEDRA COM UM NOME NOVO”.